MP quer apurar ligações entre integrantes e ex-integrantes do CL 4, Luiz Moura e PCC

Publicado em: 30 de julho de 2014

express

Ônibus no Consórcio Leste 4. MP agora investiga supostas ligações entre integrantes e ex-integrantes do Consórcio Leste 4 e facções criminosas como o PCC.

MP apura ligações entre PCC, Luiz Moura e integrantes e ex integrantes Consórcio Leste 4
Boa parte do inquérito é baseada nas ações da promotoria da cidadania às quais o Blog Ponto de Ônibus teve acesso em primeira mão
ADAMO BAZANI – CBN
Antigas empresas de ônibus que operavam no Consórcio Leste 4, como Himalaia Transportes S.A., Empresa de Transportes Coletivos Novo Horizonte S.A. e Happy Play Tour Passagens, Turismo e Transportes de Passageiros Ltda, além das cooperativas Aliança Paulistana e Transcooper teriam sido usadas por sócios para “lavar dinheiro produto de cometimentos de crimes para facções criminosas que atuam dentro e fora dos presídios, como o PCC – Primeiro Comando da Capital, segundo o Ministério Público.
As informações, trazidas neste dia 30 de julho de 2014, pelos repórteres Bruno Ribeiro, Diego Zanchetta, Luciano Bottini Filho e Rafael Italianini, de O Estado de São Paulo, se referem às investigações coordenadas pelo Grupo e Atuação de Combate ao Crime Organizado – o Gaeco, do Ministério Público Estadual de São Paulo.
O Gaeco por sua vez se baseou nas investigações do Promotor Saad Mazloum, da Justiça e Cidadania, que apontou enriquecimento ilícito por parte de sócios das cooperativas e em 11 de março de 2011, após começar as apurações no ano de 2010, moveu uma ação civil pública contra o Consórcio e seus integrantes.
Como noticiou o Blog Ponto de Ônibus com EXCLUSIVIDADE à época, havia indícios de enriquecimento ilícito de associados das cooperativas e sócios das empresas, que também operavam como cooperativas. Havia cooperados com bens superiores à R$ 22 milhões e dois sócios no Consórcio Leste 4, Gerson Adolfo Sinzinger e Vilson Ferrari (Xuxa) conseguiram mais de R$ 4 milhões cada em apenas dois anos, quando atuavam em cooperativas.
À época, o promotor Saad Mazloum considerou que estava sendo realizada uma verdadeira “dilapidação de bens”, como pode ser conferido na matéria do Blog Ponto de Ônibus no link: http://diariodotransporte.com.br/2011/03/13/exclusivo-saiba-o-que-vai-acontecer-com-o-consorcio-leste-4/
Neste mesmo link acima você confere o que hoje é alvo de investigações criminais: o papel da Happy Play Tour Passagens, Turismo e Transportes de Passageiros Ltda, que foi contratada como operadora, mas não tinha nenhum ônibus e mesmo assim recebia repasses da prefeitura.
O Ministério Público também pede agora para a Justiça a possibilidade de um procedimento investigatório para apurar se o enriquecimento ilegal dos sócios das empresas do Consórcio Leste 4 teve como base apenas os desvios de recursos e a confusão jurídica entre companhias e cooperativas ou se há ligações com o PCC.
O jornal mostra também um dado já revelado pelo Blog Ponto de Ônibus em 22 de janeiro de 2014.
Após o descredenciamento da Itaquera-Brasil, que antes se chamava Viação Novo Horizonte, assumiu a empresa Express. Mas vários sócios da descredenciada fazem parte do atual operadora:

Área Leste 4: nova empresa com os mesmos diretores da descredenciada Itaquera-Brasil


O deputado Luiz Moura, do PT, investigado por suposta ligação com membros do PCC e de cooperativas de ônibus, chegou a ser sócio na Happy Play, mas ele nega as ligações e diz que na reunião em que esteve presente na Transcooper com integrantes da facção, não sabia que as pessoas presentes eram investigadas e pertenciam ao crime organizado.
Como também já noticiou o Blog Ponto de Ônibus, são investigadas ameaças a motoristas de empresas de ônibus e a MP acredita que os ataques a ônibus tenham relação com a facção criminosa.
Irmão de Senival Moura, vereador representante das cooperativas na Câmara Municipal de São Paulo, disse a O Estado de São Paulo que será provada sua inocência e que ele pediu para ser investigado.
Durante as apurações de Saad Mazloum sobre o Consórcio Leste 4, ele não foi citado na ação civil pública.
Luiz Moura foi sócio na Happy Play entre setembro de 2009 e abril de 2010 e nega agora participação no ramo de transportes de Passageiros.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Comentários

  1. Flavio Henzo disse:

    Bom dia Adamo Bazani! Sim Luiz Moura, tem envolvendo com o PCC e seu irmão Senival Moura também em reunião de emergência na Paulistana G3 ele acabou com a cooperativa e criou a Transporte União por várias denúncia e assim como fez a Itaquera Brasil mais continuam operando,podem investigar que algum funcionários da Paulistana G3 Ou melhor pela Estrela Guia empresa do Rubens pereira de Moura e que todos que trabalham ali tem algum carro (lotação) No seu nome o Juberto Lucas de lima vulgo Menudo está milionário,Oziel também

  2. Ana Souza disse:

    agora que eu não entendo que prefeito descrendendiou a nh e hoje esta atual como express deixa este caras continua no sistema de transportes a maiorias dos donos de carros estão lá na express com os seus carros ,e prefeito sabe disto e deixa tem que ser investigado tb , o prefeito fernando haddad tem que banir do sistema de uma vez esta empresas que só opera no tal de vermelho ai que eles falam ,vc fica concordando com esta coisas erradas que esta pagand por isto somos nós população ,vc não esta vendo isto não ,é td omisso eu queria que Policia federal estivesse neste caso ,pq pelo menos uma parte desta empresas ja estava desmanteladas tá ! para de dar moleza ,descrendencia de uma vez tira esta podridão do meio pq se não as coisas só vai pra trás

  3. America disse:

    E ainda continuam atuando na zona leste a mesma empresa na área 4 com seus donos deputado federal do PT aí é tudo mais fácil , fica com as mesma história de Lula denunciam denunciam e ninguém faz nada , fazem um au e mas acaba em pizza ,
    Deputado Federal
    Dono de concessionárias
    Diretor de empresa dê bilhetagem
    Será Q não tem dinheiro pra comprar esse corruptos Q tem no mundo
    Ninguém meche não
    Tapam os olhos igual aos três macaquinho não vi , não ouvi , nem escutei , nosso Brasil virou palhaçada , todos sabem mas ninguém faz nada

Deixe uma resposta