BRT de São José dos Campos terá projeto paisagístico de Ruy Ohtake

Ruy Otake

Ruy Ohtake, considerado um dos principais arquitetos do País, vai fazer projeto paisagístico de corredores de ônibus em São José dos Campos. Foto: Antônio Basílio/Prefeitura

BRT de São José dos Campos terá projeto paisagístico de Ruy Ohtake

Arquiteto desenvolveu projetos do Expresso Tiradentes e do Monotrilho da região do Morumbi, na Capital Paulista

ADAMO BAZANI – CBN

Um dos mais renomados arquitetos do País, Ruy Ohtake, vai ser responsável pelo projeto paisagístico do BRT, corredores de ônibus de maior velocidade, de São José dos Campos, no interior de São Paulo. O sistema deve ter 51 quilômetros de extensão.

Anúncio foi feito pela prefeitura nesta quinta-feira, dia 16 de abril de 2015.

Ohtake já elaborou os esboços dos pontos de ônibus, que serão totalmente fechados, com capacidade para abrigar 200 pessoas, sendo na verdade estações.

Os terminais também serão elaborados pelo arquiteto. Uma das metas é criar espaços sustentáveis, que aproveitam o calor do Sol para geração de energia, iluminação natural e evitam desperdício de água.

Além disso, com os corredores de ônibus será possível requalificar o espaço urbano, unindo a utilidade de um sistema de transporte com a sensação de bem estar pelas características paisagísticas.

O Mobi São José, como é chamado o corredor, deve ter ao todo 75 paradas.

Em nota, a prefeitura de São José dos Campos informa que as obras devem começar em dezembro e janeiro. O poder público também destaca as principais característica do Mobi.:

“Prazos

O prazo para a conclusão do projeto básico é 30 de junho, mas Ruy Ohtake afirmou durante a apresentação que deverá antecipar a entrega.

A Fusp – Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo foi contratada para realizar o projeto básico do Mobi e formalizou uma parceria com o arquiteto Ruy Ohtake para desenvolver o trabalho. O início das obras deve ocorrer entre dezembro deste ano e janeiro de 2016.

Mobi

No Mobi, os ônibus vão trafegar em canaleta segregada, com uma extensão aproximada de 51 Km em todas as regiões cidade. Também serão construídas estações que permitam a cobrança externa, para tornar mais rápido o acesso dos passageiros e aumentar velocidade operacional.

O sistema conta ainda com monitoramento centralizado, ônibus com GPS, semáforos inteligentes para passagem preferencial aos coletivos, integração com o sistema de transporte público e informações em tempo real ao usuário. Esse sistema tem sido adotado em cidades de médio porte para o transporte rápido de massa.

Na semana passada, a Prefeitura abriu o edital para a pré-qualificação das empresa interessadas em participar da obra. A entrega dos envelopes pode ser feita até o dia 20 de maio.”

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

1 comentário em BRT de São José dos Campos terá projeto paisagístico de Ruy Ohtake

  1. Amigos, boa noite.

    Nada contra a arquitetura ou projeto paisagístico.

    Mas as verbas para esse BRT devem ser prioritariamente gastas na substituição dos “semáforos inteligentes” por Kit túneis pré fabricados,para que este não seja mais um “PARADOR”.

    Projeto paisagístico não da rapidez que o passageiro e buzão .necessitam, para que todos tenham melhor qualidade de vida e BEM ESTAR.

    Já os Kit´s Túneis pré fabricados darão.

    Acredito que ate o Sr. Ohtake, possa nos salvar dessa, apresentando um projeto de Kit´s Túneis
    que realmente farão a diferença e dará aos munícipes de São José dos Campos um verdadeiro sistema de BRT – BUS RAPID TARNSIT e não como será com semáforos inteligentes”, um sistema BPT – BUS PARADOR TRANSIT.

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: