Grande Vitória deve ter 567 ônibus novos até o final do ano, prometem empresas

ônibus

Ônibus do sistema da Grande Vitória. Sindicato das empresas anuncia a colocação até o final do ano de 567 novos veículos no transporte urbano e investimentos em modernização da venda de créditos da bilhetagem eletrônica.

Grande Vitória deve ter 567 ônibus novos até o final do ano, prometem empresas
Além de frota nova, sistema deve Recber no período R$ 170 milhões em inovações como a ampliação da rede de vendas de créditos de bilhetagem e sistema de reconhecimento facial pata evitar fraudes
ADAMO BAZANI – CBN
O sistema de transportes da Grande Vitória, no Espírito Santo, deve receber até o final do ano 567 ônibus zero quilômetro, dos quais 548 do tipo convencional, 17 articulados e dois micro-ônibus, todos com elevadores para cadeira de rodas.
O anúncio foi feito nesta terça-feira, dia 23 de setembro de 2014, pela presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitória (GVBus), Simone Chieppe, ao anunciar investimentos para o que ela chamou de “Novo Transcol”.
Desde agosto está em vigor um novo contrato de concessão após processo licitatório.
São dois consórcios formados basicamente por empresas que já atuavam na região:
O Consórcio Atlântico Sul, responsável pela área litorânea, incluindo Vila Velha, Vitória e parte da Serra, é formado pelas empresas Praia Sol, Serramar, Vereda, Santa Paula e Serrana para as quais foi designada a operação de 813 ônibus em 166 linhas.
Já o Consórcio Sudoeste tem atuação na área continental, abrangendo as cidades de Cariacica, Viana, Vitória e região oeste da Serra. São 157 linhas com 845 ônibus.
Além da frota nova, a presidente do GVBus prometeu até o final do ano investimentos na ordem de R$ 170 milhões para modernizar o sistema.
Entre as ações previstas está a implantação de um sistema de reconhecimento facial nas catracas dos ônibus e terminais para combater fraudes no uso de gratuidades como para idosos. Hoje, ao menos oito cartões são bloqueados mensalmente por causa de uso indevido.
O sindicato dos empresários também anunciou lojas de atendimento nos terminais de ônibus com nova configuração. O primeiro a receber uma unidade é o Terminal de Jacaraípe.
Uma parceria com redes de estabelecimentos comerciais, como farmácias e supermercados, deve também ser concluída neste ano para a venda de créditos de passagens.
Também está previsto o lançamento do Cartão Turista, uma espécie de bilhete pré-pago que permite a compra de créditos de maneira individual e para pouco uso.
O GVBus disse que, conforme previsto no contrato de concessão, vai participar da implantação de sistemas de BRTs – corredores de trânsito rápido para ônibus, projeto de mobilidade do governo do estrado para a região da Grande Vitória.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: