De olho em mais cidades, BYD patrocina evento que reuniu 500 prefeitos em Brasília

BYD prefeitos

BYD faz apostas fortes em ações para divulgar ônibus elétrico. Com o objetivo de se aproximar de gestores públicos, patrocinou encontro com 500 prefeitos que foram transportados nos veículos em Brasília. Ônibus foram testados em várias cidades. Foto: Divulgação.

De olho em mais cidades, BYD patrocina evento que reuniu 500 prefeitos

Empresa chinesa cedeu três ônibus e três carros movidos a eletricidade. Testes em diversos municípios continuam

ADAMO BAZANI – CBN

A empresa chinesa BYD- Build Your Dreams tem investido pesado em ações de marketing e apresentações de produtos para se firmar no mercado brasileiro de ônibus elétricos.

Além de oferecer veículos para testes em cidades como Florianópolis, Goiânia, São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Palmas, Curitiba, Distrito Federal, Campinas, Sorocaba e Piracicaba, a empresa quis se aproximar ainda mais dos chefes dos executivos municipais.

Para isso, patrocinou o III Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável – EMDS, organizado pela Frente Nacional dos Prefeitos, em Brasília.

Entre os dias 07 e 09 de abril, passaram no evento aproximadamente 500 prefeitos de todo o Brasil, além de secretários e técnicos das administrações municipais.

Um dos principais temas discutidos entre as políticas para o desenvolvimento sustentado foi a mobilidade urbana e a necessidade de mais espaço para as tecnologias menos poluentes no transporte coletivo sobre pneus.

Numa das palestras, o diretor de relações governamentais da BYD, Adalberto Maluf, que já integrou o grupo C 40 (de cidades em todo o mundo que buscam desenvolvimento com respeito ao meio ambiente), apresentou resultados de testes dos ônibus elétricos da empresa.

Toda esta ação de marketing tem uma justificativa. A empresa chinesa deve investir US$ 400 milhões até 2017 em três fábricas no Brasil. A primeira delas, em Campinas, no Interior de São Paulo, deve ficar pronta neste ano e vai montar baterias recarregáveis, painéis solares e ônibus elétricos fabricados na China. Entre 2016 e 2017 devem ser inauguradas outras duas plantas que vão produzir em território nacional chassis de ônibus e células de bateria.

O Brasil produz há mais de 30 anos ônibus com tecnologia limpa. A Eletra, pertencente ao Grupo Viação ABC/Metra, de São Bernardo do Campo, fabrica trólebus, ônibus elétricos híbridos e testa um ônibus que depende somente de bateria em parceria com a japonesa Mitsubishi.

Em 2012, a Volvo em Curitiba passou a fabricar ônibus elétricos híbridos nacionais, com base em tecnologia desenvolvida na Suécia.

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

6 comentários em De olho em mais cidades, BYD patrocina evento que reuniu 500 prefeitos em Brasília

  1. Ola! tudo bem? queria lhe sugerir meu blogue, uma variação sobre o mesmo tema. Talvez lhe interesse. elaandavadeonibus.wordpress.com. Dá uma olhadinha! abraços, Constança

  2. Amigos, boa noite.

    “E a indústria nacional que se ExxxxxxxxxxxxxxxxxxxxPLoooooooooooooooooooDa.

    Já fizeram isto com a Gurgel, lembram ?

    Evento perdido, nenhum dos 500 não sabe nem gerir sistema com “Cabritinho Diesel”, quem dirá elétrico total.

    Rsssssssssssssssssssss .

    Lamentáaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaavellllll

    Att,

    Paulo Gil

  3. Sempre com Palavras Sábias, Paulo Gil!!

  4. O próximo passo é a terceirização dos serviços!

  5. É sempre bom ler informações assim interessantes todos os dias, publicadas pelo Adamo e o Paulo Gil, além dos demais amigos. Sempre aprendo um fato interessante novo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: