OUÇA A ENTREVISTA – Promotor deve entrar na Justiça contra liberação de táxis em faixas de ônibus

ônibus

Ônibus em faixa que era exclusiva para o transporte coletivo. Ministério Público de São Paulo quer explicações da prefeitura e pode entrar na justiça contra a medida. Foto: Adamo Bazani.

OUÇA A ENTREVISTA DO PROMOTOR MAURÍCIO RIBEIRO LOPES:

http://cbn.globoradio.globo.com/sao-paulo/2014/09/13/MP-VAI-EXIGIR-EXPLICACOES-DA-PREFEITURA-DE-SP-SOBRE-LIBERACAO-DOS-TAXIS-NAS-FAIXAS-DE.htm

SUGESTÃO DE CABEÇA:
Ministério Público vai exigir explicações da prefeitura de São Paulo sobre a liberação dos táxis nas faixas de ônibus. Se a administração não responder os questionamentos, a promotoria deve entrar na Justiça para exigir a volta da proibição da circulação dos taxistas nos espaços para o transporte coletivo
Texto:
OUÇA A ENTREVISTA DO PROMOTOR MAURÍCIO RIBEIRO LOPES:

http://cbn.globoradio.globo.com/sao-paulo/2014/09/13/MP-VAI-EXIGIR-EXPLICACOES-DA-PREFEITURA-DE-SP-SOBRE-LIBERACAO-DOS-TAXIS-NAS-FAIXAS-DE.htm

O promotor de Habitação e Urbanismo, Maurício Ribeiro Lopes, que participou dos estudos sobre os impactos da circulação de táxis sobre o desempenho dos ônibus nos corredores exclusivos disse que não foi comunicado pela prefeitura sobre a decisão que permite os trabalhos dos taxistas nas faixas para os coletivos que ficam à direita.
Na época, os estudos mostravam que os táxis nos corredores, mesmo sem paradas para embarque e desembarque, reduziam em até 25% a velocidade dos coletivos.
Agora, a prefeitura diz que os táxis nas faixas, mesmo podendo embarcar e desembarcar passageiros, não trazem prejuízos ao desempenho dos ônibus. Na opinião do promotor, isso representa um contrassenso e a medida pode ser política
SONORA MAURÍCIO RIBEIRO LOPES
Nesta segunda-feira, ele vai pedir para ter acesso aos estudos da prefeitura sobre a liberação. Se o poder público não entregar os levantamentos em 48 horas, o promotor diz que pode acionar a Justiça, inclusive com base na lei da mobilidade urbana
SONORA MAURÍCIO RIBEIRO LOPES
A circulação dos taxistas pelas faixas de ônibus é permitida durante todo o dia desde que os carros estejam transportando passageiros.
A Secretaria de Transportes e a Prefeitura de São Paulo foram procuradas pela reportagem mas preferiram não comentar as declarações do promotor.
De São Paulo, Adamo Bazani

6 comentários em OUÇA A ENTREVISTA – Promotor deve entrar na Justiça contra liberação de táxis em faixas de ônibus

  1. Helio Jacinto Pereira // 13 de setembro de 2014 às 16:37 // Responder

    Este Promotor deveria entrar na Justiça pra obrigar a EMTU a cumprir a Lei e fornecer o Cartão BOM SÊNIOR para as pessoas que já completaram 60 anos no Estado de SP. Porque este e outros Promotores se omitem ? Porque permitem que a EMTU desrespeite a LEI e prejudique milhares de pessoas em todo estado ? Sera que este Promotor não tem o que fazer ? Sera que esta preocupado com quem usa o transporte Coletivo,ou esta atendendo interesses do candidato do PSDB ? Sera que ele não sabe da Lei aprovada em Outubro de 2013 e Regulamentada em 02/07/2014,que garante o Bilhete Especial pra quem já completou 60 anos em nosso Estado,ou sera que defender o cumprimento desta Lei não lhe da IBOPE e ainda desagrada o Gov Alckmin ?

  2. Sr promotor, os táxis circulando nas faixas jamais atrapalharam a velocidade dos coletivos, o serviço de táxi sempre foi eficiente, e agora com a liberação quem sai ganhando é o usuário e o transito de SP,vários carros a menos nas ruas,por favor promotor,vá atras de corruptos em vez de fazer guerra entre as classes, não é só a elite que usa táxi,a classe C e D aderiram a esse meio de transporte rápido e seguro.

  3. Taxis nos corredores obviamente atrapalham. Somente ocupados?! Então seria justo prejudicar um monte de usuários de ônibus para facilitar a viagem de um – no máximo 4 – passageiros???

    O motivo é simples: eles podem entrar/sair dos corredores quando bem entendem, portanto vão ocupa-los nos pontos de congestionamento com parada do tráfego.
    Farão TODOS a mesma coisa, não somente um ou outro taxi!
    Resultado: por exemplo na Rebouças, sentido centro, este ponto está próximo ao túnel de acesso a Dr. Arnaldo e/ou Av. Pacaembu. Ali vários taxis entram na faixa exclusiva, bloqueando o corredor aos… ônibus!

    Mesmo as linhas de ônibus não poderiam entrar e sair durante toda a extensão do corredor; se SPTRANS e Prefeitura realmente quisessem que os corredores funcionassem bem.

    Nos horários de vale, feriados e fins de semana após as 14hs dos Sábados isto poderia ser considerado.

  4. Como se táxi fosse barato pra qualquer um utilizar né amigo?Parece até piada seu comentário nenhum estado tem essa de táxi em corredor,foi feito para o transporte público não para táxi circular,portanto somente ônibus deve circular nos corredores,nas faixas até releva.

  5. taxi no corredor de ônibus e um crime, este prefeito marionete que toma decisões com fim eleitoreiro não sabe de nada quem usa transporte coletivo diariamente sabe que antes quando os taxis trafegavam pelos corredores promoviam a maior imprudência saindo e entrando dos corredores costurando o transito como verdadeiros moto boys de quatro rodas com essa medida do sr prefeito estamos regredindo nos avanços.
    Fico indignado pois na mboi mirim os coletivos das cooperativas não podem trafegar nas faixas exclusivas para o q se diz transporte publico eles tende a ficar no congestionamento enquanto os taxis trafegam livremente pelos corredores. Agora me diz que prioridade e esssa

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: