Apta entrega 26 ônibus Volks para a Imperial na Capital Paulista

Publicado em: 7 de outubro de 2015

Imperial Transportes

Ônibus novos da Imperial Transportes, empresa que surgiu a partir de atividades de cooperativa em São Paulo. Foto: Divulgação.

Empresa operadora surgiu de cooperativa. Renovação ocorre às vésperas da licitação dos transportes da cidade

ADAMO BAZANI

A Apta, representante da marca Volkswagen Caminhões e Ônibus, anunciou que o lote de ônibus novos vendidos para a Imperial Transportes Urbanos, da capital Paulista, soma 26 unidades.

Os ônibus são do modelo Volkswagen 17.230 OD e receberam carroceria Gran Via, da Mascarello, que atende aos padrões da SPTrans – São Paulo Transportes, gerenciadora dos serviços da capital.

A Imperial opera a área Sudeste da cidade, cor verde escuro, e teve origem na cooperativa Nova Aliança.

Para o processo de licitação dos transportes da cidade, que não vai admitir cooperativas, as estruturas deste modelo de atividade foram convertidas em empresas.

A renovação de frota ocorre às vésperas da divulgação do edital definitivo da licitação que vai conceder os serviços por 20 anos, renováveis por mais 20 anos. A promessa é de remodelação do sistema, com a criação de redes de linhas de acordo com o atendimento, como as redes de final de semana e de reforço nos horários de pico, criação de grupos operacionais e redução de itinerários sobrepostos.

Em nota, a Apta detalha algumas das características dos veículos:

“Desenvolvido para as severas operações do transporte urbano e também como excelente solução ao serviço de fretamento, o veículo alia a tecnologia de um motor MAN D08 EGR (que dispensa o uso do Arla 32), aplicado com sucesso em diversos lugares no mundo, à robustez e confiabilidade já reconhecida do modelo. O Volksbus ainda incorpora embreagem de 395 mm de diâmetro, e caixa de transmissão ZF 6S 1010 BO de seis velocidades com servoassistência e troca de marchas acionada por cabos, o que garante maior conforto e durabilidade de todo o conjunto. O modelo é oferecido também na versão V-Tronic, com a caixa de transmissão automatizada. Através da ferramenta de diagnóstico e parametrização, VCO e COM, é possível configurar algumas funções do motor, o que assegura a otimização da operação para cada tipo de aplicação.”

A carroceria possui elevador e box para cadeira de rodas, espaço para cão-guia, assentos para passageiros com prioridade e ar-condicionado, item obrigatório nos novos ônibus da cidade de São Paulo.

A concessionária ainda informou que vai disponibilizar treinamento para os operadores dos novos ônibus.

“O programa terá duração de quatro horas e será ministrado pelo consultor Marcos Cantelli. Durante a etapa teórica, os conteúdos abordados serão: funcionamento mecânico do motor (turbinas, intercooler, common rail, módulo do motor); embreagem e caixa de câmbio; treinamento sobre condução econômica e direção defensiva; garantias do produto; programa de manutenção preventiva e corretiva. Após as orientações teóricas, ocorrerá a entrega técnica, uma verificação, na prática, de como executar o check-list diariamente, antes de sair da garagem como a verificação dos pneus, nível de óleo, da água, funcionamento das portas e luzes em geral.” – completa a Apta.

O treinamento vai ocorrer nas dependências da concessionária próxima do quilômetro 26 da rodovia dos Imigrantes.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes.

O QUE É IMPORTANTE SABER SOBRE A LICITAÇÃO:

A licitação deve remodelar os transportes na cidade e desenhar o modelo de frota e serviços pelos próximos vinte anos, prazo dos contratos com as empresas de ônibus que ganharem a concorrência.

As linhas devem ser alteradas. O edital propõe a criação de três grupos de serviços:

GRUPOS DE LINHAS:

– Grupo Estrutural, que vai contar com as linhas de maior demanda ligando as regiões da cidade até o centro (linhas radiais) e a linhas ligando regiões diferentes em corredores de ônibus ou vias de grande movimento (linhas perimetrais).

– Grupo Local de Articulação Regional, que vai ter linhas entre as centralidades de regiões diferentes ou entre as regiões e o centro da cidade sem passar por corredores ou vias de maior fluxo.

– Grupo Local de Distribuição, com linhas dentro das regiões, normalmente ligando os bairros aos terminais locais de ônibus ou estações do Metrô e da CPTM. Neste grupo também serão incluídas as redes rurais.

REDES DE SERVIÇOS:

Serão quatro tipos de serviços, classificados como redes:

– Rede de Referência: Dias úteis e sábados

– Rede de Reforço: Com linhas que só vão operar nos horários de pico

– Rede de Domingos e Feriados: Com linhas e horários específicos para estes dias

– Rede da Madrugada: Já em vigor, hoje com 151 linhas que operam entre a meia noite e quatro da manhã.

FROTA, VIAGENS E REMUNERAÇÃO:

A frota de ônibus da cidade deve ser reduzida dos atuais 14 mil 770 veículos para 12 mil 898 entre micro-ônibus, midibus (micrões), ônibus básicos motor dianteiro, ônibus padron motor traseiro, ônibus padron 15 metros motor traseiro, ônibus articulados (18,6 metros a 21,3 metros), ônibus superarticulados (23 metros) e ônibus biarticulados (25 metros a 28 metros).

Apesar da redução da frota, o secretário municipal de transportes, Jilmar Tatto, disse que o número de lugares no sistema vai aumentar dos atuais 1,2 milhão para 1,35 milhão.

Segundo ele, isso será possível pela colocação de mais ônibus de maior capacidade. Os mini-ônbus devem passar dos atuais 4 mil para 250. Já os midis (micrões) devem ir de mil para 2 mil veículos e o total de superarticulados passar dos atuais 500 para 2.500.

Com a reorganização das linhas, eliminando as sobreposições e ampliando serviços em corredores de alta demanda, o total de partidas por mês deve aumentar de 245 milhões para 280 milhões.

A TIR – Taxa Interna de Remuneração para as empresas de ônibus deve ser reduzida dos atuais 18% para 9,97% ao ano.

EMPRESÁRIOS:

Apesar das mudanças das linhas e de parte da frota, o mercado aposta que a estrutura empresarial dos transportes na cidade deva passar por poucas alterações. Na prática, a aposta é de que os mesmos empresários continuem operando. Como o novo sistema não vai admitir mais as cooperativas, estas entidades se transformaram em empresas para participar da disputa. Tanto as atuais viações como as ex-cooperativas devem se organizar em SPE – Sociedade de Propósito Específico.

Hoje, o sistema é dividido em estrutural e local:

EMPRESAS DO SUBSISTEMA ESTRUTURAL:

– Viação Santa Brígida Ltda:

Principais Sócios: Belchior Saraiva, Luiz Augusto Saraiva, Marcio Arduin Saraiva, Mario Luiz Saraiva, Mauricio Daniel Saraiva, Silvia Helena Saraiva Gomes, Antonio Carlos Lourenco Marques, Julio Luiz Marques, Luiz Antonio De Paulo Marques, Manuel Lourenco Marques, Rita De Cassia Marques Mesa Campos

– Viação Gato Preto Ltda:

Principais Sócios: Ricardo Luis Gatti Moroni, Catharina Anna Gatti Moroni, Anita Cecilia Gatti Moroni de Padua Lima, Joao de Padua Lima Neto

– Sambaíba Transportes Urbanos Ltda:

Principais Sócios: Belarmino de Ascenção Marta, Bampar Participações Ltda, Vilar do Rei Participacoes Ltda, Comercial Sambaíba de Viaturas Ltda

– VIP Transportes Urbanos Ltda:

Principais Sócios:  José Ruas Vaz, Carlos de Abreu, Armelim Ruas Figueiredo, Vitorino Teixeira da Cunha,  Eduardo Caropreso Vaz Gomes, Antonio Roberto Berti, Carlos Alberto Risso Alexandre Videira, Claudio Jose Figueiredo Alves, Delfim Alves de Figueiredo, Jose Alves de Figueiredo, Luis do Nascimento Rodrigues, Marcos Jose Monzoni Prestes

– Ambiental Transportes Urbanos Ltda:

Principais Sócios: Eduardo Ciola, Jose Eduardo Caldas Goncalves, participação do Grupo Ruas

– Via Sul Transportes Urbanos Ltda:

Principais Sócios: Jose Ruas Vaz, Carlos De Abreu, Armelim Ruas Figueiredo, Ricardo Vaz Pinto, Vicente Dos Anjos Diniz Ferraz, Marcelino Antonio Da Silva, Manuel Bernardo Pires De Almeida, Francisco Pinto, Francisco Parente Dos Santos, Morgado De Mateus, Elvira Risso Alexandre Videira

– Viação Cidade Dutra Ltda:

Principais Sócios: Jose Ruas Vaz, Armelin Ruas Figueiredo, Francisco Pinto, Joao Goncalves Goncalves, Joaquim De Almeida Saraiva, Marcelino Antonio Da Silva, Vicente Dos Anjos Dinis Ferraz

– Tupi – Transportes Urbanos Piratininga Ltda:

Principais Sócios:  Gustavo Luiz Zampol Pavani, Paulo Eduardo Zampol Pavani

– Mobi Brasil Transportes São Paulo Ltda:

Principais Sócios: Niege Chaves, Tatiana Chaves Suassuna, Honorio Goncalves Da Silva Neto, Terra Participacoes E Patrimonio Eireli

– Viação Campo Belo Ltda:

Principais Sócios: Jose Ruas Vaz, Armelim Ruas Figueiredo, Francisco Pinto, Vicente Dos Anjos Dinis Ferraz

– Viação Gatusa Transportes Urbanos Ltda:

Principais Sócios: Jose Saad Neto, Livonpride S/A.,

– Transkuba Transportes Gerais Ltda:

Principais Sócios: Sergio Kuba, Cafetur Transportes Ltda.,

– Transppass Transportes de Passageiros Ltda:

Principais Sócios: Antonio Dos Santos Pereira, Antonio Joao Pinto Dos Santos, Simone Batista Dos Santos

EMPRESAS DO SUBSISTEMA LOCAL – ANTIGAS COOPERATIVAS:

– Consórcio Spencer Transporte (antiga Cooper Fênix)

Principais Sócios: Manoel Edson Barbosa, Roberson De Nobrega

– Norte Buss Transporte (antiga Transcooper)

Principais Sócios: Guilherme Correa Filho, Jeremias Jose Pereira, Luiz Fernando Silva Dos Santos, Paulo Sato, Valdi Batista De Figueiredo

– Consórcio Qualibus (antiga garagem 2 da Associação Paulistana)

Principais Sócios: Luiz Carlos Calegari, Marcelo Paschoal Cardoso, Ubiratan Antonio Da Cunha,

– Transunião Transportes (antiga garagem 3 da Associação Paulistana):

Principais Sócios: Wilson Pereira Da Costa, Ubirata Batista De Oliveira, Osiel Bernardino Pinto, Jose Edson Accioly Lins, Adauto Soares Jorge, Adao Lino Dos Santos,

– MOVE SP Soluções em Mobilidade Urbana Ltda (antiga Aliança Cooperpeople – Garagem Coopertranse – denominação anterior Transpeople Soluções em Mobilidade Urbana).

Principais Sócios: Agenor Alexandre da Silva Filho,  Antônio Alves de Oliveira, Marcelo Cavallini Colli, Wagner dos Santos

– Express Transportes Urbanos (proveniente da cooperativa Nova Aliança e da Empresa Novo Horizonte):

Principais Sócios: Agnaldo Dias Gomes, Angela Roberta Da Silva Agoston, Vanessa Rodrigues Da Silva,

– Allianz Transportes (antiga garagem 1 da Associação Paulistana) – Denominação Atual:

Allibus Transportes Ltda

Principais Sócios: Anderson Barbosa Da Silva, Paulo Henrique Cipriano, Sandra Pinho Da Silva,

– Pêssego Transportes (antiga Transcooper Leste):

Principais Sócios: Antonio Carlos Da Silva, Danilo Morilio Da Silva, Fabio Dos Santos, Marcio Borges Parente

– Transwolff Transportes (antiga Cooper Pam) 

Principais Sócios: Luiz Carlos Efigenio Pacheco, Moises Gomes Pinto,

– Consórcio Auto Viação Transcap (antiga Unicoopers):

Principais Sócios: Ronaldo Tadeu De Oliveira, Valter Da Silva Bispo

– Alfa Rodobus Transportes

Principais Sócios: Aliomar Rocha Junior, Aurineide Moura Andrade Santos, Edson Bernardo Da Silva, Ezequias De Oliveira, Ezequiel De Oliveira, Jose Lenildo De Lima, Patricia Olegario De Lira, Reginaldo Gomes Da Silva, Sara Oliveira Cavalcante, Silberto Soares Ferreira, Willamys Da Silva Bezerra

DIVISÃO POR ÁREA DE OPERAÇÃO:

  • Empresas do Subsistema Estrutural:Área 1 – Zona Noroeste – verde claro: Consórcio Bandeirantes (Viação Santa Brígida Ltda e Viação Gato Preto Ltda)Área 2 – Zona Norte – azul escuro: Sambaíba Transportes Urbanos Ltda.

    Área 3 – Zona Nordeste – amarelo: Consórcio Plus (VIP Transportes Urbanos Ltda).

    Área 4 – Zona Leste – vermelho: Ambiental Transportes Urbanos S.A – incluindo a rede de trólebus

    Área 5 – Zona Sudeste – verde escuro: Consórcio Via Sul (Via Sul Transportes Urbanos Ltda) – incluindo o BRT (corredor de ônibus) Expresso Tiradentes

    Área 6 – Zona Sul – azul claro: Consórcio Unisul (Viação Cidade Dutra Ltda; Tupi Transportes Urbanos Piratininga Ltda; MobiBrasil Transportes São Paulo Ltda; VIP Transportes Urbanos Ltda).

    Área 7 – Zona Sudoeste – vinho: Consórcio Sete (Viação Campo Belo Ltda, Viação Gatusa Transportes Urbanos Ltda; Transkuba Transportes Gerais Ltda; VIP Transportes Urbanos Ltda).

    Área 8 – Zona Oeste – laranja: Consórcio Sudoeste (Transppass Transportes de Passageiros Ltda e Viação Gato Preto Ltda.)

  • Empresas (ex-cooperativas) do Subsistema local:Área 1 – Zona Noroeste – verde claro: Consórcio Spencer Transporte (antiga Cooper Fênix) e Norte Buss Transporte (antiga Transcooper)Área 2 – Zona Norte – azul escuro: Consórcio Spencer Transporte (antiga Cooper Fênix) e Norte Buss Transporte (antiga Transcooper)

    Área 3 – Zona Nordeste – amarelo: Consórcio Qualibus (antiga garagem 2 da Associação Paulistana) e Transunião Transportes (antiga garagem 3 da Associação Paulistana).

    Área 4 – Zona Leste – vermelho: Express Transportes Urbanos (proveniente da cooperativa Nova Aliança e da Empresa Novo Horizonte), Allianz Transportes (antiga garagem 1 da Associação Paulistana) e Pêssego Transportes (antiga Transcooper Leste).

    Área 5 – Zona Sudeste – verde escuro: Consórcio Move São Paulo  (antigo Consórcio Aliança Cooperpeople – Garagem Coopertranse) e Imperial Transportes (antiga cooperativa Nova Aliança).

    Área 6 – Zona Sul – azul claro: Transwolff Transportes (antiga Cooper Pam)e  A2 Transportes (antiga Cooper Líder).

    Área 7 – Zona Sudoeste – vinho: Transwolff Transportes (antiga Cooper Pam).

    Área 8 – Zona Oeste – laranja: Consórcio Auto Viação Transcap (antiga Unicoopers) e  Alfa Rodobus Transportes

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

MATÉRIAS RELACIONADAS À LICITAÇÃO:

CONFIRA AS MINUTAS DO EDITAL DE LICITAÇÃO EM SÃO PAULO:

https://diariodotransporte.com.br/2015/07/09/confira-o-edital-de-licitacao-dos-transportes-de-sao-paulo/

DECRETO PARA LICITAÇÃO É PUBLICADO OFICIALMENTE:

https://diariodotransporte.com.br/2015/07/03/licitacao-de-onibus-em-sao-paulo-decreto-do-edital-e-publicado-oficialmente/

LICITAÇÃO EM SÃO PAULO VAI ALTERAR 30% DAS LINHAS DE ÔNIBUS NA CIDADE:

https://diariodotransporte.com.br/2015/07/11/licitacao-em-sao-paulo-vai-alterar-quase-30-das-linhas/

O QUE AS EMPRESAS DE ÔNIBUS ESPERAM DA LICITAÇÃO DOS TRANSPORTES EM SÃO PAULO:

https://diariodotransporte.com.br/2015/07/21/licitacao-dos-transportes-em-sao-paulo-onibus/

EMPRESAS DE ÔNIBUS DE SÃO PAULO CONTESTAM EDITAL DE LICITAÇÃO:

https://diariodotransporte.com.br/2015/08/17/licitacao-dos-transportes-empresas-de-onibus-questionam-edital/

PREFEITURA DE SÃO PAULO PRORROGA ATÉ 31 DE AGOSTO PRAZO PARA CONSULTA PÚBLICA DE EDITAL DE LICITAÇÃO:

https://diariodotransporte.com.br/2015/08/11/licitacao-dos-transportes-prefeitura-de-sao-paulo-decide-prolongar-ate-31-de-agosto-prazo-para-consulta-publica/

FROTA LIMPA – LEI DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS NÃO FOI LEVADA A SÉRIO:

https://diariodotransporte.com.br/2015/07/15/frota-limpa-lei-de-mudancas-climaticas-nao-foi-levada-a-serio/

LICITAÇÃO DOS TRANSPORTES DE SÃO PAULO PREVÊ ÔNIBUS A GÁS NATURAL:

https://diariodotransporte.com.br/2015/07/20/licitacao-dos-transportes-em-sao-paulo-edital-preve-onibus-a-gas-natural/

LICITAÇÃO DOS TRANSPORTES: MENOS MICROS E MAIS MIDIS. Maior número de Viagens:

https://diariodotransporte.com.br/2015/07/03/licitacao-de-sao-paulo-menos-mini-onibus-mais-microes-e-maior-numero-de-viagens/

LICITAÇÃO DE SÃO PAULO: ENTIDADES NACIONAIS E INTERNACIONAIS FORMALIZAM PEDIDO DE FROTA LIMPA PARA EDITAL:

https://diariodotransporte.com.br/2015/08/04/licitacao-de-sao-paulo-organizacoes-elaboram-documento-para-frota-limpa/

LICITAÇÃO SÃO PAULO – ENTIDADES PENDEM MAIS 60 DIAS DE CONSULTA PÚBLICA E FRENTE PARLAMENTAR VAI DISCUTIR EDITAL E MEIO AMBIENTE:

https://diariodotransporte.com.br/2015/08/06/licitacao-dos-transportes-entidades-querem-mais-30-dias-de-consulta-e-frente-parlamentar-discute-impactos-ambientais/

LICITAÇÃO DOS TRANSPORTES RECEBE SUGESTÕES ATÉ DIA 10 DE AGOSTO:

https://diariodotransporte.com.br/2015/07/08/licitacao-em-sao-paulo-recebe-sugestoes-ate-o-dia-10-de-agosto/

LICITAÇÃO DOS TRANSPORTES – TATTO SE REÚNE COM TCM PARA EDITAL NÃO SER BARRADO:

https://diariodotransporte.com.br/2015/07/30/licitacao-dos-transportes-em-sao-paulo-tatto-se-reune-com-tcm-para-edital-nao-ser-barrado/

LICITAÇÃO DOS TRANSPORTES DEVE AJUDAR A DESTRAVAR VENDAS DE CARROCERIAS:

https://diariodotransporte.com.br/2015/06/29/licitacao-de-sao-paulo-deve-ajudar-a-destravar-vendas-de-carrocerias/

AR CONDICIONADO: LICITAÇÃO DOS TRANSPORTES DE SÃO PAULO VAI SER MODELO PARA O PAÍS:

https://diariodotransporte.com.br/2015/07/24/ar-condicionado-licitacao-de-sao-paulo/

LICITAÇÃO DOS TRANSPORTES DE SÃO PAULO: Cartas marcadas ou mercado difícil de competir?

https://diariodotransporte.com.br/2015/09/28/licitacao-dos-transportes-em-sao-paulo-cartas-marcadas-ou-mercado-muito-grande/

LICITAÇÃO EM SÃO PAULO: ESTRANGEIROS SÓ COM EMPRESAS BRASILEIRAS:

https://diariodotransporte.com.br/2015/07/10/licitacao-de-sao-paulo-estrangeiros-so-com-empresas-brasileiras/

ADAMO BAZANI

Comentários

  1. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Ufaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    Até que enfim uma carroceria diferente em Sampa.

    Lindões.

    Att,

    Paulo Gil

  2. Marcos Eduardo disse:

    Esse motor, motor MAN D08 EGR, tem certificação de emissão de gases? ou trata-se daquele motor Volkswagen com dispositivo, que burla os teste? se for já existe recal?

    1. Diz a MAN que as investigações não abrangem os veículos pesados

      https://blogpontodeonibus.wordpress.com/2015/09/29/man-diz-que-caminhoes-e-onibus-volkswagen-nao-estao-relacionados-ao-escandalo-de-manipulacao-de-dados-de-emissoes-de-poluentes/

      Lembrando que a informação da empresa não tem relação com posicionamentos do Blog.

  3. Ricardo disse:

    Boa noite Adamo! Você notou que a maioria dos novos ônibus equipados com ar condicionado está vindo com as janelas com aberturas móveis, porém travadas. Não seria mais barato equipar essas janelas com os vidros inteiriços ou selados? Você saberia a razão de estarem adotando este procedimento “meio estranho”? Será que passado o furor inicial da propaganda os ônibus poderão ter os aparelhos de ar condicionado desativados novamente?

    1. Acho que é mais provável isso. Desligar os aparelhos por problemas técnicos, sejam eles reais ou apenas pretextos

    2. Paulo Gil disse:

      Ricardo, boa noite.

      Muito provavelmente vidros inteiriços ou selados são mais caros, portanto a manutenção também será mais cara.

      Claro que também se computa a questão da violência e vandalismo.

      E daqui 6 meses o ar condicionado todos já sabem como estarão; ai é só soltar um parafusinho e pronto a janelinha volta a funcionar.

      Mas inteligentes são os “topetudinhos” da EMTOSA que as janelas já abrem e fecham desde já.

      Ou melhor só ficam abertas; afinal pra que ligar ar condicionado nesse calorão ??

      Rssssssssssssssssssssssss

      Att,

      Paulo Gil

  4. DA LUA disse:

    TENHO UM VEÍCULO EQUIPADO COM CHASSI VOLKSWAGEM 15-190 ANO 2012/2012..
    E O DANADO CONSOME MUITO ÓLEO DIESEL, PASMEM O VEÍCULO POSSUI 04 CILINDROS E TEM A CAPACIDADE DE AUTONOMIA DA SEGUINTE FORMA:

    1,8 QUILOMETROS POR LITRO DE DIESEL…

    (PARECE UMA SCANIA OU VOLVO)

    ALIAS GOSTARIA DE QUE AOS COMPANHEIROS QUE POSSUEM ESTES TIPOS DE VEÍCULOS COM MOTOR MAN, ENTRASSEM EM CONTATO…

    OBRIGADO..

  5. Já tinha visto a novidade,finalmente veio sem ser Caio,parabéns a Imperial,tomara que rode na 3161.

  6. Pedro disse:

    Enquanto isto na capital a VIP matem na maioria de sua linhas ônibus velhos e sujos.

  7. Marcelo disse:

    Bom dia bacana Parabéns pelos novos carros está é terceira cooperativa que pinta seus ônibus integral na cor de sua área, como empresas (entre aspas) primeiro express depois transwolff e agora imperial as outras continuam pintando só a metade principalmente das áreas 3 e 4.

    1. J disse:

      POIS É…AQUI NA AREA 2 AONDE MORO, E NA AREA 1…CONTINUAM SE PINTANDO COMO SE FOSSEM COOPERATIVAS!

  8. J disse:

    POR QUÊ SÓ OS ÔNIBUS NOVOS DA SPENCER -AREAS 1 E 2 , ANTIGA “FENIX” E OS DA NORTEBUSS AREAS 1 E 2 TMB…ANTIGA “TRANSCOOPER” NÃO VEM PINTADOS DEVIDAMENTE COMO SE FOSSEM MESMO ÔNIBUS DE EMPRESAS?? ESQUISITO ISSO…

    1. Luizinho disse:

      Nao so essas, na area 6 a A2 Transportes trouxe muitos microes novos e alguns onibus OF 1721, todos Comil porem com pintura de cooperativa. Sao veiculos convencionais, sem ar condicionado e pouco a pouco substuindo os Mega 2006 e os Gran Via I

  9. LUIS CARLOS DA SILVA disse:

    O que aconteceu com a licitação ,foi cancelada?

    1. Não foi cancelada, apenas ainda não saiu o edital definitivo. A prefeitura promete para este mês

  10. Ernesto disse:

    Parabéns e que Deus abençoe está empresa e esses carros novos, estão acreditando no sistema e no bem estar da população.

  11. Joice disse:

    Imperial está de parabéns a população agradece, termos carros novos!
    Esses carros têm entradas Usb para carregarmos os celulares?

  12. Parabéns Adamo Bazani pela excelente matéria e sucesso para Imperial que esta fazendo a sua parte renovando a frota e com esta atitude trará conforto e segurança para população.

  13. Claudia disse:

    Nossa tudo o que a zona leste e nós usuários do transporte público precisamos, temos que saber elogiar quando é necessário, Imperial está de parabéns…

  14. karina disse:

    parabéns imperial transportes urbanos são iniciativas como esta, que fazem de voces grandes empresários, acreditando no governo e investindo na população,

  15. MArcus Vinícius disse:

    Esses ônibus vão ajuda bem a população no verão tão de parabéns pelo ônibus espero que veia mais valeu

Deixe uma resposta