Ônibus municipal em São Paulo: 531 acidentes no primeiro trimestre

ônibus

Acidentes com ônibus no primeiro trimestre deste ano somou 531 casos. Número de atropelamentos – 177- -preocupa. Foto: Arquivo UOL

Ônibus municipais de São Paulo se envolveram em 531 acidentes no trimestre
Média é semelhante ao do ano passado: 6 ocorrências por dia. Número de atropelamentos – 177 – preocupa
ADAMO BAZANI – CBN
O número de acidentes envolvendo ônibus municipais em São Paulo chegou a 531 casos entre janeiro e março deste ano, de acordo com dados da SPTrans, gerenciadora da Capital Paulista.
A média é de seis ocorrências por dia, número semelhante ao intervalo do ano passado.
Deste total de ocorrências, 23 casos resultaram em mortes.
A Estrada do M Boi Mirim, na zona Sul, por onde passam 72, linhas, segundo a SPTrans, foi a via que individualmente registrou mais acidentes: 15 ocorrências, mas sem nenhum caso de morte.
As demais vias com mais acidentes envolvendo ônibus municipais, entre janeiro e março, foram:
Avenida Brigadeiro Luís Antônio: 11
Avenida Guarapiranga: 11
Avenida Vereador José Diniz: 8
Estrada de Itapecerica: 8
Avenida Marechal Tito: 7
Avenida Sapopemba: 7
Avenida Deputado Cantídio Sampaio: 7
Estrada do Imperador: 6
Avenida Aricanduva: 6
ATROPELAMENTOS:
O número de atropelamentos envolvendo ônibus entre janeiro e março deste ano chegou a 177 registros. Estes casos fazem parte dos 531 acidentes informados pela SPTrans. Deste total de atropelamentos, 14 ocorrências registraram mortes.
Os locais onde houve maior registro de atropelamentos por ônibus municipais são:
Avenida Brigadeiro Luís Antônio: 10
Avenida Guarapiranga: 8
Estrada do M Boi Mirim: 5
Avenida Celso Garcia: 3
Avenida Vereador José Diniz: 2
Avenida Marechal Tito: 2
Estrada do Imperador: 2
Avenida Nordestina: 2
Avenida Santo Amaro: 2
Avenida São Luís: 2
Estrada Turística do Jaraguá: 2
Rua Costa Barros: 2
Rua Inácio Monteiro: 2
Rua Ushikichi Kamiya: 2
Terminal São Mateus: 2
A SPTrans diz que em caso de ocorrências sem vítimas, o motorista deve registrar o fato pelo SIM – Sistema Integrado de Monitoramento. Com vítimas, são acionados SAMU, Bombeiros e equipes da gerenciadora.
A SPTrans ainda afirmou que intensifica as fiscalizações para minimizar o número de acidentes.
As empresas dizem que investem em treinamentos de direção defensiva e prevenção de acidentes destinados aos motoristas.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

2 comentários em Ônibus municipal em São Paulo: 531 acidentes no primeiro trimestre

  1. Roberto Valente // 17 de maio de 2014 às 11:59 // Responder

    A SPtrans está é DORMINDO DE RONCAR, não é possivel que eles não FISCALIZAM….

  2. Esses acidentes sao um conjunto de fatores, claro que em alguns casos nem sempre a culpa sao dos motoristas, tem muitos pedestres que insistem em atravessar fora das faixas ou no meio dos coletivos eu ja presenciei muito disso, aki em Diadema no corredor ABD muitas pessoas fazem dele como area de lazer (fazendo caminhada, correndo, andando de bicicleta) isso e um absurdo com tanto de parques que temos na regiao, e tb ha muitos motoristas imprudentes tb, nao estao nem ai mandam a bota mesmo, quer ver um show de imprudencias utilize a linha 044 Itaim/Guacuri (Diadema) da Mobibrasil os motoristas entram, sai do corredor e eles so andam correndo e em alguns casos de maneira perigosa, entao se nao houver bom senso de ambas as partes sempre veremos essas cenas lamentaveis.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: