Mais de 560 mil nos terminais rodoviários de São Paulo no Feriado de Tiradentes

ônibus

Ônibus saindo do Terminal Tietê. Rodoviárias da capital devem receber 567 mil passageiros no Feriado de Tiradentes.

Mais de 560 mil nos terminais rodoviários de São Paulo no Feriado de Tiradentes

Previsão é da Socicam, empresa que administra Tietê, Barra Funda e Jabaquara

ADAMO BAZANI – CBN

Os terminais rodoviários do Tietê, Barra Funda e Jabaquara, na capital Paulista, devem receber entre esta sexta-feira, dia 17 de abril e quarta-feira, 22, um total de 567 mil pessoas. Somente entre esta sexta e sábado, 18, devem deixar a cidade de São Paulo e municípios da região metropolitana, 163 mil pessoas por causa do Feriado de Tiradentes (Inconfidência Mineira), na terça-feira, 21 de abril.

A previsão é da Socicam, empresa que administra estes terminais rodoviários, que diz que vai reforçar as equipes de limpeza, segurança, operação e informação para atender a maior demanda de passageiros.

Os destinos mais procurados são: Belo Horizonte, Angra dos Reis, Rio de Janeiro, Litoral Norte e Interior de São Paulo.

Em nota, a empresa destaca os principais cuidados que devem ser tomados pelos passageiros:

“Para quem pretende deixar a cidade de ônibus, a Socicam recomenda: adquirir a passagem antecipadamente; chegar ao terminal uma hora antes do embarque; identificar as bagagens com nome e telefone para contato; não descuidar das crianças; trazer documentos de todos os passageiros (inclusive das crianças); e, se necessário, procurar um funcionário devidamente identificado, ou ainda, dirigir-se ao balcão de informações para o esclarecimento de eventuais dúvidas. A administradora também orienta que passageiros deem preferência para embarcar no período da manhã ou da tarde, quando o movimento estará mais tranquilo. Crianças menores de doze anos (munidas de documento de identificação) podem viajar acompanhadas dos pais, responsáveis legais, irmãos com mais de 18 anos, avós ou tios de primeiro grau. Caso contrário, precisam de autorização escrita, assinada pelo pai, mãe ou responsável legal, com firma reconhecida.”

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: