BRT Metropolitano do Pará terá audiências públicas

ônibus pará

Planta geral do BRT Metropolitano do Pará. Governo promete dobrar capacidade de transportes e reduzir pela metade tempo de deslocamento. Reprodução.

BRT Metropolitano no Pará terá audiências públicas

Edital para a obra do corredor de ônibus deve ser lançado até o final de julho, promete o governo

ADAMO BAZANI – CBN

O Governo do Estado do Pará vai realizar nos dias 17 (quarta-feira) e 18 (quinta-feira) audiências públicas para sugestões sobre o BRT – Bus Rapid Transit, sistema de corredores com ônibus de trânsito rápido, da região metropolitana de Belém.

No dia 17, a reunião será em Ananindeua e no dia 18, em Marituba. As inscrições e os endereços podem ser obtidos no site do NGTM – Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano. Pela página da internet, quem não for às reuniões pode também enviar sugestões: http://www.ngtm.com.br/site/

De acordo com nota do governo estadual, o edital de licitação para as obras deve ser lançado até o final de julho. O processo licitatório deve ser concluído em até 120 dias e, se não houver atrasos, o BRT vai ficar pronto em julho de 2017.

A capacidade de transportes no trecho onde vai ser implantado o corredor vai ser ampliado dos atuais 11 mil passageiros por hora/sentido para 24 mil passageiros por hora/sentido.

O corredor BRT Metropolitano vai ser operado por ônibus articulados com quatro portas do lado esquerdo. As paradas serão estações que permitem embarque e desembarque no mesmo nível do assoalho dos veículos, pré-embarque, que é o pagamento da passagem antes da chegada do ônibus, isolamento do sol, chuva e vento e, além disso, as estações terão painéis eletrônicos informativos com os horários de partidas e previsão de chegada. Ao todo serão 26 estações, sendo 13 em cada sentido. A extensão inicial será de 10,7 km, ligando a cidade de Marituba até a capital Belém pela rodovia BR 316.

Os ônibus vão circular em pistas separadas dos demais veículos, feitas de concreto para suportar o peso maior dos coletivos. A instalação de bicicletários e passarelas de acesso também está prevista para as estações, além de áreas ajardinadas e pistas de caminhada.

Os semáforos serão programados para dar prioridade à passagem dos ônibus nos cruzamentos.

A gestão operacional do sistema será feita por um consórcio entre o governo do estado e as prefeituras cuja população será beneficiada pelos serviços de ônibus. Já a operação será feita pelas empresas do sistema de transportes.

Em nota, ao NGTM detalha como serão os terminais de ônibus deste BRT:

“O ponto inicial do BRT será o Terminal Marituba, localizado no km 10,7 da Rodovia BR-316, próximo a Alça Viária, e permitirá a integração das linhas alimentadoras que vêm de Marituba ao BRT. O Terminal será composto por duas plataformas, sendo uma para as linhas troncais e outra para as linhas alimentadoras, área de expansão e de estocagem, praça e estacionamento para motos, veículos e bicicletas, possibilitando a integração desses usuários. Nesse terminal, também serão ofertados outros serviços à população através de programas do Governo, como o “Navega Pará”, com acesso gratuito à internet sem fio (Wi-Fi), e a “Estação Cidadania”, onde seus usuários terão acesso a órgãos públicos e demais serviços sem ter que se deslocar até o Centro de Belém. Já em Ananindeua, o Terminal será localizado no km 6,5 da Rodovia BR-316, em frente à Sede Campestre da AABB. Será o principal ponto de integração das linhas alimentadoras de Ananindeua ao BRT. Esse terminal contará com acessos através de passagens subterrâneas para as linhas troncais, três plataformas para as linhas troncais e alimentadoras, área de expansão e de estocagem, estacionamento para motos e veículos e bicicletas, acesso à internet sem fio (Wi-Fi), praça e outra unidade da “Estação Cidadania”. Localizado junto ao Terminal Ananindeua, o Viaduto Ananindeua atravessará a Rodovia BR-316 e terá quatro pétalas, possibilitando todos os retornos no local, tanto para os ônibus quanto para os veículos particulares.” – diz o governo do estado, pelo Núcleo, em nota.

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

1 comentário em BRT Metropolitano do Pará terá audiências públicas

  1. Amigos, boa noite.

    Enquanto isso, Sampa

    ZZZzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: