Consórcios assinam contratos para novo sistema em Salvador

ônibus

Ônibus em Salvador. Consórcios assinaram contratos para a operação de novo modelo de transporte.

Consórcios assinam contrato para novo sistema de transportes em Salvador
Até dezembro serão colocados 630 novos veículos no sistema que foi dividido em três lotes
ADAMO BAZANI – CBN
Os consórcios Plataforma, Ótima e Salvador Norte vencedores da licitação dos transportes de Salvador assinaram nesta quinta-feira, dia 23 de outubro de 2014, o contrato de concessão para o novo sistema integrado da capital baiana.
O Sistema de Transporte Coletivo de Salvador (STCO) terá o novo modelo de serviços colocado em prática já a partir de janeiro de 2015, quando a tarifa passa a ser de R$ 2,80. Os reajustes serão anuais com base no IPC-A –Índice de Preços ao Consumidor Amplo. Este sistema também terá integração com os serviços de metrô.
Entre os ônibus, o passageiro terá três horas para pegar outro coletivo pagando metade do valor da tarifa na segunda condução. Hoje este prazo é de duas horas.
Até o final de dezembro serão colocados no sistema 630 ônibus novos, com equipamentos de acessibilidade para portadores de mobilidade reduzida e motorização que segue os atuais padrões de restrição à emissão de poluentes. Os ônibus também contarão com equipamentos de GPS. Uma central de monitoramento será usada para acompanhar os serviços e dados como localização dos ônibus, trajetos, horários e previsão de chegada ao ponto poderão ser consultados pela internet, seja por computador convencional ou por aplicativos para celulares, pelos passageiros.
A divisão do sistema será em três lotes:
– Subúrbio: região atendida pelo Consórcio Plataforma, formado pelas empresas Praia Grande, Axé, Boa Viagem e Joevanza. A cor dos ônibus será amarela. A outorga paga pelas empresas foi de R$ 35 milhões 480 mil.
– Centro ou “miolo” de Salvador: área atendida pelo Consórcio Ótima, formado pelas empresas São Cristóvão, Expresso Vitória, Modelo, RD, Transporte Sol, Triunfo, União e Unibus Bahiax. Os ônibus serão de cor verde. A outorga paga pelas empresas foi de R$ 86 milhões 377 mil.
– Orla: região operada pelo Consórcio Salvador Norte composto pelas empresas BTU, ODM, Verde Mar e Viação Rio Verde. A cor dos ônibus será azul. A outorga para operação foi de R$ 57 milhões 899 mil.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: