SPTrans disponibiliza lote com mais 180 mil novos cartões do Bilhete Único Estudantil

Bilhete Único Estudantil

Ônibus municipal em São Paulo. Lote com novo Bilhete Único Estudantil está disponível a partir desta quarta-feira.

SPTrans envia a partir desta quarta novo lote do Bilhete Único Escolar

São 180 mil carteirinhas. Estudantes devem consultar internet e instituições de ensino

ADAMO BAZANI – CBN

A SPTrans – São Paulo Transporte informou que a partir desta quarta-feira, dia 13 de maio de 2015, vai enviar um lote 180 mil carteirinhas estudantis para uso do novo Bilhete Único Escolar. A troca de cartões sem prévio aviso foi alvo de reclamações de diversos estudantes das redes de ensino básico, médio, técnico e superior. A SPtrans alega que mandou comunicados por e-mail.

Para o estudante saber se o novo bilhete chegou á escola deve acessar o cadastro no site http://estudante.sptrans.com.br e verificar na área “Meus cartões”.

De acordo com a SPTrans, até o final de maio 500 mil estudantes devem receber o novo cartão. A gerenciadora de transportes garante que não há custo adicional ou perda de crédito do bilhete atual para o novo.

A nova carteirinha, além de permitir a retirada do Bilhete Único Estudantil possibilita meia-entrada em cinemas, teatro, shows e jogos de futebol.

Segundo nota da SPTrans, “junto com o novo cartão, os estudantes receberão um folheto explicativo com as informações dos novos benefícios e instruções de como utilizá-lo corretamente, tanto para quem tem direito à meia-passagem e também ao passe livre no transporte público.”

O novo modelo de cartão é fruto de um convênio entre a prefeitura de São Paulo e a UNE – União Nacional dos Estudantes firmado em 1994 e alterado neste ano por portaria municipal.

“Os cartões usados no transporte coletivo e pela entidade estudantil foram unificados e todos os estudantes terão o cartão conveniado, conforme o modelo determinado pela legislação federal. Da mesma forma, a taxa de validação foi unificada em sete tarifas (R$ 24,50). Anteriormente quem optava pela versão conveniada pagava 13 tarifas (R$ 45,50), enquanto quem utilizava o bilhete apenas no transporte público pagava cinco (R$ 17,50).” – explica a SPTrans.

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: