Curitiba é a melhor cidade em sinalização para pedestres, ciclistas e no transporte público

ônibus

Ônibus em Curitiba. Capital paranaense foi considerada a melhor cidade do país em relação à sinalização e informações para passageiros dos transportes coletivos, pedestres e ciclistas, de acordo com levantamento que ouviu 382 pessoas. Cidade é referência mundial de mobilidade pelo histórico de investimentos nos transportes por ônibus. Foto: Adamo Bazani.

Curitiba é a melhor cidade do Brasil em sinalização para pedestre, ciclista e no transporte público
Levantamento é da Campanha Sinalize Já, do Grupo Mobilize Brasil. Mesmo assim, a nota foi baixa
ADAMO BAZANI – CBN
Hoje uma das grandes queixas em relação à mobilidade urbana é a falta de sinalização e informações adequadas para os pedestres, ciclistas e passageiros do transporte coletivo.
Não é raro pessoas pegarem ônibus errados e perderem muito tempo de deslocamento por causa do problema.
O Grupo Mobilize Brasil, dentro da Campanha Sinalize Já, realizou um levantamento entre junho e julho deste ano em 25 cidades, das quais 13 capitais, para avaliar a qualidade da sinalização para quem deixa o carro em casa e se desloca de ônibus, metrô, trem, a pé e de bicicleta.
Foram ao todo 372 avaliações , das quais 123 de ciclistas, 128 de pedestres e 121 de passageiros do transporte coletivo.
Cada um deles deu uma nota de 0 a 10 para as sinalizações e informações.
Na média, considerando as três categorias, segundo o levantamento, a capital que possui melhor sinalização é Curitiba, com nota 5,4. A pior capital foi Manaus, com nota 0,7. São Paulo ficou em quarto lugar com 3,8 de nota. Os resultados indicam que mesmo a melhor cidade teve nota baixa, o que mostra que muito ainda precisa ser mudado em relação a trânsito e transportes neste aspecto.
Confira o ranking:
1) Curitiba (5,4)
2) Rio de Janeiro (4,6)
3) Porto Alegre (4,2)
4) São Paulo (3,8)
5) Belo Horizonte (3,6)
6) Recife (3,3)
7) Brasília (2,5)
8) Natal (2,5)
9) Salvador (2,1)
10) Cuiabá (1,9)
11) Maceió (1,6)
12) Fortaleza (1,3)
13) Manaus (0,7)
Em relação aos transportes públicos foram analisados itens como informações em paradas e terminais, qualificação dos motoristas e cobradores para informarem os passageiros e painéis dentro dos ônibus. Curitiba é destaque pelo investimento em ônibus como principal solução de mobilidade urbana e desde 1974, com a criação do primeiro sistema de corredores de ônibus BRT (Bus Rapid Transit) do mundo, sendo referência mundial na área de transportes, apesar de hoje haver necessidade de mais investimentos para melhorar os serviços.
Quanto aos pedestres, foram avaliados itens como semáforos específicos, qualidade das faixas pintadas nas ruas, e para os ciclistas, o levantamento levou em consideração a quantidade e a disposição de placas que orientam motoristas, pedestres e ciclistas na convivência entre os veículos motorizados e as bicicletas e a sinalização de solo das ciclovias e ciclofaixas.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

6 comentários em Curitiba é a melhor cidade em sinalização para pedestres, ciclistas e no transporte público

  1. Amigos,
    Pena que a pesquisa deu nota conjunta para os diversos modais.
    Tenho quase certeza que isoladamente o BRT de Curitiba deve ter obtido melhor pontuação, assim como São Paulo teria melhor nota em relação a Metro e Trem.
    abrs

    • Jair, temos os dados por modal e você tem razão: tanto os BRT’s quanto os trens e metrôs puxaram as notas para cima, do contrário o cenário seria ainda pior! Divulgamos as notas conjuntas para facilitar a interpretação. Um grande abraço

  2. Amigos,boa noite.

    O problema e que a numeracao das linha e cheia de interpretacoes, as quais para o passageiro nao interessa.

    Pra que serve denominar uma linha de 7411- 10, sendo que simplismente ela podia ser so um simples numero, 74, porxemplo.

    Pra que denominar uma linha de 359-B1 ou 078 – TRO, sendo que simplesmente podiam ser linhas 35 e 07.

    Caso sejam cancelada a linha, sem problemas, a nova passara para o numero seguinte, 75 por exemplo.

    Caso a linha volte a existir, e so manter onumro de batismo, por exemplo , linha 74.

    Sem contar o relaxo.

    Hoje fiz conexao com o metro azul X amarelo na Luz.

    A iluminacao da estacao luz da linha 8azulo minimo data de 1977, estando alem de escura, totalmente obsoleta, sem contar a imundisse de po preto nas plcas de acrilico indicativas, estas tambem de 1977.

    No “bobodromo apertado” entre a linha azul e amarela, a sinalizacao e totalmente confusa e despradonizada.

    Eu pergunto:

    De que adianta chamar linha azul ?

    Nao e mais facil JABAQUARA – TUCURUVI ?

    De que adianta chamar de linha Rubi ?

    Nao e mais facil, ITAPEVI – JULIO PRESTES ?

    Facam uma analise com carinho.

    Desculpem, mas eununca sei o nome da pedra preciosa que representa a linha Itapevi – Julio Prestes.

    Simples assim, so isso.

    Att,

    Paulo Gil

    • Verdade, Paulo, esse monte de códigos confunde mesmo. Para chegar aos resultados na avaliação do transporte coletivo a campanha Sinalize levou em conta se estão disponíveis nos pontos/estações/terminais e no interior dos veículos as seguintes informações: linhas; trajetos; horários; acessibilidade entre outros (mapas dos arredores, conexões e canais de reclamação). Conhecendo o nosso sistema não é surpresa que as notas tenham sido tão baixas, não é mesmo? Abs

    • Complementando:

      A linha Itapevi Julio Prestes = Linha Diamante

      Chique no úrtimo, acessem o link e vejam lindas fotos e as devidas explicações, muito legal

      http://pt.wikipedia.org/wiki/Linha_8_da_CPTM

      Att,

      Paulo Gil

  3. Como foi dito ha muito que melhorar, mas parabéns a Curitiba, sempre na frente em relação a mobilidade urbana

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: