Greve na Expresso Guarará e na São José é suspensa

guarará

Ônibus da Expresso Guarará. Funcionários decidem suspender paralisação.

Negociações continuam e não está descartada nova paralisação. Normalização deve demorar o dia todo

ADAMO BAZANI

Motoristas e cobradores de ônibus da Expresso Guarará e Viação São José, que estavam parados desde ontem, decidiram voltar gradativamente ao trabalho nesta quarta-feira, 23 de setembro de 2015.

No entanto, novas paralisações não estão descartadas. As negociações continuam e às 16h deve ser realizada uma audiência de conciliação na Justiça Trabalhista.

Os trabalhadores reclamam de demissões de colegas, entre eles membros da Cipa – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, atrasos nos pagamentos do vale-alimentação e dos depósitos do FGTS.

As duas empresas são do mesmo grupo e atendem 63 mil passageiros por dia. A Expresso Guarará, com 60 ônibus, opera 15 linhas municipais em Santo André, e a Viação São José opera três linhas intermunicipais entre São Caetano do Sul e Santo André.

Para amenizar os efeitos da paralisação, a prefeitura de Santo André acionou a operação PAESE- Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência, reforçando a frota das linhas B 47 (Vila Luzita – Vila Palmares), da Viação Vaz, e I 05 (Vila Rica – Estação Utinga), da Viação Guaianazes, com 14 veículos para atender a parte da demanda que se desloca entre a Vila Luzita e o Centro de Santo André.

As linhas municipais da Guarará são as alimentadoras AL111, AL112, AL113, AL114, AL115, AL117, AL119, AL125, AL127, AL129, AL133, e AL135, e as troncais TR101, TR103 e TR141.

As intermunicipais da São José são 043 (São Caetano – Terminal Rodoviário Nicolau Delic / Santo André – Cata Preta) 043 BI1 (São Caetano – Terminal Rodoviário Nicolau Delic / Santo André – Represa) e 194 (São Caetano – Terminal Rodoviário Nicolau Delic / Santo André – Cata Preta), com diferenças nos trajetos entre elas.

A Expresso Guarará e Viação São José pertencem à família Passarelli. O patriarca, Sebastião Passarelli, morreu em 28 de outubro de 2014 com 87 anos de idade (ver em:https://blogpontodeonibus.wordpress.com/2014/10/28/abc-perde-um-dos-pioneiros-dos-transportes-da-regiao/ ).

A empresa hoje passa por problemas financeiros e tem como o principal responsável, Silvio Passarelli, filho de Sebastião.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

4 comentários em Greve na Expresso Guarará e na São José é suspensa

  1. Os passageiros da EMTU, como sempre, ficaram largados à própria sorte. A gerenciadora não teve a capacidade de acionar um mísero PAESE que atendesse as linhas intermunicipais. Lamentável! O ABC para a EMTU não existe.

    • SÉRGIO SANTO ANDRÉ // 24 de setembro de 2015 às 19:43 // Responder

      Disse tudo. No ABC quem manda e desmanda é o Baltazar !!!!! Aliás estamos reféns de todos, inclusive da CPTM. Sem CPTM, como se desloca para São Paulo ???? Alguém já ouviu falar de PAESE da EMTU ????

  2. Boa noite

    A EMTU se baseou nas linhas da EAOSA e CPTM, afinal são bem semelhantes, em termos de operação, gestão, oanes… Semelhante atrai semelhante!

1 Trackback / Pingback

  1. Greve de ônibus suspenda em Santo André – Via Trolebus

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: