Prefeitura de Londrina quer dar desconto em ônibus fora do pico

ônibus

Ônibus em Londrina. Prefeitura apresenta projeto que dá desconto na tarifa para quem usar o transporte público fora do horário de pico. Foto: Adamo Bazani.

Prefeitura quer dar desconto de R$ 0,30 em ônibus de Londrina fora do horário de pico
Objetivo é aumentar demanda do transporte coletivo, atraindo quem tem o hábito de se deslocar somente de carro
ADAMO BAZANI – CBN
O prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, deve enviar nesta semana à Câmara Municipal projeto de lei que cria zonas tarifárias no transporte público.
Entre as ideias é conceder desconto de aproximadamente 10% do valor da tarifa para quem utilizar os ônibus fora dos horários de pico, tanto da manhã como do final de tarde. Como o atual valor da passagem é de R$ 2,95, o desconto seria em torno de R$ 0,30.
A proposta é elaborada pelo executivo municipal desde 2013.
Na versão do prefeito, o desconto teria efeitos positivos como atrair maior demanda para o transporte público, em especial das pessoas que costumeiramente usam apenas carros e motos para se deslocar, mas poderiam começar a ter hábito de utilizar o transporte coletivo, inicialmente nos horários de menor movimento. Também poderia, na visão do chefe do executivo, contribuir para uma diminuição da lotação dos ônibus nos horários de maior movimento.
Outra consequência positiva que é aposta do prefeito é em relação ao financiamento do sistema: O valor menor cobrado fora dos horários de pico seria compensado por uma demanda maior de passageiros.
Os horários cujos passageiros teriam desconto, de acordo com a proposta, são entre 08h30 e 11h30, e das 14h00 às 17h00.
Não haveria diferenciação para obter o abatimento entre passageiros que pagam pela bilhetagem eletrônica ou com dinheiro.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

1 comentário em Prefeitura de Londrina quer dar desconto em ônibus fora do pico

  1. Amigos, boa noite.

    É uma lógica ou ilógica, loka.

    Para viajar apertado, o passageiro paga mais caro.

    Só no buzão mesmo !

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: