Cartão BOM não pode ser recarregado por celular temporariamente

BOM

Ônibus intermunicipal, onde é aceito Cartão BOM. Aplicativo de recarga pelo celular está fora do ar a pedido da Autopass. Não há previsão para retorno. Também não há previsão para a empresa começar a emitir o BOM Senior para passageiros com idades entre 60 e 64 anos. Mesmo assim, gratuidade é válida e empresas de ônibus não podem negar transporte. Foto: Adamo Bazani

Aplicativo de recarga para o Cartão BOM está sem serviços temporariamente
Ainda não há previsão de retorno da possibilidade de carregar os créditos pelo celular. Cartões não estão com problemas
ADAMO BAZANI – CBN
Passageiros de ônibus intermunicipais de São Paulo e dos ônibus e trólebus da Metra, que presta serviços no Corredor Metropolitano ABD, não podem mais, temporariamente, fazer as recargas dos créditos do Cartão BOM pelo celular.
A Rede Ponto Certo informou que o serviço foi tirado do ar a pedido da Autopass, que é a empresa administradora do Cartão BOM.
O serviço deve retornar, mas sem previsão.
Quem atualmente tente fazer a recarga pelo celular vê uma mensagem na tela ao encostar o bilhete no aparelho com tecnologia NFC informando que o cartão não foi reconhecido.
Mas o problema não está com o cartão que continua sendo lido normalmente nas catracas dos terminais, ônibus e trólebus metropolitanos.
As recargas podem ser feitas nas lojas do cartão BOM em Arujá, Guarulhos, Osasco, São Bernardo do Campo, São Paulo, Suzano e Taboão da Serra.
Para consultar os endereços das lojas, o site é:
https://www.cartaobom.net/lojas.aspx
O aplicativo foi colocado no ar no início de novembro.
SEM PREVISÃO PARA IDOSOS TAMBÉM:
Passageiros com idade entre 60 e 64 anos, independentemente de ser homem ou mulher, têm desde o dia 07 de julho deste ano direito de usar gratuitamente os ônibus intermunicipais gerenciados pela EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos e os serviços da Metra .
A Lei 15.187 foi sancionada em outubro de 2013, mas só foi regulamentada em 02 de julho de 2014 pelo governador Geraldo Alckmin.
O fato de a empresa Autopass não adaptar o Cartão BOM para estes passageiros, o que deve ocorrer somente em 2015, não impede a aplicação da lei e os usuários com idades entre 60 e 64 anos continuam com direito à gratuidade.
Basta apresentar o RG para o motorista, cobrador ou agente de terminal.
Se a viação se negar o transporte gratuito, deve ser denunciada à EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos.
O telefone da EMTU é: 0800 724 05 55. O atendimento é de segunda-feira a sexta-feira das 7 horas às 19 horas.
O passageiro deve informar os seguintes dados:
– Número do ônibus ou local da catraca do terminal que foi negado o embarque.
– Nome da empresa de ônibus.
– Linha Utilizada
– Sentido da Viagem
– Horário da negativa do transporte.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

1 comentário em Cartão BOM não pode ser recarregado por celular temporariamente

  1. Boa noite!

    Esse tal Cartão BOM (nem deveria se chamar assim) é uma verdadeira piada!! não tem integração e nem vantagens, a não ser o fato de que não precisa pagar a passagem com dinheiro. Eu mesmo vou pra Embu das Artes quase todo fim de semana e nunca usei e nunca vou usar, a menos que o Sr. Alckmin faça algo pela população e faça esse cartão ter integração!

    Não precisa padronizar os valores de todas as cidades, eu entendo que isso é difícil. Mas o cabra às vezes precisa pegar duas conduções pra ir pro trabalho ou estudare mais duas pra voltar, e não tem integração ou gratuidade na segunda viagem.

    Absurdo!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: