Greve de ônibus em Belo Horizonte é descartada depois de acordo com empresas

ônibus

Ônibus em Belo Horizonte. Profissionais entraram em acordo com empresas e não devem mais realizar greve por Participação nos Lucros

Greve de Ônibus em Belo Horizonte é descartada após acordo com empresas

Companhias de ônibus vão pagar a participação nos lucros e resultados

ADAMO BAZANI – CBN

Em Belo Horizonte, motoristas e cobradores de ônibus que paralisaram as atividades por três dias, realizaram uma nova assembleia nesta quinta-feira, 11 de junho de 2015, e descartaram totalmente a possibilidade de retomarem a greve.

Após acordo com as empresas de ônibus, os trabalhadores conseguiram a promessa de receber a participação dos lucros e resultados até o dia 22 de julho com correção dos valores pelo INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor.

Os funcionários com salários inferiores a R$ 1,188 vão receber PLR de R$ 173,75. Acima deste salário, a Participação nos Lucros e Resultados será de R$ 347,52.

Os motoristas e cobradores iniciaram a greve na segunda-feira paralisando terminais de integração. Neste dia 10, suspenderam a paralisação para assembleia que decidiu descartar novas greves por este motivo.

As empresas alegavam prejuízos por isso não tinham feito os depósitos.

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: