Empresas de ônibus de Manaus querem mais faixas e corredores para melhorar serviços

Publicado em: 27 de julho de 2015

faixa azul ônibus

Faixas de ônibus e corredores em Manaus devem ser ampliadas para a melhoria dos serviços de transporte, segundo relatório das empresas operadoras ao Procon. Foto: Prefeitura de Manaus.

Sugestão está em documento entregue pelas viações ao Procon

ADAMO BAZANI

Com informações D24am

A ampliação das chamadas “faixas azuis”, que são espaços destinados ao transporte coletivo, está entre as alternativas apresentadas pelas empresas de ônibus em Manaus, no Amazonas, para melhorar os serviços de mobilidade urbana na capital manauara.

A sugestão faz parte do documento entregue pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas – Sinetram ao Procon/AM – Procon do Amazonas.

O órgão de defesa do consumidor cobrou das empresas explicações sobre o aumento no número de reclamações de passageiros de ônibus.

As empresas podem fazer alterações no relatório até a próxima segunda-feira.

Segundo o documento, muitos problemas relatados pelos passageiros, como atrasos, têm relação com a situação das vias em Manaus, inclusive com espaços preferenciais ou exclusivos para o transporte coletivo classificados como insuficientes.

Manaus tem faixas de BRS – Bus Rapid Sistem, com embarques pelo lado esquerdo por meio de plataformas com o piso no mesmo nível do assoalho dos ônibus, e faixas à direita.

Para as empresas, com mais espaços preferenciais, será possível aumentar o índice de cumprimento das viagens e até mesmo reduzir a lotação excessiva nos ônibus com intervalos mais regulares entre os veículos evitando que um ônibus lote muito e logo em seguida venha outro vazio porque alcançou o coletivo que ficou preso no trânsito.

De acordo com o Procon/AM, muitas reclamações dos passageiros estão relacionadas com o sistema viário, o que vai fazer com que o órgão intensifique a fiscalização sobre a qualidade de ruas e avenidas e aponte também vias que podem receber novas faixas para ônibus.

O Sinetram informou ao Procon que entre as medidas já adotadas para melhorar os serviços estão ampliação do CCO – Centro de Controle Operacional, renovação de frota com maior constância, manutenção diária de elevadores nos ônibus e estações para portadores de deficiência e suspensão de motoristas notificados por mau comportamento.

No relatório, segundo o sindicato, há o histórico de operações e de providências das empresas Rondônia Ltda, Açaí Transportes, Viação São Pedro, Nova Integração, Via Verde, Expresso Coroado, Global GNZ, Transtol Ltda, Lider Ltda e Vega.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta