Rompimento de cabo em Barueri prejudica recarga de Bilhete Único em São Paulo

ônibus

Bilhete Único de São Paulo. Rompimento de cabo de fibra ótica impediu recarga nesta manhã

Falha impossibilita recarga do Bilhete Único em São Paulo
Segundo SPTrans, rompimento de cabo onde fica o DataCenter do sistema motiva o problema
ADAMO BAZANI – CBN
Desde as cinco horas da manhã desta terça-feira, dia 10 de março de 2015, passageiros que precisam recarregar o Bilhete Único de São Paulo em 29 terminais de ônibus municipais e postos da SPTrans não estavam conseguindo realizar a operação.
Isso gerou longas filas e revolta na população.
Em nota, a SPTrans diz que o serviço vai ser normalizado aos poucos, logo mais a partir das 11 horas e atribuiu o problema ao rompimento de um cabo de fibra ótica em Barueri, onde fica o Data Center do sistema:
“A SPTrans informa que o sistema de carga /recarga da rede de Bilhete Único, não está operando nos postos e terminais desde as 05h00 desta terça-feira( 10/03). O motivo foi o rompimento de um cabo fibra ótica na região de Tamboré, em Barueri onde está instalado o Data Center. O restabelecimento do serviço de carga/recarga está previsto para as 11h00.A SPTrans está informando aos usuários pelo serviço de som dos 29 terminais de ônibus municipais sobre o problema.”
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

2 comentários em Rompimento de cabo em Barueri prejudica recarga de Bilhete Único em São Paulo

  1. Amigos, boa noite.

    Inacreditavel umz metropole do porte de Sampa ficar a merce de um unico cabo.

    Nao tem um back up, um no break, uma central em paralelo ??????

    Quem tem um nao tem nenhum, e igual montar um hospital e nao colocar gerador, se acabar a luz pacientes graves e em centros cirurgicos vao a obtido.

    Bom, a obito o buzao de Sampa ja foi faz tempo.

    E o Bilhete Unico do Cabo Unico.

    Isso em 2015 …

    Att,

    Paulo Gil

    • Complementando.

      Se faz necessario criar o Codigo de Defesa do Cidadao Eleitor e Contribuinte.

      Nao se esquecam que pagamos para que trabalhem e direito, com impostos, tarifas, taxss e outras cobrancas de nomes variados, que nada mais sao do qud impostos.

      Bem como a deseleicao ou desvotamento.

      Att,

      Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: