Desempenho econômico no Brasil prejudica Scania mundial, diz relatório da montadora

ônibus Scania

Ônibus da Scania. Baixo crescimento econômico no Brasil afeta a montadora globalmente. Foto: Adamo Bazani.

Desempenho econômico no Brasil prejudica Scania mundial, diz relatório da montadora
Empresa fala em crise econômica e destaca baixo desempenho também na Rússia por causa de indefinições políticas.
ADAMO BAZANI – CBN
O Brasil está entre os cinco maiores produtores de ônibus no mundo, por vezes, atingindo a quarta posição.
Assim, qualquer oscilação no País afeta globalmente os negócios das produtoras, todas multinacionais instaladas no Brasil.
É o caso da Scania, com sede em São Bernardo do Campo, que divulgou nesta quinta-feira, dia 23 de abril de 2015, seu balanço mundial do primeiro trimestre do ano.
Globalmente, faturamento da Scania aumentou para 22,3 bilhões de coroas suecas (SEK), e a receita do primeiro trimestre foi de 2.245 milhões de coroas suecas (MSEK).
O resultado poderia ser melhor se não fossem as situações político-econômicas do Brasil e da Rússia, como explica Scania em nota à imprensa:
“… as encomendas na Europa aumentaram, registrando o nível mais elevado desde 2007. A Scania continua aumentando a participação de mercado, dentre outros fatores, pela transição para a legislação Euro 6 e por uma ampla linha de motores para combustíveis alternativos. O total de encomendas de caminhões comparado ao registrado no trimestre anterior diminuiu ligeiramente durante os primeiros três meses do ano, afetado principalmente pelo desempenho na América Latina e na Eurásia. A demanda no Brasil foi afetada negativamente pela crise econômica e pelas novas condições, muito menos favoráveis, do programa de financiamento subsidiado (Finame), aponta o relatório. Na Rússia, as encomendas diminuíram para um nível muito baixo com perspectivas incertas no país. Na Ásia, as encomendas permaneceram estáveis comparadas aos resultados do trimestre anterior. O negócio de ônibus permaneceu estável, registrando aumento na América Latina e declínio na Ásia, comparado aos números do trimestre anterior. Para motores, permanece o nível elevado do último trimestre do ano anterior, impulsionado pelos resultados na América Latina. A Scania prossegue em seus esforços de longo prazo para aumentar a participação de mercado em serviços e o volume de receitas. O relatório destaca que a montadora sueca mantém foco na ampliação de sua presença na África e Ásia e no primeiro trimestre inaugurou uma planta para produção de ônibus na Índia.”
De acordo com dados da Anfavea – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, neste trimestre, os licenciamentos de ônibus Scania caíram 77,8% no Brasil ante o mesmo período de 2013, com apenas 46 veículos.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

3 comentários em Desempenho econômico no Brasil prejudica Scania mundial, diz relatório da montadora

  1. Quando o mercado Brasileiro favoreceu a situação da empresa, muito provavelmente, não foi evidenciado e noticiado, claro!

  2. Adamo, qual fonte de produção mundial de ônibus por países? Queria dar uma olhada nesses dados.

    Parabéns pelo seu site! Recebo todos os seus posts via e-mail!

    Abs.,

1 Trackback / Pingback

  1. VLI amplia uso de energia solar em ferrovias e seleciona 50 estagiários de nível técnico e superior | Nosso transporte público

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: