Greve de ônibus em São Paulo descartada. Motoristas e cobradores terão 10% de aumento

ônibus

Ônibus em São Paulo, motoristas e cobradores aceitam proposta de 10% de reajuste e descartam greve. Foto: Adamo Bazani

Motoristas de ônibus de São Paulo entram em acordo e não haverá mais greve
Profissionais terão aumento de 10% nos salários
ADAMO BAZANI – CBN
Em assembleia realizada nesta segunda-feira, dia 19 de maio de 2014, motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo aceitaram proposta de 10% de aumento salarial, além de reajustes na participação nos lucros e nos benefícios
Hoje, um motorista na Capital Paulista recebe R$ 1955 passando para R$ 2150,50, e um cobrador ganha R$ 1130 indo para R$ 1243.
A licença-maternidade para as mulheres que trabalham no setor passa de quatro meses para seis meses.
O reconhecimento de insalubridade para cálculos de aposentadoria também faz parte do acordo entre o SPUrbanuss, sindicato das empresas de ônibus, e o Sindimotoristas, que representa 37 mil trabalhadores de transportes na cidade de São Paulo.
Com isso, há possibilidade de aposentadoria especial com 25 anos de trabalho.
O vale-alimentação passa para R$ 445,50 e participação nos lucros e produtividade será de R$ 850.
Inicialmente, as empresas ofereceram 5% de aumento e os trabalhadores pediam 13%.
A proposta das viações foi apresentada neste final de semana.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

3 comentários em Greve de ônibus em São Paulo descartada. Motoristas e cobradores terão 10% de aumento

  1. Otimo!, Agora so falta eles cumprirem horários, os cobradores estarem no seu lugar dentro dos ônibus quando da entrada dos passageiros nos terminais, e uma pena que nesta querra a unica vitima são os passageiros, precisamos voltar com as passeatas, não so pedindo o não aumento da passagem mas também qualidade, que esta um lixo, nunca se andou em ônibus tão lotados como hoje, e o pessoal do passagem zero se calam, no fundo não passam de moleques brincando de justiceiros, prestem atenção a população esta a um passo de acordar para esta situação, fora a Sptrans que e paga com dinheiro publico para servir aos interesses destas empresas de transporte inescrupulosas que so tem um objetivo lucro intenso e sem escrupulo, há e mais um detalhe a linha 4311-10 continua uma merda, onibus velhos e intervalos prolongados, e a Sptrans ainda diz que onibus 2003, e 2004 são top de linha.

  2. alfredo da silva martinez // 20 de maio de 2014 às 19:45 // Responder

    O PL era pra ser de 1500, o vale refeição de 22, 30% a mais para quem dirige articulado e bi articulado. Só promessas vazias, coitados dos motoristas e cobradores, cada vez ganham menos. O Presidente do Sindicato precisa explicar.

  3. LEDRAJ SARCE DOPRA // 21 de maio de 2014 às 05:13 // Responder

    Vcs querem a criação da nova CMTC? então deixe o seu nome http://www.avaaz.org/po/petition/pela_criacao_da_Empresa_estatal_de_Onibus_em_Sao_Paulo/?copy

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: