Trecho de Corredor São Paulo – Guarulhos vai operar somente a partir de 19 de setembro

corredor Guarulhos

Trecho de corredor metropolitano de ônibus em Guarulhos. Nova data para início pleno das operações entre Cecap e Vila Galvão agora é 19 de setembro. Foto: Governo do Estado de São Paulo.

Prefeitura e governo do estado não se entendem sobre sinalização e circulação de ônibus municipais no espaço

ADAMO BAZANI

Inauguração no Brasil não significa necessariamente que determinado serviço ou equipamento estarão disponíveis para o contribuinte.

É o que acontece com o trecho de 12,3 quilômetros entre os terminais Cecap e Vila Galvão do Corredor Metropolitano São Paulo-Guarulhos.

A nova promessa agora é de que só deve haver operação plena de ônibus neste trecho a partir do dia 19 de setembro.

A inauguração foi em 31 de agosto, quando o governador Geraldo Alckmin anunciou que no dia seguinte, portanto em 1º de setembro, os serviços gradativamente entrariam em operação.

Depois, a EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos mudou o discurso e prometeu o início das operações em 05 de setembro. O que não ocorreu. Agora a nova data é 19 de setembro.

Há um impasse entre a prefeitura de Guarulhos e o Governo do Estado.

A prefeitura diz que o corredor está incompleto, faltando sinalização semafórica, de chão e a conclusão de obras nas paradas de ônibus que ficam do lado esquerdo dos veículos de transporte coletivo.

O Governo do Estado disse inicialmente que as sinalizações de trânsito seriam de responsabilidade da prefeitura, mas, na semana passada, se comprometeu a fazer os ajustes a partir de hoje, segunda-feira, 14 de setembro.

Há ainda um impasse sobre se os ônibus municipais vão poder ou não circular pelo corredor. A dúvida é em relação à interferência na velocidade dos ônibus metropolitanos e se todos os veículos municipais possuem configuração adequada com portas à esquerda para não ficarem entrando e saindo do corredor ao longo do percurso. Uma nova reunião deve ser realizada nesta semana entre prefeitura e estado para definir esta questão.

O corredor metropolitano Guarulhos – São Paulo deveria estar completo neste ano de 2015.

Mas até agora, apenas o trecho entre Taboão e Cecap, de 3,7 quilômetros de extensão, está em funcionamento. O trecho custou R$ 39,7 milhões e opera desde novembro de 2013.

O trecho de 12,3 quilômetros, entre Cecap e Vila Galvão, que deveria ter entrado em operação no dia 1º de setembro e agora é previsto para o dia 19, custou R$ 99,7 milhões.

Já o terceiro e último trecho, de 4,5 quilômetros entre Vila Galvão e o Metrô Tucuruvi, na zona Norte da Capital Paulista, não tem previsão por causa de outro impasse entre estado e prefeitura principalmente sobre as desapropriações.

Apesar dos questionamentos de ambos os lados serem de ordem técnica, rivalidades partidárias estariam impedindo a concretização de soluções e entendimentos com maior rapidez: governo é do PSDB e prefeitura é do PT.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

6 comentários em Trecho de Corredor São Paulo – Guarulhos vai operar somente a partir de 19 de setembro

  1. Isso me lembra a inauguração do Terminal Pinheiros…

  2. Adamo, os ônibus da E.M.T.U. que vão operar esse corredor terão um cor diferente?
    Esse modelo de cor padrão azul da E.M.T.U. está ultrapassado!

    A E.M.T.U. caprichou no corredor ABD e no interior!

    Os ônibus do corredor ABD são brancos com cinza e branco com verde.
    Os articulados da E.M.T.U. do interior se São Paulo são amarelos.

  3. Amigos, boa noite.

    Que esse corredor está incompleto está.

    Agora quem tem de fazer o que, sei lá, e também não interessa, pois o problema continua.

    Padrão, né.

    E o Aerotrem ????

    Será que tá “emperrado”, porque esqueceram a chave em “Y” ???

    Att,

    Paulo Gil

  4. Adamo porquê esse corredor de Guarulhos é tão diferente do corredor ABD, se ambos são da E.M.T.U. ?
    Será que terá uma licitação para operar esse corredor no padrão METRA, ou será um mesclado de empresas?
    É nítido que a menina-dos-olhos da E.M.T.U. é a Metra!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: