Fabricantes destacam ônibus para serviços relacionados à Copa do Mundo

ônibus

Ônibus superarticulado de 23 metros, testado no Aeroporto Antônio Carlos Jobim. De acordo com a Mercedes-Benz, modelo tem capacidade para passageiros que se assemelha a de um Boeing. Divulgação: Mercedes-Benz – Texto: Adamo Bazani

Fabricantes destacam ônibus para serviços relacionados à Copa do Mundo
Boa parte dos veículos é para atendimentos no setor de segurança e serviços dentro de aeroportos
ADAMO BAZANI – CBN
Os efeitos da Copa do Mundo para o mercado de ônibus poderiam ser melhores. Muitas obras de mobilidade atrasaram, tiveram os projetos alterados e as empresas de ônibus alegam não ter segurança financeira para todos os investimentos previstos por causa dos congelamentos das tarifas, mesmo com os subsídios.
Tanto é que, de acordo com o mais recente levantamento da Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, de janeiro a maio, as vendas de ônibus acumulam queda de 10,13% na comparação com o semelhante período de 2013.
No entanto, as fabricantes de chassis e carrocerias destacam alguns veículos específicos para a Copa do Mundo, que depois do evento esportivo devem continuar em circulação ou que serão usados como testes no mundial.
A maior parte é destinada para serviços em aeroportos e no setor de segurança.
A Mercedes-Benz informou que um veículo superarticulado de 23 metros, de carroceria Caio Millennium BRT, opera em testes no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, no Rio de Janeiro.
“O ônibus tem capacidade para até 170 pessoas, podendo transportar, de uma única vez, quase todos os passageiros de um Boeing 737-800, uma das aeronaves mais utilizadas no Brasil” – disse em nota à imprensa especializada, o gerente sênior de Marketing de Produto Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, Curt Axthelm.
Segundo a Mercedes-Benz, na nota, “a equipe de motoristas da Infraero recebeu um treinamento de operação, que foi ministrado por um instrutor técnico da área de Demonstração do Produto – Ônibus da Mercedes-Benz. A Guanabara Diesel, concessionária Mercedes-Benz, dará toda a assistência necessária durante o período de demonstração.”

ônibus

Volvo forneceu 12 ônibus B 290 R com carroceria Comil, modelo Campione 3.45 para monitoramento e segurança. Veículos são usados na Copa do Mundo em cada uma das cidades-sedes e depois ficarão à disposição das secretarias de segurança pública de cada estado. Divulgação: Volvo – Texto: Adamo Bazani.

Já a Volvo informa que as 12 cidades-sedes da Copa do Mundo contam cada com o modelo B 290R, configurado nos padrões exigidos pela Sesge – Secretaria Extraordinária de Segurança de Grandes Eventos.
A carroceria é da Comil, modelo Campione 3.45.
Segundo nota da Volvo, “a área interna possui um escritório completo, cela com capacidade para dois detentos e equipamentos para conexão via satélite e internet para a comunicação entre as polícias locais, estaduais e federal”.
Os chassis foram comprados pela Comil por licitação para atender pedido do Ministério da Justiça.
Depois da Copa, os ônibus ficarão disponíveis para as secretarias de Segurança Pública de cada estado onde ocorreram os jogos.
A expectativa é de que outras cidades adotem os ônibus como alternativa para o combate à criminalidade.
E nas cidades-sede, novas unidades devem chegar. É o caso de Brasília, que já encomendou outros dois ônibus para atuar independentemente do mundial.

ônibus

Marcopolo cedeu cinco ônibus modelo Viale BRS, com capacidade para 80 passageiros cada, que atuam nos aeroportos Antônio Carlos Jobim, no Rio de Janeiro, Deputado Luís Eduardo Magalhães, em Salvador, e Pinto Martins, em Fortaleza. Divulgação: Marcopolo – Texto: Adamo Bazani.

Ainda em relação aos aeroportos, a Marcopolo informou que cinco ônibus do modelo Viale BRS, circulam nos aeroportos Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro; Deputado Luís Eduardo Magalhães, em Salvador, e Pinto Martins, em Fortaleza, durante o período de realização da Copa do Mundo de Futebol.
Os veículos de piso baixo transportam os passageiros para embarques e desembarques.
O Marcopolo Viale BRS Low Entry usados nestes aeroportos possuem 13,4 metros de comprimento e capacidade para transportar 80 passageiros.
Nesta quinta-feira, dia 12 de junho de 2014, quando o Brasil estreou vencendo a Croácia por 3 a 1, a Scania e a Infraero – administradora dos aeroportos não privatizados – iniciaram uma parceria.
Até o dia 14 de julho, a Scania cede três ônibus que também vão atender os passageiros no Aeroporto Antônio Carlos Jobim – Galeão.
O chefe de vendas de chassis urbanos da Scania no Brasil, Eduardo Monteiro, diz que entre os modelos, há soluções que respeitam o meio ambiente.
“O destaque será o ônibus a etanol, exclusivo da marca na América Latina e que emite 90% menos CO2 do que o modelo convencional a diesel. Será uma oportunidade ao passageiro do avião conferir as vantagens das soluções Scania para a mobilidade urbana.”

ônibus

Até o dia 14 de julho operam no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, no Rio de Janeiro, três modelos da Scania. A montadora destaca o ônibus movido a etanol, que, segundo a fabricante, pode reduzir em 90% a emissão de dióxido de carbono. Divulgação: Scania – Texto: Adamo Bazani.

Em nota, a Scania explica os modelos utilizados na parceria:
“Os ônibus escolhidos pela Scania são o K 270 6×2*4, K 310 6×2*4 e K 250 4×2. O K 270 6×2*4 é movido a etanol, gera 270 cavalos de potência e desenvolve torque de 1.200Nm. O etanol será fornecido pela Raízen. Já o K 310 6×2*4, de 310 cavalos, desenvolve um torque de 1.550Nm. Ambos são chassis com 15 metros de comprimento e têm capacidade para transportar 130 passageiros, além de piso baixo, que facilita o embarque dos passageiros. Os veículos de 15m recebem um terceiro eixo direcional, característica que permite um maior grau de manobrabilidade, especialmente em cidades com ruas estreitas e pouco espaço para realizar curvas normais ou acentuadas. O K 250 4×2, de 250 cavalos de potência, desenvolve um torque de 1.150Nm, possui piso baixo e capacidade para transportar 100 passageiros.”
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

1 comentário em Fabricantes destacam ônibus para serviços relacionados à Copa do Mundo

  1. Amigos, bom dia.

    A adesivacao do Marcopolo – Vialle – BRS, FICOU SHOW !

    Pena que erraram feio no tom do verde da bandeira do Brasil.

    Mas da tempo de refazer, para o tom do verde.

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: