Estudantes da Região Metropolitana de Sorocaba terão gratuidade nos ônibus da EMTU

passe livre Sosorocaba

Ônibus da região metropolitana de Sorocaba terão passe livre para estudantes a partir do ano que vem.

Benefício vale a partir de fevereiro de 2016 e segue as regras das outras regiões metropolitanas

ADAMO BAZANI

Estudantes que moram na região metropolitana de Sorocaba, no interior de São Paulo, devem contar com gratuidade nos ônibus intermunicipais gerenciados pela EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos a partir de fevereiro de 2016.

O anúncio foi feito pelo presidente da EMTU, Joaquim Lopes, em reunião com prefeitos da região no PTS – Parque Tecnológico de Sorocaba.

Sorocaba e os municípios vizinhos fazem parte da região metropolitana inserida no gerenciamento da EMTU mais recentemente. Antes os serviços eram fiscalizados pela Artesp – Agência Reguladora de Transportes Públicos Delegados do Estado de São Paulo, que continua sendo responsável na região pelos ônibus rodoviários intermunicipais.

A gratuidade vai valer para estudantes das cidades da Região Metropolitana de Sorocaba:  Alambari, Alumínio, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Ibiúna, Iperó, Itu, Jumirim, Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tapiraí, Tatuí, Tietê e Votorantim.

As regras devem ser as mesmas aplicadas nas regiões de Campinas, Vale do Paraíba/Litoral Norte, Baixada Santista e região metropolitana de São Paulo.

Estudantes dos ensinos fundamental e médio regularmente matriculados nas instituições de ensino públicas

Estudantes de cursos profissionalizantes de nível técnico da rede pública estadual

Estudantes de curso de ensino superior da rede pública e privada, que comprovem renda familiar per capita até 1,5 salário mínimo

Estudantes do Centro Paula Souza e Etecs

Estudantes das Fatecs, que comprovem renda familiar per capita até 1,5 salário mínimo

Bolsistas do  Prouni (Programa Universidade para Todos)

Financiados pelo Fies (Fundo de Financiamento Estudantil)

Integrantes do Programa Bolsa Universidade (Programa Escola da Família)

Atendidos por programas governamentais de cotas sociais

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: