Tatto diz que prefeitura pode liberar faixas de ônibus para fretados

ônibus

Ônibus de fretamento. Tatto diz que se não atrapalharem urbanos, veículos podem vir trafegar por faixas de ônibus

Reivindicação do setor é antiga e gera discussões

ADAMO BAZANI

A circulação de ônibus e vans de fretamento pelas faixas destinadas ao transporte público pode incentivar mais pessoas a deixarem o carro em casa e optar por este tipo de deslocamento ajudando na mobilidade ou pode prejudicar a velocidade dos ônibus urbanos e diminuir os ganhos que a faixas proporcionaram?

A discussão é grande, mas a prefeitura de São Paulo promete analisar novamente a questão, que é uma das reivindicações de empresas de fretamento e associações de categorias que usam os ônibus e vans.

A confirmação de novos diálogos neste sentido foi dada nesta quinta-feira, 29 de outubro, pelo secretário municipal de transportes, Jilmar Tatto, em reunião do Conselho Municipal de Trânsito e Transportes.

Ao menos 150 associações de moradores ou de trabalhadores já fizeram pedidos específicos para a prefeitura liberar estes espaços. Os pedidos vão desde liberação para fretados, transporte escolar até para carros de funerárias.

Tatto disse que o estudo se refere aos fretados e que somente liberação vai ser concedida se for comprovado que não haverá prejuízo para os urbanos. Uma das alternativas é de a circulação ser fora do horário de pico.

Hoje, além de ônibus, apenas táxis com passageiros e carros de socorro com giroflex acionado podem circular pelas faixas.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes.

14 comentários em Tatto diz que prefeitura pode liberar faixas de ônibus para fretados

  1. Se os inúteis taxista só porque tem representantes na câmara podem circular. Os fretados já eram pra estar circulando a muito tempo pois eles sim trazem benefícios a mobilidade. Me admira vc Adamo demagogo usar de forma negativa a expressão de que se perderia velocidade nos corredores com a medida. Vc é mesmo um tremendo puxa saco de empresário de ônibus e encarroçadora de ônibus. Defenda o que é certo esse país precisa parar de fazer as coisas só no interesse

    • É uma dúvida que se pretende esclarecer. Há o ponto de interrogação, inclusive. Sugiro que você leia direito, depois comente de forma mais educada. Aliás, você está certo mesmo em chamar taxista de inútil? É isso que você pensa mesmo?

  2. João Ayrton Lamiase // 29 de outubro de 2015 às 20:11 // Responder

    Eu acho uma boa, pois, eu vejo que os fretados não tem lugar certo para parar.

  3. Edson Profeta (Técnico de Transportes - SPTrans) // 29 de outubro de 2015 às 20:29 // Responder

    Adamo, utilizo diariamente ônibus fretado e acredito que essa medida irá fazer uma grande diferença para os passageiros dessa modalidade. Cada ônibus normalmente transporta 46 passageiros, o que quase iguala com os ônibus urbanos.

  4. Amigos, boa noite.

    Que a velocidade do buzao ira diminuir, isso e obvio.

    O problema sera que com o aumento da velocidade do fretado seu uso ira aumentar, diminuindo o faturamento do buzao; ai ja se sabe o que ocorrera.

    A questao e complexa, Sampa esta saturada e o pior de tudo e que o buzao de Sampa nao evolui no operacional, ou seja, redes e ponto a ponto em reta.

    Desse jeito so ha acrescimo de volume na faixa do buzao e nenhuma racionalizacao e otimuzacao no sistema.

    So sei que essa linha de pensamento do buzao nao tem destino e nem itinerario.

    Ainda falta muita TECNICA na questao do buzao de Sampa.

    Att,

    Paulo Gil

    • Boa noite.
      Esse é um ponto interessante na qual o Paulo Gil abordou, se o fretado utilizar as faixas e corredores vai sim de fato melhorar para os usuários de fretado, mas vai também diminuir ainda mais a velocidade dos ônibus urbanos. Na minha opinião, acho que os táxis não deveriam ter o direito de utilizar as faixas e corredores de onibus (se é corredor de ônibus, então deve circular somente Ônibus), mesmo que o taxista tenha passageiros. Eu penso que a prefeitura deve construir mais corredores BRT Integral (com todas as suas premissas), e estruturar todo o sistema de forma que a rede contemple serviços alimentadores, troncais (os de BRT), metrô, trem, ciclovias e que priorize a pessoa acima de tudo.

    • O grande problema de SP é excesso de gente. Pode fazer o que for que não vai resolver nada

  5. Se se for apos a licitação né,e somente em faixas exclusivas,em corredor não sou a favor.

  6. Exitem pontos em estações do metro que os ônibus urbanos levam até 20 minutos para passarem o ponto como a do metro Tatuape, agora se liberarem os fretados vai para 1 hora com certeza, as faixas exclusivas estão perdendo a sua finalidade.

  7. Sò as faixas ou faixas e corredores? Libera o da Metra? :p

  8. Élio J. B. Camargo // 2 de novembro de 2015 às 19:42 // Responder

    Nas vias de 3 faixas, a da esquerda poderia se para os coletivos do transporte público, a do meio poderia ser preferencial (fretados, escolar, carros com 3 pessoas, táxi com passageiros, etc) e o da direita livre para os veículos particulares.
    Assim, priorizando o transporte coletivo, poderemos ter uma melhor mobilidade

Deixe uma resposta para Élio J. B. Camargo Cancelar resposta

%d blogueiros gostam disto: