ProTeste faz pesquisa nacional sobre qualidade dos transportes

ônibus

Ônibus urbano. Proteste realiza pesquisa nacional para saber quais os maiores problemas enfrentados pelos passageiros dos transportes públicos nas diferentes regiões do País. Foto: Adamo Bazani.

Proteste faz pesquisa nacional sobre qualidade de transportes
Respostas vão ajudar órgão de defesa do consumir a detectar as ações mais urgentes esperadas pelos passageiros para melhorar os serviços
ADAMO BAZANI – CBN
Apesar de ser um serviço público essencial, o transporte coletivo de passageiros também contempla relações de consumo.
E isso independe do fato de a empresa de ônibus, de trens e metrô ou de transporte aquaviário ser privada ou pública.
A partir do momento que o passageiro paga a tarifa ou utiliza os serviços mesmo com direito à gratuidade, é estabelecido um contrato.
Hoje os transportes coletivos são um dos serviços com maior insatisfação dos consumidores em todo o País.
Atrasos, valores das tarifas, qualidade da frota, atendimento por parte de motoristas, cobradores e agentes de estação, limpeza dos veículos são alguns dos problemas relatados pelos passageiros.
Mas quais são as maiores necessidades de quem usa transporte público? Quais são os entraves para a melhoria dos serviços e o que pode ser feito para mudar a situação? Qual o perfil do passageiro nas diversas regiões do País?
A ProTeste, órgão de defesa do consumidor, realiza uma pesquisa nacional que vai buscar estas respostas e dar bases para outros levantamentos de campo.
A participação pode ser anônima e o questionário leva em conta a cidade onde o passageiro mais usa os serviços e qual a expectativa dele em relação aos serviços de mobilidade urbana.
O link é:
http://na2.se.voxco.com/se/?st=6M9NIk9SWq%2fVi74VEEVn7TjjH8TE5azA6xmc30I%2bB%2bwwDHRHa98OYQ%3d%3d
Os resultados serão divulgados no site da associação e vão orientar outros trabalhos de pesquisa com metodologia mais aprofundada.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

7 comentários em ProTeste faz pesquisa nacional sobre qualidade dos transportes

  1. e verdade que a leblon via voltar a operar em maua.

  2. LUIS MARCELLO GALLO // 8 de maio de 2014 às 00:01 // Responder

    Priemriamente, parabéns pela foto da carroça da EA*OS*A, que ilustra tão bem esta reportagem. Seria interessante fazer uma pesquisa do porquê desta empresa não cumprir sistematicamente a tabela horária da linha 441.

  3. Tomara meu amigo tomara, se a leblon voltar vai ser tudo de bom, mais acho dificiel pois a mesma ja vendeu seus veiculos

  4. Adamo, faço uma denuncia importante, apos a entrada do prefeito Haddad, os blogs referentes a transportes simpelsmente pararam de fazer denuncias sobre a qualidade dos mesmo, fora o serviço de atendimento aos passageiros da SPTRANS QUE NÃO RESPONDEM AS RECLAMAÇÕES, depois que a Consorcio Plus recebeu de graça todas as linha importantes da zona leste, ficamos refens deste monopolio, para a Consorcio plus e a Sptrans so existe a linha 4310 em SP, o resto esta abandonado, como a 4311 que so tem onibus pequenos e com motor dianteiro, causando tremendo desconfortos aos passageiros, dia 07/05/2014 ficamos parados 10 minutos na estação Metro tatuape até boa parte dos passageiros desistirem de entrar no coletivo modelo apache motor dianteiro, este retrocesso e bancado por quem?, pergunto a quem devemos recorrer para denunciar o descaso da Sptrans, sera que e ao Papa.

1 Trackback / Pingback

  1. ProTeste faz pesquisa nacional sobre qualidade dos transportes | Busão de Natal

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: