Ônibus na Região Metropolitana de Curitiba têm tarifa mais alta neste domingo

ônibus

Ônibus executivo que liga o aeroporto, em São José dos Pinhais, à Curitiba. Tarifas de ônibus metropolitanos que não pertencem à RIT sobem neste domingo. – Contando as Horas

Região Metropolitana de Curitiba tem tarifa de ônibus mais alta a partir deste domingo
Reajuste não vale para os ônibus metropolitanos da RIT, que permanecem com a passagem a R$ 2,70
ADAMO BAZANI – CBN
Aproximadamente 150 mil passageiros que dependem de 78 linhas de ônibus que atendem à Região Metropolitana de Curitiba vão pagar tarifas mais altas a partir deste domingo, dia 13 de abril de 2014.
O reajuste não é destinado às linhas metropolitanas que pertencem à RIT – Rede Integrada de Transporte, que permanecem com a tarifa para o passageiro de R$ 2,70.
O aumento foi definindo pela Comec – Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba, órgão do Governo do Estado, e levou em conta a distância percorrida pelas linhas, a elevação nos custos de operação e o equilíbrio econômico-financeiro das empresas de ônibus.
O índice médio de reajuste é de 8,87%, mas como cada linha tem extensões e tipos de serviços diferentes, os custos das empresas tiveram altas entre 5,26% e 9,26%.
Assim, há diversos valores de tarifas.
A linha executiva do Aeroporto em São José dos Pinhais até Curitiba passa a ter tarifa de R$ 12,00. As ligações Araucária/Campo Largo e Curitiba/Contenda passam a ter passagens de R$ 4,00. A linha de Agudos do Sul passará a ter tarifa de R$ 4,20.
De acordo com o Governo do Estado do Paraná, as empresas que operam estas ligações contam com isenção do ICMS – Imposto Sobre Circulação de Mercadoria e Serviços sobre o óleo diesel. Segundo o governo, se não fosse esta isenção, as tarifas poderiam ser maiores.
A tarifa-social, a que é paga pelos passageiros, nas linhas municipais e metropolitanas da RIT permanece em R$ 2,70. Mas a tarifa-técnica, que se refere aos custos para operação e remuneração das empresas, subiu de R$ 2,93 para R$ 3,18.
Para bancar a diferença, sem o aumento para o passageiro, Governo do Estado do Paraná e Prefeitura de Curitiba aumentaram os subsídios.
OS VALORES DAS NOVAS TARIFAS METROPOLITANAS PODEM SER CONFERIDOS NO LINK:
http://www.aen.pr.gov.br/arquivos/File/1104TarifatransporteTabela.pdf
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

3 comentários em Ônibus na Região Metropolitana de Curitiba têm tarifa mais alta neste domingo

  1. Na verdade não são 78 linhas NÃO INTEGRADAS e sim são 83 linhas !!! Tenho a relação de todas estas linhas e seus números! Nem isso a COMEC soube informar corretamente à imprensa ! (que nem fiscaliza mais ônibus e nem deveria existir mais pois afinal é a prefeitura (URBS) que fiscaliza urbanos e metropolitanos (estes últimos sejam integrados ou não ao sistema de Curitiba)

  2. Quais cidades com bastante população houve aumento da passagem em 2014? Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, … ?
    Se forem estas 3 além de outras cidades e não houve manifestação, percebo o quão importante é a cidade de São Paulo para o Brasil, pois se a passagem em São Paulo aumentar, o bicho vai pegar! ahahaah E aí outras cidades seguem São Paulo! rs

  3. Este aumento de tarifa, é um roubo e não justifica, pois na minha condição estou pagando 2,95 de tarifa, mas a qualidade é péssima os ônibus atrasam cerca de 20 30 50 minutos e somos refém da Empresa Viação Colombo a qual não é capaz de atender dignamente a população de Colombo. Os órgãos do poder publico que poderiam fiscalizar e tomar alguma atitude são outros fiascos que servem apenas de cabide de empregos, basta verificar no google sobre a URBS então vocês tiraram suas próprias conclusões URBS e COMEC são parasitas hospedeiros, que querem usurpar do dinheiro do povo. São igual água de batata, não servem para nada, são igual água de vina não servem para nada!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: