Obama quer cobrar US$ 10 por barril de petróleo para financiar transportes públicos

Faixas de ônibus e veículos menos poluentes são realidades em diversas cidades norte-americanas, mas Casa Branca quer ampliação dos sistemas.

Objetivo, segundo presidente, é ampliar rede de transportes limpos, mas deve haver resitências

ADAMO BAZANI

Enquanto no Brasil se discute a possibilidade da municipalização da Cide – Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico, chamado imposto do combustível, que financiaria obras e tarifas do transporte público, nos Estados Unidos, o presidente Barack Obama vai propor algo semelhante na próxima semana.

De acordo com informações de agências internacionais, a proposta do presidente é criar uma taxa de US$ 10 por barril de petróleo, que hoje custa em torno de US$ 30. O objetivo da proposta é reduzir a dependência energética de combustíveis fósseis e com o dinheiro financiar a expansão de um sistema de transportes limpos. A verba seria aplicada em redes ferroviárias e também em ônibus menos poluentes. Os Estados Unidos já são conhecidos por terem uma grande frota de ônibus elétricos e híbridos, por exemplo.

Mas como no Brasil haverá dificuldades para criar uma Cide que seja voltada para os municípios e destinada aos transportes, também nos Estados Unidos, Barack Obama deve enfrentar resistências no Congresso para aprovação de sua proposta.

Além de Congresso norte-americano ter maioria republicana, ou seja, de oposição ao governo de Barack Obama, há também uma forte pressão da indústria petrolífera contra os debates para a redução da dependência de combustíveis fósseis.

Para justificar a medida, a Casa Branca apresenta diversos números que relacionam a poluição à dependência do petróleo, entre eles, de que em torno de 30% das emissões de gases poluentes nos Estados Unidos são relacionados aos transportes.

 Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

1 comentário em Obama quer cobrar US$ 10 por barril de petróleo para financiar transportes públicos

  1. Antonio Idevano dos Santos // 5 de Fevereiro de 2016 às 18:33 // Responder

    Pronto, agora a elite paulistana vai crucificar Obama.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: