Cerca de 50 mil estudantes já foram cadastrados para gratuidade na EMTU

ônibus EMTU

Ônibus metropolitano. Benefício só começa dia 30. Cerca de 50 mil estudantes já foram cadastrados. Foto: Adamo Bazani.

Cerca de 50 mil estudantes já foram cadastrados para passe livre nos ônibus metropolitanos de São Paulo
Dados são da EMTU e cadastramento foi feito pelas instituições de ensino
ADAMO BAZANI – CBN
O governo do Estado de São Paulo informou nesta sexta-feira que a Passe Livre Estudantil nos ônibus gerenciados pela EMTU- Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos só passará a valer a partir do dia 30 de março, uma segunda-feira.
No metrô e nos trens da CPTM, o benefício já está em vigor, se limitando a 48 viagens por mês ou a duas por dia, para o caso dos estudantes que frequentam a instituição de ensino de segunda a sexta-feira.
O passe livre no transporte sobre pneus só vai ser aceito nos ônibus metropolitanos com as cores da EMTU na Grande São Paulo, região metropolitana de Campinas, Baixada Santista e Vale do Paraíba. A gratuidade também é para estudantes que usam os ônibus e trólebus da Metra, no Corredor Metropolitano ABD.
As instituições de ensino já estão realizando os cadastros dos alunos que têm direito à gratuidade no link restrito dentro da página da EMTU.
De acordo com o governo do Estado, 49 mil e 83 cadastramentos foram realizados sendo:
– Grande São Paulo: 44.280
– Campinas: 2.007
– Baixada Santista: 1.851
– Vale do Paraíba / Litoral Norte: 945
Têm direito ao passe-livre os seguintes estudantes:
– alunos matriculados na rede pública do ensino básico e médio, independentemente da renda;
– estudantes matriculados na rede de escolas estaduais de tecnologia, desde que o curso corresponda ao ensino médio;
– estudantes do nível superior de rede pública que comprovem renda familiar por pessoa de até 1,5 salário-mínimo nacional.
– estudantes de instituições privadas de ensino superior com renda familiar per capita de até 1,5 salário-mínimo e que contam com programas como ProUni, Fies ou estão em citas sociais e raciais.
COMO OBTER O PASSE LIVRE ESTUDANTIL:
De acordo com nota do Governo do Estado, devem proceder da seguinte maneira para obter o passe-livre:
– procurar sua instituição de ensino para fazer o cadastro e solicitar o cartão que dará direito ao passe livre;
– a área restrita às escolas no portal da EMTU/SP (www.emtu.sp.gov.br) já está habilitada a receber o cadastro dos estudantes que têm direito ao benefício e que será enviado pelos estabelecimentos de ensino;
– os alunos habilitados têm acesso, no portal da EMTU/SP, ao formulário de solicitação do benefício e ao boleto no valor de R$ 17,50 a ser pago na rede bancária;
– após o pagamento, o aluno deverá entregar a documentação exigida – relacionada no portal – ao estabelecimento de ensino, que encaminhará à EMTU. Validada a documentação, a EMTU/SP emitirá o benefício e o encaminhará de volta à escola, onde o passe livre será retirado pelo estudante.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: