Maioria das crianças e adolescentes em São Paulo usa transporte público

ônibus

Ônibus em São Paulo. Maior parte das crianças e adolescentes fazem uso do transporte coletivo, que não é exclusividade das camadas com menor renda. Foto: Adamo Bazani.

Ônibus, trens e metrô receberam boa avaliação no quesito “levar onde precisa ou quer ir” Tarifa é reprovada

ADAMO BAZANI

Os transportes públicos são grandes aliados da educação e possibilita crianças e adolescentes a terem acesso mais fácil a equipamentos de lazer e cultura.

O que parece óbvio foi agora traduzido em números pela Rede Nossa São Paulo que fez uma pesquisa para retratar hábitos e a condição de pessoas com idades entre 10 e 17 anos na capital paulista.

Segundo a pesquisa, das 805 crianças e adolescentes ouvidos, 71% usam transporte coletivo, seja ônibus, trem, ou metrô, pelo menos uma vez por semana.

Deste total, 94% estudam em escola pública e 6% em escolas particulares de diferentes séries.

No entanto, proporcionalmente são os estudantes das instituições pagas que mais usam o transporte coletivo: 75% desta faixa de crianças e adolescentes.

Os principais motivos para os deslocamentos são educação, lazer e saúde (consultas médicas, por exemplo).

Em relação a atender às necessidades desta faixa da população, os transportes públicos receberam uma boa avaliação.

No quesito “ônibus, metrô e trem para te levar onde precisa ou quer ir”, a nota foi de 6,4, numa escala de 1 a 10. O item “tempo que você demora para chegar aos lugares” recebeu nota 6,3. Os jovens estão insatisfeitos com o valor da passagem: nota 4, o item com pior avaliação.

As 805 pessoas com idades entre 10 e 17 anos foram ouvidas entre os dias 13 e 17 de junho de 2015. A margem de erro é de três pontos percentuais para cima ou para baixo. Não há margem de erro nas notas.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: