Toda a frota de ônibus no País deveria ser acessível a partir de hoje

ônibus acessíveis

Por lei, toda a frota de ônibus no País deveria ser acessível a partir desta quarta-feira. Mas empresas não cumprem determinação. Foto: Adamo Bazani

Empresas de ônibus não cumprem lei que determina todos veículos adaptados
Artigo, no entanto, dá brecha para que a renovação seja gradual de acordo com os contratos assinados
ADAMO BAZANI – CBN
Terminou nesta quarta-feira, dia 03 de dezembro de 2014, o prazo para que todas as empresas de ônibus de linhas urbanas municipais e intermunicipais, suburbanas e rodoviárias, disponibilizem todos os veículos com acessibilidade.
A lei entrou em vigor em 2004 e dava o prazo de dez anos para que toda a frota nacional dispusesse de equipamentos como rampas móveis ou elevadores. No caso dos rodoviários, mesmo sendo considerada desconfortável, a cadeira de transbordo, na qual o passageiro com mobilidade reduzida é colocado e levado pelo motorista e agentes do terminal até dentro do ônibus, também é aceita.
Mas as empresas de ônibus não cumpriram esta determinação legal e hoje quem possui algum tipo de deficiência física e precisa usar cadeira de rodas ou tem qualquer dificuldade para se locomover sofre na maior parte das cidades.
De acordo com levantamento do Jornal Nacional com as gerenciadoras locais de transportes, várias capitais não cumprem a lei.
No Rio de Janeiro, 76% dos ônibus municipais têm equipamentos de acessibilidade. Em Belo Horizonte, são 89%. Em são Paulo, 75% dos ônibus têm os dispositivos e no Recife, são 66%.
A ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres informou que apenas pouco mais da metade das linhas interestaduais têm ônibus acessíveis. A agência pretendia fazer uma licitação no sistema desde 2008, mas depois de resistência dos empresários, recuou e em 2015 vai apresentar um novo modelo que concede as linhas individualmente.
Um artigo da lei, no entanto, dá uma brecha para o não cumprimento do prazo. Isso porque permite que as empresas renovem a frota de acordo com o vencimento dos contratos de permissão e concessão.
Mas vale ressaltar que algumas empresas não deveriam contar nem com esta brecha, já que simplesmente não cumprem mesmo a lei.
Desde 2008, todos os ônibus saem de fábrica com equipamentos de acessibilidade.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

4 comentários em Toda a frota de ônibus no País deveria ser acessível a partir de hoje

  1. Sergio Santo André // 3 de dezembro de 2014 às 12:15 // Responder

    Pois é Adamo, inclua-se nessa lista, as sucatas que estão rodando na linha TR-101 Terminal Vila Luzita x Estação de Santo André. Se não existe acessibilidade descente nem prá nós passageiros comuns, imagine para quem é portador de necessidades especias…

    • Sergio Santo Andre, boa noite.

      Desde os tempos da Viacao Santa Rita (azul claro e bege), essa linha e operada com sucata, creio que por baixo 30 anos.

      Aqui no Brasil, nem os problemas mudam, sao sempre os mesmo.

      Abcs,

      Paulo Gil

  2. É uma pena que as empresas não tenham cumprido este prazo.
    Por falar em acessibilidade,hoje presenciei um fato lamentável,um Sr de 67 anos,com duas sacolas cheias de compras,deu sinal pra um Onibus da Viação MIRACATIBA de numero 15360,que faz a Linha Terminal Metrô Capão Redondo- Jardin CINIRA (Itap da Serra) parar as 9:35,em frente o Ponto do Jardim Santo Eduardo,sentido Itapecerica da Serra.
    Este Motorista,hávia parado pra que dois passageiros decessem e este Sr solicitou ao Motorista que abrisse a Porta Traseira,pois estava com duas Sacolas e quando se dirigiu a Porta Traseira o Motorista Fechou as Portas e foi embora,num desrespeito inclivel,deixando o Sr no Ponto.
    Conversei com ele e o Senhorzinho me disse que era a segunda vez que aquele Motorista procedia desta maneira .
    Acho uma atitude lamentável por parte deste Motorista,pois o Sr alem da Idade que era evidente,estava com o RG nas mãos e também com o Cartão BOM SÊNIOR,que lhe garante gratuidade no Transporte Coletivo de SP !
    Lembro que os Motoristas e Cobradores desta empresa não permitem que pessoas entre 60 e 64 anos usem o Transporte Coletivo Gratuitamente,como manda a LEI aprovada em Outubro de 2013 e só autorisam o ingresso gratuito de pessoas que já completaram 65 anos,como era o caso deste Senhor de 67 anos,deixado no Ponto,por irresponsábilidade deste Motorista !

  3. Amigos, boa noite.

    O unico cidadao que tem de obdecer as leis e o contribuiente.

    Para os demais….

    Lei que lei ????????

    Nao sabemos de nada….

    E assim caminha a PIZZA.

    Ja que nao se obdece nada, seria mais elegante, acabar com as leis, afinal se nao sao cumpridas e muito menos fiscalizada seu cumprimento, nada serve pra nada.

    Melhor parar de fazer inutilidade.

    OBS.: Sou a favor da acessibilidade, mas com redpeito a quem dela necessita.

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: