BYD vence licitação de 800 ônibus nos EUA

bus eletric

Ônibus elétrico da BYD na unidade de Lancaster, EUA. Tecnologia sem fio para carregamento das baterias é uma das alternativas da fabricante

Empresa vai fornecer veículos elétricos para 10 das 12 categorias apresentadas no certame

ADAMO BAZANI

A fabricante de veículos elétricos de capital chinês BYD anunciou que foi uma das vencedoras da licitação para o fornecimento de 800 ônibus, lançada pelo Departamento de Transporte de Whashington.

As unidades serão fabricadas na planta da empresa na Califórnia e vão atender a 10 das doze categorias previstas no edital.

Os veículos têm de 9 metros a 18,5 metros de comprimento. Entre as tecnologias está a de carregamento das baterias por intermédio de sistema sem fio, apenas por indução, e o carregamento tradicional plugado à rede de fornecimento de energia.

Como são totalmente elétricos, os ônibus não emitem poluição e o nível de ruído é baixo.

Diferentemente do que ocorre com os certames brasileiros de transportes, nos Estados Unidos, o fornecimento e operação de ônibus elétricos fizeram parte da licitação, que foi encerrada em agosto.

bus eletric

Veículos de pequeno porte elétricos são usados para complementar rotas de maior demanda

“O Departamento de Trânsito de Washington continua a mostrar liderança no movimento de eletrificação do transporte e eles se destacam a nível nacional por tomar uma posição tão firme na melhoria da qualidade do ar. Como nação, estamos na véspera de grandeza, enquanto nos preparamos para mostrar ao mundo o caminho para a independência energética e esta aquisição será vista como um momento chave na eletrificação da indústria de transporte dos EUA; ônibus elétricos já não são um projeto para o futuro, mas uma realidade atual  com uma a tecnologia está aqui para ficar ” – disse em nota a vice-presidente de vendas da BYD Coach & Bus,  Macy Neshati

Os modelos que serão fornecidos para os transportes norte-americanos vão desde micros e articulados urbanos a rodoviários, todos elétricos.

byd-eua

A empresa deve nas próximas semanas inaugurar uma planta na cidade de Campinas, interior Paulista.

Inicialmente vão ser montados chassis de ônibus elétricos produzidos na China e posteriormente a produção deve ser local.

BYD

Ônibus articulado da marca tem capacidade para 120 passageiros. Modelo será adaptado para as exigências brasileiras e vai ser testado em São Paulo com passageiros

A BYD testou ônibus elétricos em diversas cidades brasileiras,  vendeu 10 unidades para os transportes de Campinas e prepara na planta de Lancaster, na Califórnia, um ônibus articulado com o apoio de técnicos da SPTrans para ampliar os testes com passageiros na capital paulista. O veículo vai atender às exigências técnicas de encarroçamento em vigor no Brasil.

Um articulado com os padrões chineses rodou em São Paulo sem transportar passageiros. O veículo transportou galões para simular a lotação de pessoas .

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

7 comentários em BYD vence licitação de 800 ônibus nos EUA

  1. Só aqui no brasil que prefeituras dominadas por empresários como o ruas Jacob barata constantino entre outros não tem coragem de obrigar os próprios a comprarem veículos como esses….

  2. O país precisa de ônibus modernos e elétricos como este, mas nossos governantes são tão corruptos que interesses públicos são deixados de lado e o empresários de ônibus continuam colocando paus de arara pra população utilizar.

  3. Enquanto isso no Brasil e em SP a preferência e dar lucro aos empresários triste.

  4. Estes ônibus da BYD são show de bola andem em um deles aqui na zona leste, silenciosos, confortáveis, fácil acesso interno, bem construídos, robustos, acabamento de primeira, feito para durar da de 10 a 0 nos nossos ônibus que custam os olhos da cara e tem péssimo acabamento e usam materlal de 5 categoria, e so ver os super articulados que com menos de 2 anos já andam batendo lata, com as portas e campainhas inguiçadas, fora os comprotamentos que ficam acima da porta vivem rodando abertos de tão mal feito que foram.

    • Pedro, bom dia.

      Por enquanto sao amostras, vamos aguardar apos a BYD fazer os calculos do “custo Brasil”.

      E no inicio eles so fornecerao chassis, as carrocerias serao as mesmas de sempre.

      Abc,

      Paulo Gil

  5. Amigos, bom dia.

    Parabens aos EUA.

    Gostei que o painel do azulzinho e proximo do piloto e nao no assoalho como sao nas carrocerias brasileiras.

    A nos so nos resta os banquim durim e apertadim e as catracas e seus anexos.

    Por que Sampa tem especificacao diferente ?????

    E inacreditavel que um buzao aprovados nos EUA nao e aprovado aqui.

    Acho que e porque tem conforyo em excesso.

    kkkkkkkk

    Att,

    Paulo Gil

  6. Vocês são loucos?
    Esses veículos chineses não têm a menor qualidade.
    Quero ver quando começar a estragar e faltar ônibus na cidade…kkkk

    Caio e Marcopolo fazem ônibus muito melhores

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: