Funcionários do Metrô de São Paulo decretam estado de greve

Metrô em São Paulo pode parar no dia 1º de março se não houver acordo, diz sindicato

Segundo categoria, linhas devem ser paralisadas no dia 1 de março se não houver acordo. CPTM também pode ter greve

ADAMO BAZANI

O sindicato dos metroviários de São Paulo aprovou o estado de greve em assembleia realizada na terça-feira, 16 de fevereiro de 2016. Caso as negociações com o Metrô não tenham sucesso, as linhas 1- Azul 2 – Verde 3  – Vermelha e 5 Lilás podem ser paralisadas no próximo dia 1º de março. A linha 4 – Amarela é privada e os funcionários não se equandram nas mesmas negociações. Os trens da linha 4 – Amarela têm condução autônoma, ou seja, não há nenhum metroviário no comando dentro dos trens, embora os serviços são prestados por profissionais metroviários pelo controle de tráfego.

Segundo o sindicato, há uma série de atitudes do Metrô que teriam desagradado a categoria, como Parcelamento na Participação nos Resultados em três vezes e suspensão de férias:

– Mudança da data de pagamento e adiantamento sem diálogo com os trabalhadores

– Parcelamento da PR em três vezes

– Suspensão de férias

– Fim de progressões salariais/Steps

– Falta de quadro e não contratação

– Redução na escala base 4x2x4 da operação

– Não pagamento de periculosidade

CPTM:

Os funcionários da CPTM já tinham decretado também estado de greve por divergências com a empresa sobre o cálculo da Participação nos Resultados.

Na próxima sexta-feira, dia 19, a categoria vai realizar nova assembleia para decidir se haverá paralisação dos trens já a partir de sábado, dia 20.

Os trabalhadores rejeitam proposta de PPR – Programa de Participação nos Resultados referentes a 2015. Eles querem o pagamento mínimo de R$ 3.840,71 para cada funcionário.

Os cálculos para considerar a participação nos resultados são diferentes entre a proposta dos sindicatos e da CPTM.

 

Os sindicalistas propuseram uma meta de 827 milhões de passageiros transportados em 2015, o que representaria um crescimento de 2% em relação a 2014. Já a CPTM propôs uma meta de 845 milhões de passageiros em 2015, um aumento de 4% sobre 2014.

Os trabalhadores da CPTM são representados por quatro sindicatos:

– Sindicato dos Ferroviários de São Paulo: trabalhadores das linhas 7-Rubi e 10-Turquesa.

– Sindicato dos Ferroviários da Zona Sorocabana: funcionários das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda.

– Sindicato dos Ferroviários da Central do Brasil: funcionários que atuam nas linhas 11-Coral e 12-Safira

– Sindicato dos Engenheiros.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

10 comentários em Funcionários do Metrô de São Paulo decretam estado de greve

  1. Será que Vai Ser aquela mesma Cachorrada dos anos anteriores, em que quando um pára, todos páram também ? Vamos Aguardar e o Povão é que Leva Fumo mesmo 🙁

  2. Privatização já, eles chantageiam a população antes de qualquer acordo ser discutido, este filme e velho, transporte estatal nunca prestou para a população, temos o exemplo da CMTC que era péssima para a população e so erá boa para os funcionários que tinham todas as regalias possiveis, não havia renovação da frota porque o dinheiro que entrava era desviado e o pouco que sobrava era so para pagar salarios, os intervalos eram de horas, se o Metro fosse privado, já teriamos muito mais linhas,

    • MetroRio e SuperVia são casos mal sucedidos de privatização, nao trouxeram melhora na qualidade e nem expansao da rede, que conta com as mesmas pifias duas linhas de Metro. Privatizar não eh a solução. A solução é o Governo aumentar o diálogo com a categoria para evitar a Greve, cuja a qual também existe no MetroRio privado.

  3. Pra mim não e novidade,a CPTM também esta em estado de greve.

  4. metro esta em gerve no dia 28 de abril de 2017 na sextra ferrra

  5. metro vai par no dia 28 de abril nesta sextra ferra todos vao saber disto telefones 2052-1865 ou2053-3585 ou 77930601

  6. cptem nao vai parar no dia 28 de abril 5 miloes de pressoas nao vao ser prejudicadas

  7. onbus nao vai prejudicar sao paulo 5 mil pressoas

  8. fazer uma opreaçao paese no dia 28 de abril central da prefetura 156

  9. e 24 horas da prefetura de sao paulo e uma cental de informacoes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: