Metrô abre licitação para conclusão da linha 4 Amarela

Metrô da linha 4 Amarela. Propostas devem ser recebidas em janeiro.

Se não houver outras alterações no cronograma, linha somente será concluída em 2019

ADAMO BAZANI

O metrô publicou nesta terça-feira, dia 24 de novembro de 2015, o edital de licitação para o término da segunda fase da linha 4 Amarela, que contempla a conclusão das obras civis e acabamento das estações Higienópolis-Mackenzie, Oscar Freire, São Paulo-Morumbi e Vila Sônia (incluindo o terminal de ônibus) e o pátio Vila Sônia de estacionamento e manutenção de trens. Também está inserida na contratação a implantação de dois quilômetros de túnel de ligação com o pátio Vila Sônia.

Os trechos deveriam ter sido finalizados em 2014, mas em julho houve rescisão do contrato entre o Metrô e o consórcio Isolux Corsan-Corviam.

A companhia do metropolitano diz que o consórcio não cumpriu prazos e serviços para construção das estações Higienópolis-Mackenzie, Oscar Freire, São Paulo-Morumbi e Vila Sônia da Linha 4 e aplicou multas de R$ 23,5 milhões. O consórcio disse, à época, que a rescisão não foi unilateral por metrô e acusou a companhia de falta de planejamento.

Decisão do desembargador Rubens Rihl, da 8ª Câmara de Direito Público suspendeu a multa, atendendo ação do consórcio que alegou dano irreparável, mas o metrô recorre.

As obras que vão ser licitadas devem ter custo de R$ 1,3 bilhão com financiamento do BIRD –  Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento.

As propostas técnicas devem ser entregues em 13 de janeiro de 2016.

De acordo com o metrô, em nota, as previsões após as assinaturas de contrato indicam que a linha só deve ser concluída em 2019:

– Higienópolis-Mackenzie: 12 meses após a ordem de serviço;

– Oscar Freire: 15 meses após a ordem de serviço;

– São Paulo-Morumbi: 18 meses após a ordem de serviço;

– Vila Sônia (incluindo terminal de ônibus e pátio): 36 meses após a ordem de serviço.

O Metrô lançará ainda, até o final do ano, outro edital para contratação do complemento da via permanente dos túneis e no pátio Vila Sônia, orçado em R$ 60 milhões.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

5 comentários em Metrô abre licitação para conclusão da linha 4 Amarela

  1. Prazos bem grandes, mostrando o quanto barrigaram as obras destas estações.

    E alívio mesmo só vira com a Fase 3 a Taboão da Serra, desatando o no Av. Pirajussara X Francsico Morato X Estrada do Campo Limpo X Rod. Régis Bittencourt.
    O Governador reconheceu em público várias vezes e prometeu celeridade para a Fase 3. E nada mais se falou a respeito.

  2. Luís Marcello Gallo // 24 de novembro de 2015 às 18:19 // Responder

    PQP!!! Espero, ainda, estar, neste mundo, para ver esta obra concluída…

    • ME FAÇO ESSE MESMO TIPO DE VOTO AO SENHOR DEUS SOBRE O CORREDOR METROPOLITANO GUARULHOS ( TERM.TABOÃO) SÃO PAULO (METRÔ TUCURUVI – ZN DA CAPITAL) MORO NO JAÇANÃ, NÃO MUITO LONGE DO TUCURUVI…E ME FAÇO A MESMO VOTO ! kkkkkkkk ATUALMENTE SÓ O TRECHO DE TABOÃO A VILA GALVÃO (PARADA TIMÓTEO PENTEADO x RUA QUITANDINHA) ESTA PRONTO E EM OPERAÇÃO…KKKKKKK TA MUITO “LONGE” EM TERMOS DE TEMPO, COMPETENCIA, E VERGONHA NA CARA… DE CHEGAR AO JAÇANÃ…NA CAPITAL kkkkkk ISSO É PROMESSA DO ORESTES QUÉRCIA…VAI VENDO MEU CARO…DESDE 1.986 …JESUS!! E QUANTO TEMPO FAZ ISSO…O COITADO DO QUERCIA JA MORREU …EM 2010…

  3. Esse Alckmin e a piada do século vergonha.

  4. Amigos, bom dia.

    Alem do prejuizo incalculavel causado a populacao, qual foi o prejuizo causado por esse bololo ?????

    Alguem vai pagar e ser responzabilizado ??????

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: