ENTREVISTA: Vereador explica porque pediu CPI das Cooperativas

cooperativas CPI

Ônibus de empresa que era cooperativa. Vereador diz que processo de transformação em empresas deixa muitas dúvidas e quer CPI.

Vereador explica porque pediu CPI das Cooperativas

Gilberto Natalini diz que processo de licitação com a transformação de cooperativas em empresas é “estranho e temerário”

ADAMO BAZANI – CBN

O vereador Gilberto Natalini, do PV, entrou com pedido na Câmara para a instauração de uma CPI com o objetivo de apurar possíveis ligações de cooperativas de transportes e ex-cooperativas com o crime organizado, ameaças e mortes de cooperados e o processo de transformação das entidades para empresas.

A mudança do tipo de estrutura de negócio ocorre por causa da licitação dos transportes na cidade que não deve mais contar com o modelo de cooperativas,

Em entrevista a Thiago Barbosa, no CBN-São Paulo, programa produzido pela jornalista Gabriela Gonçalves, Natalini disse que a transformação de cooperativas para empresas tem sido um processo “estranho e temerário”.

Natalini disse que a relação entre diretores de cooperativas, hoje empresas, e cooperados é conflituosa e violenta.

Segundo o vereador, os diretores de cooperativas e novas empresas ficam dinheiro que deveria ser dos cooperados ou trabalhadores.

“A prefeitura repassa R$ 2,10 para as cooperativas por passageiro. Já as cooperativas repasse apenas R$ 1,08 por passageiro. Isso é uma distorção enorme. Muitos proprietários de ônibus estão em dívidas” – disse.

O vereador ainda quer saber o motivo de a prefeitura permitir que dentro das estruturas de negócios uma pessoa detenha mais de um ônibus, às vezes frotas inteiras.

Para Natalini, o poder público não pode se isentar de responsabilidade em todo este processo alegando que se trata de uma mera relação entre diretoria e motoristas e cobradores.

Confira toda a entrevista neste link:

http://cbn.globoradio.globo.com/programas/cbn-sao-paulo/2015/05/29/CPI-INVESTIGARA-MAFIA-EM-COOPERATIVAS-DE-MICRO-ONIBUS-EM-SP.htm

O requerimento com todos os argumentos para a CPI, você confere em:

https://diariodotransporte.com.br/2015/05/28/camara-municipal-de-sao-paulo-deve-ter-cpi-para-investigar-cooperativas-e-novas-empresas/

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

4 comentários em ENTREVISTA: Vereador explica porque pediu CPI das Cooperativas

  1. Existem Diretores de Cooperativas recebendo mais de R$ 15 mil por mês e ainda possuem até 05 ônibus rodando nas melhores linhas.

  2. Sou fruto desta covardia de Diretores / bandidos.
    Meus processos na justiça foram arquivados e outros o Ministério público nem deu andamento..

  3. William de Jesus // 29 de maio de 2015 às 22:03 // Responder

    Boa noite!

    Olha, eu nunca botei muita fé nesse cara (Gilberto Natalini). Agora, não sei se ele é de fato corajoso ou apenas querendo fazer barulho.

    De fato, é muito estranho que ninguém da prefeitura tenha achado “estranho” todas as cooperativas terem virado empresas da noite para o dia, e ainda mais com essas denuncias de ameaças e mortes.

    O cooperado tem que comprar um ônibus novo, com ar condicionado e manter a conservação do veículo para que o mesmo possa rodar, e ainda é obrigado a receber R$1,08, dinheiro esse que mal dá pra pagar a dívida de seu busão. “Ah, mas quando se é uma empresa, tem deveres à cumprir”. Vejam bem, se o cooperado não tivesse comprado seu ônibus, no maximo seria cobrador, e ainda assim correria risco de nem ser contratado, pois uma cooper só existe quando há ônibus. E quem os fornece? Os cooperados.

    Então, se não sabe brincar, não desce pro play. Se não tem condição de ser empresa, concorra a licitações em outras cidades ou estados.

    Espero, de verdade, que essa CPI tenha algum final, que não seja em pizza

  4. Espero q nesse negócio também haja a interferencia eficaz do FBI! Sim… pois nessa semana q pasou, o Brasil viu e o Mundo todo…pra horror e desespero da cartolagem do futebol do País…e da América Latina e da Russia… (kkkkk!!!…”pobre” Russia!) q quando o FBI se mete aqui no Brasil a Policia Fedral tem autoridade total p/ por as mãos em safados! Espero q essas ex cooperativas sejam reviradas do avesso mesmo}! Se esse tal de Natalini só quer aparecer…Beleza! q apareça então! e q jogue muita merda no ventilador mesmo! Esses caras…esses diretores de cooperativa aí são uma aberração! Deus q me perdoe! Tem q haver SIM!!! uma INVESTIGAÇÃO A FUNDO! DOA A QUEM DOER!

Deixe uma resposta para Rubens Segura Cancelar resposta