Terminais Tietê e Barra Funda terão campanha contra a dengue e a Chikungunya

dengue

Mosquito Aedes Aegypti. Além de transmitir a dengue, também é responsável pela febre Chikungunya. Viajantes estão mais expostos por causa de mudanças de hábitos e visitas a locais onde há condições mais propícias para o desenvolvimento e proliferação do animal.

Terminais Tietê e Barra Funda terão campanha contra a dengue e a Chikungunya
Serão distribuídos folhetos com orientações. Boa parte dos contágios ocorre em viagens
ADAMO BAZANI – CBN
Devido ao crescente número de casos de dengue em todo o País e pelo fato de o mosquito Aedes Aegypti também ser transmissor da febre Chikungunya, várias ações são tomadas para que as pessoas evitem potenciais criadouros do mosquito e também fiquem alertas aos primeiros sintomas.
Nesta época do ano, cujas condições climáticas favorecem a proliferação do Aedes Aegypti, com calor e chuvas provocando poças de água, os cuidados devem ser redobrados ainda mais para quem viaja.
Isso porque, muitas vezes a pessoa faz a lição de casa certinho: evita formação de água parada, fecha as caixas d’água e se desfaz ou protege garrafas, pneus, móveis, telhas e outros objetos que podem se transformar em criadouros. Mas no destino para onde vão, vários destes cuidados são esquecidos, além de serem regiões mais quentes.
Assim, orientar os viajantes é fundamental.
A Socicam, empresa que administra e opera rodoviárias em boa parte do País, Coordenação de Vigilância em Saúde (Covisa), SUS – Sistema Único de Saúde e a Prefeitura de São Paulo realizam uma campanha de distribuição de folhetos informativos e orientações nos terminais rodoviários da Barra Funda, na zona Oeste de São Paulo, e do Tietê,na zona Norte.
De acordo com a assessoria de imprensa da Socicam, “no Terminal Barra Funda, o folheto será disponibilizado no balcão de informações. Já no Terminal Rodoviário Tietê, agentes da SUVIS Santana farão a distribuição do material em vários pontos do Terminal, nos dias 11, 12, 19 e 20 de fevereiro, das 9 às 14 horas. Vale o alerta para as pessoas que forem viajar neste verão, já que, de acordo com o Ministério da Saúde, o aumento de casos da doença nesta época do ano é devido aos fatores climáticos favoráveis a proliferação do mosquito da Dengue. Caso perceba sintomas como febre alta; fraqueza, dor intensa no corpo ou nas juntas; manchas vermelhas pelo corpo e dor de cabeça ou no fundo dos olhos, tentar se automedicar é muito perigoso. A recomendação é procurar imediatamente uma das unidades de saúde.”
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

1 Trackback / Pingback

  1. ARTIGO: Plano Municipal de Mobilidade e Reorganização das Linhas, a população tem que participar!!! | Nosso transporte público

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: