Prefeitura de São Paulo retoma licitação de corredor que foi suspensa por exigência do Ministério das Cidades

Ônibus que opera na zona Sul de São Paulo, região onde está corredor da M’ Boi Mirim

Propostas para segundo trecho do corredor M’ Boi Mirim devem ser entregues no dia 19 de fevereiro

ADAMO BAZANI

A Prefeitura de São Paulo retomou a licitação para requalificação do segundo trecho do corredor de ônibus na Estrada do M ‘Boi Mirim, na zona sul da capital paulista, assim como para a revitalização da via, inclusive para carros.

O certame foi suspenso no final de janeiro por exigência do Ministério das Cidades, conforme tinha noticiado o Blog Ponto de Ônibus com exclusividade. É justamente esta pasta que é responsável pelo gerenciamento e liberação dos recursos do PAC – Programa de Aceleração do Crescimento para a maior parte das obras de mobilidade urbana.

A prefeitura conta com os recursos do PAC para requalificar este trecho do corredor de ônibus.

Em outubro do de 2015, o TCU – Tribunal de Contas da União indicou suspeita de sobrepreço neste segundo trecho de obra. De acordo com cálculos do TCU, o sobrepreço seria de R$ 10 milhões 66 mil 400 e 62 centavos. A prefeitura já tinha recebido R$ 33 milhões de repasse do Governo Federal.

Habitualmente, os pareceres do Tribunal de Contas da União são levados em consideração pelo Congresso Nacional que vota favoravelmente ou não à liberação de recursos por parte dos Ministérios ou da União.

O trecho que vai ser licitado é entre a Rua Ribeiralta e Avenida dos Funcionários Públicos, na zona sul de São Paulo, que inclui a obra do corredor de ônibus, e tem aproximadamente 5 quilômetros de extensão.

A retomada da licitação ocorre depois de ajustes no edital quanto às obras e valores.

A obra deve ficar pronta em até 24 meses depois da contração que deve ocorrer neste bimestre.

As propostas que antes deveriam ter sido entregues em 29 de janeiro agora devem ser apresentadas em 19 de fevereiro, conforme comunicado da Sirub – Secretaria de Infraestrutura Urbana ao qual o Blog Ponto de Ônibus teve acesso:

RDC PRESENCIAL Nº 010/15/SIURB PROCESSO Nº 2015-0.334.502-1 OBJETO: ELABORAÇÃO DE PROJETO EXECUTIVO E EXECU- ÇÃO DAS OBRAS DE MELHORAMENTO E ALARGAMENTO DA ESTRADA M’BOI MIRIM, DESDE A RUA RIBERALTA ATÉ A AVENIDA DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS E IMPLANTAÇÃO DO CORREDOR DE ÔNIBUS M’BOI MIRIM, INTEGRANTES DO PLANO MUNICPAL DE MOBILIDADE URBANA DA SECRETARIA MUNICIPAL DE TRANSPORTES. A Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras, por intermédio da Comissão Permanente de Licitação, comunica aos interessados na licitação em epígrafe, que fica designada a data de 19 DE FEVEREIRO DE 2016, às 14h para prosseguimento deste certame, no mesmo local anteriormente designado.

Nesta semana, o secretário de Infraestrutura Urbana e Obras, Roberto Garibe, durante a entrega da requalificação do Corredor Inajar de Souza, disse que alguns corredores teriam a licitação refeita, entre os quais este prolongamento do espaço para ônibus na Estrada do M Boi Mirim.

Entre os outros corredores citados pelo secretário estão o corredor do Itaim Paulista e trechos do corredor Radial Leste, todos barrados pelo TCU -Tribunal de Contas da União ou pelo TCM -Tribunal de Contas do Município.

O secretário reafirmou que até o início de março devem ser entregues 33 quilômetros de corredores de ônibus, incluindo obras recentemente finalizadas.

Os corredores dentro desta estimativa são:

– Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, com 3,3 quilômetros de extensão e que custou R$ 45 milhões com recursos do PAC – Concluído

– Corredor de ônibus Inajar de Souza, zona Norte, em janeiro (concluído no início de fevereiro)

– Corredor de ônibus da M’Boi Mirim, na zona Sul, em janeiro (em execução)

– Binário Santo Amaro, zona Sul,em fevereiro. (em execução)

Somando esses corredores, São Paulo passa ter 63,3 quilômetros em obras. Os 33 quilômetros prometidos representam menos de um terço da meta de 173,4 quilômetros apresentada no primeiro trimestre da gestão de Fernando Haddad, que contemplariam 23 corredores exclusivos para ônibus. O número é maior ainda que os 150 quilômetros prometidos na campanha eleitoral de Haddad.

Mas esta meta mudou e o prefeito agora promete que não mais 150 quilômetros de corredores sejam entregues, mas que 150 quilômetros de corredores de ônibus estejam em obras.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

2 comentários em Prefeitura de São Paulo retoma licitação de corredor que foi suspensa por exigência do Ministério das Cidades

  1. Finalmente boas notícias. A estrada do Alvarenga também está sendo alargada para receber faixa de ônibus, depois de anos de atraso.
    Uma correção. O binário é Santo Amaro (e não Santo Antonio), o nome é porque ele passa pelo “centro” de Santo Amaro, ligando corredores que vem do extremo sul com os que vão para o centro

  2. E co correto a se fazer,pra evitar falhas.

1 Trackback / Pingback

  1. Prefeitura retoma licitação do segundo trecho da M ‘Boi Mirim – Via Trolebus

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: