LICITAÇÃO DOS TRANSPORTES: Haddad admite ampliar prazo para consulta pública

unnamed (8)

O prefeito de São Paulo,  Fernando Haddad,  admitiu na manhã desta segunda-feira, 10 de agosto,  que pode prorrogar o prazo para consulta pública do edital de licitação dos transportes da cidade.

Como noticiou na semana passada o Blog Ponto de Ônibus, entidades como o Greenpeace,  Idec e Rede Nossa São Paulo protocolaram um pedido na Secretaria Municipal de Transportes para que a fase de recebimento de sugestões seja prolongada por mais sessenta dias.

Na manhã de hoje, o Greenpeace fez um ato em frente à Prefeitura para pedir o prazo maior. Uma das críticas da entidade é que o edital não estipula um cronograma para a colocação de ônibus não poluentes na cidade.

A Lei de Mudanças Climáticas,  de 2009,  determina que em 2018 todos os ônibus na cidade não dependam de combustíveis fósseis.

A determinação não deve ser cumprida porque a troca gradual de 10% dos ônibus por ano desde 2009.

Nesta terça,  o secretário de transportes,  Jilmar Tatto,  deve se reunir com as entidades para discutir evetual prorrogação.

Adamo Bazani,  jornalista especializado em transportes.

10 comentários em LICITAÇÃO DOS TRANSPORTES: Haddad admite ampliar prazo para consulta pública

  1. Nao sei porque, mas acho que essa licitação deve sair daqui alguns anos

  2. Olha…creio q essa Licitação aí…se depender dos ambientalistas e afins…e outros fatores…nunca sairá!

  3. Rafael Dan de Souza // 10 de agosto de 2015 às 21:06 // Responder

    Concordo com você J se ficar aceitando tudo o que os orgaos falam essa lícitação vais sair depois das eleiçoes municipais pois toda porrogacao que ocorrer vai ser no minimo de 60 dias

  4. Adamo…na linha i 05 do jardim santo André, esse ano ainda vai chegar novos ônibus???

  5. Anselmo Tomė Gomes // 11 de agosto de 2015 às 04:13 // Responder

    adamo sou motorista de ônibus trabalho na área 2 transporto em média 400 passageiros por dia ,sendo que pelo menos 150 não pagam a tarifa usando de diversos atificios como RG , carteira especial vencida, e o mais usado crachá falso, pense nisso todos os dias.

  6. Mais demora pra sair pelo jeito,mais ainda penso positivo.

  7. realmente tem de se prorrogar para evitar que passe uma licitação sem obrigação de mais trólebus e ônibus híbridos, é só ver como fica a cidade em tempos secos como os deste agosto, muita poluição e fumaça no ar, prejudicando todos, mas mais idosos e crianças.
    É ABSURDO em 2015 ficarmos com ônibus queimando diesel como nos anos 80.

  8. Marcos E. cardoso // 11 de agosto de 2015 às 13:05 // Responder

    Eu quero ver quando essas entidades vão ter coragem de pedir para que os carros não utilizem combustível fossil, e quem serão seus apoiadores!

  9. Tudo isto é uma vergonha prefeito enrolando para passar pra próxima gestão e ambientalista achando que está na Suíça não temos capacidade de trocar combustível prefeito e governo com estas questões de gratuidade a conta nunca vai fechar gasta mais que recebe não tem milagre

Deixe uma resposta para neblinasp Cancelar resposta

%d blogueiros gostam disto: