São Paulo recebe 5,8 quilômetros de novas faixas para ônibus nesta segunda-feira

Ônibus em São Paulo. Cidade totaliza agora 490,8 quilômetros de faixas para transportes coletivos. Zona Sul recebe o maior novo trecho.

Maior trecho é na região da Giovanni Gronchi, na zona sul da capital paulista. Agora cidade passa a ter no total 490 ,8 quilômetros deste tipo de espaço para o transporte coletivo

ADAMO BAZANI

A partir desta segunda-feira, 1º de fevereiro de 2016, a cidade de São Paulo passa a contar com mais de 5,8 quilômetros de faixas destinadas ao transporte coletivo.

Na zona sul da capital paulista, as avenidas Giovanni Gronchi, Padre Lebret e Jules Rimet somam 3,8 quilômetros. Já na Avenida do Estado são mais dois quilômetros de faixas para ônibus.

De acordo com a CET -Companhia de Engenharia de Tráfego, os novos espaços juntos recebem diariamente 192 mil 785 passageiros, sendo que 146 mil 785 na região da Giovanni Gronchi e 46 mil  na Avenida do Estado.

Com esta recente implantação, a cidade de São Paulo passa a ter 490,8 quilômetros de faixas para ônibus que também são usadas por táxis desde que estejam com passageiros.

Giovanni Gronchi, Padre Lebret e Jules Rimet

O motorista deve estar atento porque na zona sul da capital paulista, os 3,8 quilômetros implantados nesta segunda-feira não correspondem a um espaço contínuo. Na Avenida Giovanni Gronchi, serão dois trechos sendo que um deles à direita apenas nos horários de pico e outro à esquerda em período integral. Já no corredor das Avenidas Padre Lebret Jules Rimet a faixa será à direita. Confira a explicação da CET:

Na Avenida Giovanni Gronchi, a implantação da faixa exclusiva ocorrerá em dois trechos distintos:

Primeiro Trecho – Faixa exclusiva à direita por 2,45 km, entre a Praça Roberto Gomes Pedrosa e a Avenida Doutor Guilherme Dumont Villares, em ambos os sentidos, com funcionamento de segunda à sexta-feira das 6h00 às 9h00 e das 17h00 às 20h00.

Segundo Trecho – Faixa exclusiva à esquerda por 250 metros, entre a Avenida Alberto Augusto Alves e a Avenida João Dias, em ambos os sentidos, com funcionamento em período integral. 

Pelo corredor das avenidas Padre Lebret e Jules Rimet ocorrerá implantação da faixa exclusiva à direita por 1,1 km, entre a Praça Roberto Pedrosa e a Avenida Morumbi, em ambos os sentidos, de segunda à sexta-feira das 6h00 às 9h00 e das 17h00 às 20h00.

Pela Avenida Giovanni Gronchi, no primeiro trecho, circulam 10 linhas de ônibus municipais, numa frequência de 83 ônibus/hora, transportando uma média 133.470 mil pessoas por dia; já pelo segundo trecho circulam 13 linhas de ônibus municipais, numa frequência de 85 ônibus/hora, que transportam 146.785 mil pessoas por dia, em média.

No corredor das avenidas Padre Lebret e Jules Rimet circulam 07 linhas de ônibus municipais, numa frequência de 58 ônibus/hora, que transportam 32.257 mil pessoas por dia, em média.

Avenida do Estado:

Na Avenida do Estado, segundo a CET, devem ser beneficiados aproximadamente 46 mil passageiros que passam pelos novos espaços de faixas para ônibus.

O motorista também deve estar atento porque os trechos variam de acordo com o sentido da Avenida do Estado. Confira também a explicação da CET:

A implantação da faixa exclusiva na Avenida do Estado ocorrerá no:

 Sentido Centro – Faixa exclusiva à direita, entre a Praça Palmira Teixeira e a Rua da Mooca, com funcionamento em período integral.

 Sentido Bairro – Faixa exclusiva à direita, entre a Rua Luís Gama e a Avenida Dom Pedro I, com funcionamento em período integral.

Por este trecho da Avenida do Estado, no sentido Centro, circulam 7 linhas de ônibus municipais, numa frequência de 27 ônibus/hora, transportando uma média de 28 mil pessoas por dia; no sentido Bairro circulam 9 linhas de ônibus municipais, numa frequência de 40 ônibus/hora, que transportam 46 mil pessoas por dia, em média.

Multas:

As multas nestes espaços vão ser aplicadas a partir do dia 15 de fevereiro. Vale lembrar que agora trafegar sem autorização em espaços para o transporte público , seja em faixas ou em corredores, pode gerar multa de R$ 191,54 e sete pontos na CNH – Carteira Nacional de Habilitação, sendo uma infração gravíssima.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

1 comentário em São Paulo recebe 5,8 quilômetros de novas faixas para ônibus nesta segunda-feira

  1. Já que corredor não vai sair tão cedo,melhor faixa por enquanto.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: