Obras do corredor Cidade Jardim aumentam em 73% a velocidade dos ônibus, diz SPTrans

Ilustração do trecho 3 do Corredor Cidade Jardim. Fonte SPTrans

Ilustração do trecho 3 do Corredor Cidade Jardim. Fonte SPTrans

Obras do corredor Cidade Jardim aumentam em 73% a velocidade dos ônibus

Via exclusiva para circulação de coletivos beneficia 231 mil usuários do transporte público e melhora o trânsito na região . No novo eixo, os ônibus já trafegam a 13,7 km/h .

A Secretaria Municipal de Transportes, por meio da SPTrans, entregou nesta quinta-feira, 19 de fevereiro, as obras do corredor exclusivo de ônibus da Avenida Cidade Jardim. O novo eixo, de 700 metros de extensão, liga a Avenida Brigadeiro Faria Lima à Ponte Roberto Zucollo, integrando-se ao corredor Nove de Julho. São beneficiadas 231 mil pessoas que utilizam as 20 linhas de ônibus que circulam no trecho.

O investimento foi de R$ 8 milhões e a velocidade dos ônibus passou de 7,9 quilômetros por hora para 13,7 quilômetros por hora na pista de sentido bairro-Centro da Avenida Cidade Jardim, no horário de pico da manhã, significando um ganho de 73% na velocidade.

Com a finalização dessa obra, entregue nesta manhã pelo prefeito Fernando Haddad e pelo secretário de Transportes, Jilmar Tatto, São Paulo recebe mais 2 km de corredores, considerando todo o trajeto agora concluído e formado pelos corredores Cidade Jardim e a extensão do Nove de Julho. No momento, a capital conta com 121,3 km de vias exclusivas para coletivos situados à esquerda das vias.

Características
Todo o piso do corredor foi construído em concreto, o que proporciona maior vida útil, menor necessidade de manutenção e aumenta a segurança e o conforto. Também foram implantadas duas novas paradas para o acesso de passageiros.

Operação Assistida

Além de beneficiar diretamente os usuários do transporte público na região, os motoristas de carros particulares sentirão efeitos positivos no trânsito, tendo em vista que o fluxo de veículos estará mais organizado com os coletivos circulando à esquerda na via.

Nos próximos dias, a SPTrans fará uma operação assistida no novo trajeto. Isto significa que haverá, por exemplo, acompanhamento do tráfego e da operação dos ônibus, verificado os cuidados com o embarque e desembarque dos passageiros e o funcionamento da sinalização. A medida tem como objetivo providenciar imediatos ajustes operacionais, caso seja necessário.

Assessoria de Imprensa – SPTrans

2 comentários em Obras do corredor Cidade Jardim aumentam em 73% a velocidade dos ônibus, diz SPTrans

  1. Amigos, boa noite.

    Esse trecho movo eu nem sania que estava em obras.

    Vi o primeiro trecho funcionou, ficou show.

    Att,

    Paulo Gil

  2. Élio J. B. Camargo // 23 de fevereiro de 2015 às 11:24 // Responder

    O trecho que já não tinha integração com a CPTM, continua sem. Se a opção é por transporte coletivo, das 9 faixas de rolamento, poderiam ter utilizado pelo menos uma para criar um ponto de acesso à passarela existente. Na outra ponta não há integração com as linhas da Faria Lima. Pelo contrário, além de afastarem mais o ponto (para a cidade) que estava perto, ficou mais longe. O outro (para o bairro), ficou lá na esquina da Mario Ferraz, com prejuizo aos usuários de integração (descer de uma linha para pegar outra). Na conexão com a Nove de Julho, há um sério conflito na troca de faixas, que atrapalha o fluxo. Nesta, deveriam fazer uma faixa zebrada, disciplinando a circulação, com sinalização para preferência no cruzamento dos coletivos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: