Corredor Norte-Sul recebe mais 500 metros de faixas para táxis e ônibus

táxis

Táxis no Corredor Norte-Sul que nesta segunda-feira recebe mais 500 metros de faixas compartilhadas entre táxis e ônibus. Foto: Hermann Wecke/Estadão Conteúdo

Corredor Norte-Sul ganha mais 500 metros de faixa para táxis ônibus
Operação vai ser no sentido centro em praticamente o dia todo
ADAMO BAZANI – CBN
O corredor Norte-Sul, na Capital Paulista, recebe nesta segunda-feira, dia 20 de outubro de 2014, mais 500 metros de faixas compartilhadas para táxis e ônibus.
A operação é no sentido centro, de segunda a sexta-feira, das 6 horas da manhã às 10 horas da noite, à direita do fluxo.
Na avenida 23 de maio, o espaço para táxis e ônibus no sentido centro fica entre 50 metros antes da Rua Dr. Astolfo Araújo e a Rua Victor Brecheret.
Já no sentido centro da avenida Washington Luís, a faixa fica entre a alça de saída para a Avenida dos Bandeirantes e a Avenida Miruna.
Pelas duas avenidas, no sentido centro, passam por dia 383 mil passageiros de ônibus em 44 linhas municipais, segundo a CET – Companhia de Engenharia de Tráfego.
A CET não soube precisar quantos passageiros os táxis atendem na região destas novas faixas.
Com este novo trecho, a cidade de São Paulo passa a ter 465 quilômetros e 800 metros de faixas compartilhadas entre táxis e ônibus. Somente desde janeiro de 2013, foram criados 360 quilômetros e 800 metros. Anteriormente, a cidade de São Paulo tinha aproximadamente 105 quilômetros de faixas.
As faixas que antes eram somente para o transporte coletivo passaram a ser compartilhadas em 13 de setembro de 2014, uma semana após visita da presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição, a lideranças de taxistas em São Paulo, no dia 06 de setembro. De acordo com a prefeitura de São Paulo, são cerca de 35 mil motoristas de táxis que transportam por dia 500 mil passageiros. A cidade conta com 15 mil ônibus municipais que atendem a aproximadamente 6 milhões de pessoas por dia, contando as integrações com os trens da CPTM e o Metrô.
Até então, o prefeito Fernando Haddad e o secretário municipal de transportes, Jilmar Tatto, defendiam a exclusividade dos ônibus nas faixas.
Estudos da CET – Companhia de Engenharia de Tráfego, SPTrans – São Paulo Transporte e por uma empresa independente divulgados em março deste ano sobre os corredores que ficam à esquerda do fluxo mostraram que a presença dos táxis nos espaços reduz a velocidade do transporte coletivo em cerca de 25%, sem poder parar para embarcar e desembarcar passageiros.
Nas faixas, os táxis podem parar para realizar o embarque e desembarque. Mesmo assim, segundo estudo da prefeitura divulgado um mês depois da liberação nas faixas, a presença destes carros não prejudica a velocidade dos ônibus. Ver matéria no link: http://blogpontodeonibus.wordpress.com/2014/10/13/estudo-da-cet-diz-que-velocidade-dos-onibus-melhorou-com-taxis-nas-faixas/
O promotor de habitação e urbanismo do Ministério Público do Estado de São Paulo, Maurício Ribeiro Lopes, vai analisar juntamente com técnicos independentes da prefeitura este estudo.
Ele diz estranhar a diferença entre os resultados dos levantamentos sobre o impacto dos táxis na velocidade comercial dos ônibus nos corredores e nas faixas.
Maurício Ribeiro Lopes declarou à Rádio CBN, um dia depois do anúncio da liberação, que não descarta que a medida anunciada pela prefeitura tenha motivação política e disse que pode entrar na Justiça para que a circulação de táxis volte a ser proibida pelas faixas de ônibus.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

6 comentários em Corredor Norte-Sul recebe mais 500 metros de faixas para táxis e ônibus

  1. O táxi é um equipamento ou instrumento exclusivo da profissão de taxista. É um transporte público porque há atividade econômica diferente do carro particular que não presta nenhum tipo de serviço público ou privado. Taxista é autônomo, exerce profissão privada e presta serviço privado de transporte individual de passageiros.

    Ordem dos Taxistas do Brasil.

  2. Do que adiana se o mais importante foi cancelado o corredor de ônibus,piada táxi rodar em corredor em nenhum outro estado ou país existe isso,nas faixas até é viável mais corredor é piada.

  3. Do que adianta se o mais importante foi cancelado o corredor de ônibus,piada táxi rodar em corredor em nenhum outro estado ou país existe isso,nas faixas até é viável mais corredor é piada.

  4. Q LEGAL NÉ PREFEITO?? ALÉM DE NÃO FAZER P…NENHUMA DE CORREDOR DE ÔNIBUS MESMO, DE VERDADE, NO “EIXO NORTE-SUL” , ESTILO BRT MESMO…UM TRANSMILENIO DO BRASIL…AINDA FAZ AS MESMAS COISAS “ZÉ POVINHO” Q SEUS ANTECESSORES FIZERAM! OS TAXISTAS TEM Q GANHAR A VIDA, É FATO, ASSIM COMO TODOS NÓS! MAS TAXIA É COISA DE GENTE RICA OU Q TEM ALGUM DINHEIRO SOBRANDO…ÔNIBUS É PRA TODOS! COMO A PROPRIA PALAVRA Q VEM DO LATIM…NOS POUPE PREFEITO! O SR. E SUAS FAIXAS A DIREITA! E POR ENQUANTO, ENTRE AS AREAS 1 E 2, O NICO CORREDOR Q, CREIO EU, ESTÁ SENDO REFORMADO E READEQUADO, COISA Q A SUA AMIGA MARTAXA E SEUS ANTECESSORES SACANAS E PILANTRAS NÃO FIZERAM…É O INAJAR DE SOUZA!

  5. O corredor da Inajar e Rio Branco precisavam de reforma ha tempos,pois só tinham piso concretado nas paradas o resto era asfalto comum,mais o Haddad esta fazendo muito mais que o Kassab fez na gestão inteira mesmo não conseguindo prosseguir com o corredor da 23 de meio e Celso Garcia,pois tem muitos empecilhos do TCM,licenças ambientais e etc que faz demorar mais,porém pelo menos vão começar as obras que finalmente saíram do papel do corredor Radial Leste,Aricanduva e Vila Carrão,isso já foi uma vitória pra população aqui da ZL.

  6. Adamo uma sugestão seria uma boa após comentarmos dar pra corrigir o texto porque quando eu erro fica ruim,como nesse caso do que enviei agora,abraços.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: