SPTrans diz que estuda volta do “Azulzinho” – 577 T

ônibus

Ônibus que operava a linha 577 T – Jardim Miriam / Vila Gomes. Moradores realizaram o terceiro protesto para reativação do itinerário que serve áreas de comércio e hospitais.

SPTrans avalia a volta do “azulzinho” – 577 T
Moradores realizaram mais um protesto contra corte de linha de ônibus
ADAMO BAZANI – CBN
Os efeitos da política de cortes e eliminação de linhas de ônibus, que foi suspensa pelo secretário municipal dos transportes, Jilmar Tatto, após reunião com o Movimento Passe Livre, ainda desagradam moradores de diversos bairros da cidade de São Paulo.
Um dos movimentos contra a ação da prefeitura é o “Volta Azulzinho” que pede o reestabelecimento da linha 577 T (Vila Gomes / Jardim Miriam), operada pelo Consórcio Unisul.
Nesta quinta-feira, os moradores da região do Butantã, que eram atendidos pelo serviço fizeram uma terceira manifestação.
A linha foi cortada em outubro de 2013. No mesmo período, outras linhas foram eliminadas em diversas regiões da cidade.
A SPTrans diz que os passageiros devem usar a linha 775P/10 Jd. Guaraú – Metrô Ana Rosa e realizarem transferência na região do Metrô Butantã. Já a linha 8018/10 Vl. Gomes – Vl. Sônia passou a atender a praça Elis Regina.
Os moradores reclamam das dificuldades geradas pelas transferências e que os passageiros idosos e com mobilidade reduzida são os mais prejudicados.
Até mesmo o uso da linha 4 Amarela do Metrô não é bem visto pelos passageiros como única opção para chegar à região da Avenida Paulista. Além de a alternativa ser mais cara por causa da integração, a lotação do metrô é um transtorno, segundo os moradores.
Segundo nota elaborada pelo movimento, a região precisa de uma ligação direta por ônibus para hospitais, o que era atendido pelo 577 T:
“Para os idosos, as mudanças na linha 577T foram ainda mais impactantes. Além de passar por pontos comerciais e financeiros importantes, a linha também atendia o Circuito dos Hospitais. Pelo menos 15 unidades hospitalares faziam parte do antigo trajeto do Jd. Miriam/ Vila Gomes. Clínicas, Santa Catarina, São Paulo e o Hospital do Rim e Hipertensão eram alguns desses complexos hospitalares. Segundo o último Censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a Vila Gomes tem o setor censitário paulistano com o segundo maior número de idosos, entre os mais de 18 mil setores censitários existentes na cidade. Em 2010, 166 moradores do bairro tinham mais de 80 anos. Segundo o IBGE, pouco mais de 10 mil idosos vivem no distrito do Butantã.”
A SPTrans se comprometeu a estudar o retorno da linha, mas não informou o prazo para finalizar o levantamento.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

27 comentários em SPTrans diz que estuda volta do “Azulzinho” – 577 T

  1. Não tem que voltar nada. Esse bando de.gente preguiçosa tem que aprender a usar o Bilhete Unico de uma vez por todas. Fazer transbordo não dói nada, porém é preciso que se ofereçam alternativas compativeis para suprir e atender estes usuários, coisa que a SPTrans não fez.

    • Discordo da sua opinião pois, na região atualmente existe só uma linha de ônibus que faz parte do trajeto original do 577T, a 715M – Jd. Maria Luiza/Largo da Pólvora, que antes mesmo das alterações já trabalhava saturada; idosos e pessoas com dificuldade de locomoção acabam prejudicadas pelo “sobe e desce” de ônibus diversos (a maioria dos carros da linha alternativa, 775P, não são adaptados) e de dentro das estações do metrô; o tempo que perde-se com as baldeações, trânsito e afins; as condições dos ônibus usados na linha 8018 (normalmente, só tem um carro do tipo piso baixo) ao passo que a empresa do consórcio Unisul – MobiBrasil – fazia questão de colocar veículos novos (quem não se lembra que os primeiros ônibus movidos a etanol circularam pela linha), resumidamente, são vários os motivos para o descontentamento.
      Um exemplo prático: um cadeirante, que mora na praça Elis Regina, que tem uma consulta marcada em um consultório próximo ao metrô Paraíso. Seria fácil se a linha 577T estivesse lá, mas ele terá que pegar a 8018 (num carro comum, sem elevador), fazer a baldeação ou na Av. Corifeu A. Marques (e pegar a 715M), ou no metrô Butantã, (e enfrentar a lotação do ramal) ou descer na Av. Prof. Francisco Morato (e pegar a 775P ou a 857P, ambaas com saturação).

    • Se você adora usar o Bilhete Unico, divirta-se. Agora, ninguém é obrigado a aceitar os cancelamentos ridículos que a SPTrans fez. Outra coisa, você não deve ser usuário da linha, pois pra dizer uma besteira dessa, você só pode ser de outra região, você está sendo leviano Moreira, está dando uma de lunático.

    • Espero que você, Rodrigo, seus filhos, seus pais, seus avôs, e parentes nunca precisem de uma muleta ou de uma cadeira de rodas ou alguma outra dificuldade de mobilidade para dizer que são preguiçosos!!! Vc já tentou se locomover no metrô de manhã, de tarde ou mesmo a noite, está cada vez mais lotado, o primordial não é isso: é o tempo que se perde fazendo as baldeações e as transferências. O pessoal que tomava este ônibus era muito bem servido com intervalos menores de espera. E, agora o que temos? Um ou outro ônibus lotadíssimo, o pessoal trabalhador precisa esperar os ônibus durante meia hora ou mais para tentar entrar no ônibus de manhã. E, temos o quê ? Um ônibus para a Vila Sônia, meu Deus !!! Quem do bairro vai trabalhar lá? E, mesmo assim, só tem quando o motorista ou fiscal ou seja lá quem for o responsável bem entender. Espero que o Brasil todo passe muita VERGONHA nesta Copa pois os turistas não vem apenas assistir aos jogos!!! A maioria ,são usuários de transportes públicos decentes!!!! Que tipo de reorganização é esta que não tem respeito mínimo aos cidadãos!!!! Com muita indignação, Mieko

    • iarareginacoelho@hotmail.com // 28 de fevereiro de 2014 às 19:10 // Responder

      Voce por ummacaso já andou de onibus seu idiota….

    • Realmente, fazer transbordo não dói nada, quando o transbordo tem LÓGICA, o que não é o caso dessa linha, idiota.

  2. Essa SPTrans-torno é um LIXO mesmo !!! 98% dos funcionários dela que tem algum poder de mudar algo lá dentro não usam ônibus e isso que estou sendo otimista! Coloquem pessoas da comunidade, das escolas, trabalhadores de vários setores, busólogos e até lideranças das favelas (hoje em dia é educação chamá-las de comunidades estejam urbanizadas ou não!), enfim: coloquem lá dentro da SPTrans gente da cidade que usa ônibus para vocês verem o que acontece! Mais ônibus, mais horários e novas rotas e em pouco mais de 180 dias com esse pessoal lá dentro duvido que Sampa não terá pelo menos 1.500 ligações fixas e não essa miséria de 1302 linhas atuais que contempla ainda os chamados atendimen tos extras e outras linhas que operam só de manhã e só de tarde nos horários de pico!
    Tem muitos lugares de Sampa que o povo desce do ônibus e tem que caminhar 1, 2 e até 5 km ou mais até chegar em casa!
    DEFENDO: o FIM da SPTrans que vai gerar para a prefeitura uma enorme economia em salários e o gerenciamento do transporte passará a ser feito por pessoas das comunidades, indústrias, escolas, faculdades e todas sentando no gabinete do vice prefeito que acumulará também a função de novo presidente da TRISP – Transporte da Rede Integrada de São Paulo
    a TRISP não será o novo nome da SPTrans que será extinta e NENHUM funcionário será aproveitado (pois todos serão transferidos para outros órgãos fora do transporte ou mesmo entrarão num programa de PDV programa de demissão voluntária que deveria ser implantado também na cidade e no resto do País nas prefeituras que já tem excesso de funcionários !
    O órgão chamado TRISP seria presidido pelo vice prefeito que em contato direto com o prefeito vai manter uma linha constante de diálogo e atendimento das rein vidicações juntos as comunidades que participarão desse ambicioso desafio de FAZER ALGO DIFERENTE do resto do País que ficam refém desses pseudo-tecnocratas em transportes que NUNCA USAM ônibus mas vivem “estudando” e estudando o corte de linhas ou a reativação desses serviços que no retorno geram também reclamação pois não retornam com a mesma grade de horários e itinerários antigos !!!
    EXTINÇÃO DA SPTrans deveria ser a bandeira do prefeito, pena que ele não vaI fazer isso e perderá a chance de passar o rodo em toda a cidade de SP e em sua estrutura maquiavélica e com isso será apenas MAIS UM prefeito de mandato único!

    • Marcos Nascimento, boa noite.

      Isso tudo e o “gerundismo”, politico.

      Estamos estudando, elaborando, auditando, planejando, levantando dados e elementos, projetando, articulando e todos os “andos” , possiveis e imaginaveis.

      Nooooooooooossa, ia esquecendo do principal.

      “ESTAMOS ENFORNANDO”

      Aquela bela pizza meia a meia.

      Manja que te fa bene…

      Abcs,

      Paulo Gil

  3. O problema não é a 577T ter sido encurtada. O problema é que a SPTrans faz umas alterações idiotas sem pensar em outras questões! Se iriam usar a 775P como alternativa, por que não melhoraram a frota da linha, colocando carros mais novos e quem sabe articulados? Só querem entupir a linha de gente e que o cabra que se vire. Isso sem contar que até agora não entendi para que que serve a 8018. Você sai de uma regiao como a vila sonia para ir até a ponta da marginal pinheiros, para aí ter mais problemas para chegar ao centro?!

    • Willian de Jesus, boa noite.

      A fiscalizadora ainda nao sabe que a estacao vila sonia da linha 4 do metro ainda nao esta operando.

      A 8018 e uma linha experimental para o futuro.

      Kkkkkkk

      Abcs,

      Paulo Gil

  4. É incrível como a prefeitura toma atitudes que mais parecem castigo à população.

  5. Menos Rodrigo Moreira, volte para o seu reduto de mentiras e ilusões que é melhor. O povo tem total liberdade pra protestar a volta de linhas, afinal muitos foram prejudicados por essa decisão errada. Hoje pelo que percebo, temos dois comentários de lunáticos, Rodrigo Moreira Matildense,e esse outro rapaz que contou a história da carochinha, vocês perdem boas oportunidades de guardar o comentários de vocês para vocês mesmos.

  6. iarareginacoelho@hotmail.com // 28 de fevereiro de 2014 às 19:12 // Responder

    Realmente…se usassem onibus veriam as dificuldades dos idosos….

  7. Amigos, boa noite.

    Quem disse que a CMTC acabou ??????

    Kkkkkkkkkkkkkkk

    Em breve vao voltar com a linha Penha-Lapa da Viacao Leste Oeste.

    Estou de pleno acordo com o Wilian de Jesus, com relacao a 775-P.

    A 8018, nao serve pra nada.

    Kkkkkkkkkkkkkk

    Agora, preferir ir ate ate a Paulista de buzao, e um tremendo mal gosto.

    Mas infelizmente, gosto nao se discute LAMENTA- SE.

    Att,

    Paulo Gil

  8. Eu já Vi a Linha 775P/10 com Todo respeito mas fazer idosos e cadeirantes andarem em Carros nao adaptados é piada de mau gosto e mais o tal do seccionamento só beneficiou empresários e cooperativas além do secretário de transportes , uma vez que se ele achasse o sistema de onibus tão bom , ele não andaria de carro blindado c/ motorista pago pelos passageiros que são obrigados a se submeter a um transporte municipal caótico .

  9. É verdade sou morador da zona leste,aqui fizeram uma troca na linha antiga 3760/10 metro tatuapé jogaram dentro do term. carrão atual 4008 e 3760/42 metro tatuapé (antiga)atual 4010 a 4010 que pouca gente usa colocaram no tatuapé e a 4008 que a maioria usa vai pro term carrão fazem as coisas nas coxas,prejudicado como sempre é o usuario,que da muito bem pra 4010,ser incorporada pela 4008 sendo uma linha só beneficiando toda população,em geral.

  10. Essa linha 775P (Jardim Guarau – Metro Ana Rosa) além de ter intervalos gigantes até no pico, só tem (na maioria) veículos velhos. e ainda por cima. NÃO TEM OPERAÇÃO AOS DOMINGOS, uma linha importante como essa.

  11. Sou totalmente contra o retorno da linha 577 T a Vila Gomes, explico o que no dia do encontro do Movimento Passe Livre teve com o Jilmar Tatto não tive a oportunidade.
    1) Concordo plenamente com os protestos que vem ocorrendo na cidade referente ao transporte público por que esta administração está implantando na força uma situação que só existirá com corredores exclusivos prontos onde, presume que serão linhas troncais que circularão neles e que serão abastecidos pelas linhas alimentadoras agora, o que estão fazendo é implantar o sistema sem corredores obrigando os usuários a fazerem o transbordo e estes mesmos usuários não gostam/ aprovam o transbordo, mas, acho que em uma entrevista dada a Rádio CBN, o Prefeito bebê chorão e covarde desta nossa cidade afirmou que vencerão esta resistência.
    Eles comemoram o aumento da velocidade dos ônibus também, uma linha que, por exemplo, de uma extremidade a outra levava uma hora, com o corte, leve menos tempo em função da redução do trajeto, mas eles não citam que o tempo de viagem do usuário deste mesmo trajeto, graças ao transbordo aumentou aproximadamente de 30 a 40 minutos, ou seja, de uma hora, passou para 01h30min/01h40min hora.

    2) Estamos em ano eleitoral e o presidente emérito do Brasil exigiu que o seu partido elegesse o governador de São Paulo a fim de derrubar o partido adversário e para isto, o nosso prefeito bebê chorão/ covarde está contribuindo com cortes de linhas chegando somente em estação do metrô que já é super lotado, com o “deposito deste contingente” em suas estações, o mesmo passa a ser hiper lotado assim, quando o metrô tiver qualquer tipo de problema, tem mais gente para ser filmado nas reportagens e mais gente para se revoltar com o governo do estado e migrar seus votos para o candidato eleito pelo presidente emérito deste país como candidato ao governo, somos massa de manobra dos interesses deles.
    Eu chego a imaginar, absurdamente, que até a onda de aumento da criminalidade tem certa movimentação política para ter mais o que falar de mal ao atual governador, portanto, prestem atenção no seu candidato e no seu voto.
    3) Retomando o assunto da linha 577 T, sou contra por que, se eu morasse na Vila Gomes, também estaria pedindo a volta do azulzinho por que a linha está praticamente na porta de casa, pégo o ônibus vazio e tenho o privilégio de esperá-lo a cada 6 minutos, mas como eu moro alguns bairros depois da Vila Gomes, sou obrigado a esperar em média 25 minutos por uma linha que me leve ao meu destino e é claro, quando esta linha passa na Vila Gomes está bem lotada logo,os usuários da Vila Gomes e bairros vizinhos acabam tendo que disputar lugar dentro do ônibus o que os desagradam.

    4) Eu acho uma injustiça muito grande a SPTRANS autorizar que uma linha que leva de duas horas e meia a três horas em média de uma extremidade a outra tenha intervalos de seis minutos, deveria ser igual para todas as linhas de demanda alta.
    Neste caso, se pudesse naquela ocasião do último encontro do movimento passe livre com o Jilmar Tatto teria feito duas sugestões sendo que, a primeira não resolveria a questão da volta azulzinho, mas amenizaria por que era só a SPTRANS autorizar e pagar que a Transppass alterasse os atuais 20 ônibus da linha 715M para 25 ou 30 ônibus com o intervalo de 6 minutos entre as partidas ou como segunda sugestão, a criação de uma nova linha entregue a Transppass que ligasse a Vila Gomes ao metrô Vila Mariana percorrendo o itinerário da 577 T até a Vila Mariana com intervalos de 6 minutos, a linha poderia ser circular, sem ponto final na Vila Mariana e atenderia as reivindicações dos usuários de qualquer idade.
    Cito a Transppass não que tenha ligação cm à empresa, mas sim por uma questão de logística, ou seja, as duas garagem são bem ais perto da Vila Gomes e não bateriam “lata” estando vazio por que a distância é curta em relação à garagem da Mobibrasil que é lá no Jardim Miriam divisa com a cidade de Diadema.

    Obrigado a todos e, movimento do passe livre abram a sua visão para outros aspectos que não somente o transporte que este país pertencerá a vocês amanhã quando tiveram a minha idade e tiver que enfrentar todos estes caos de hoje além da tabela regressiva do INSS dos aposentados.

  12. Mario Brian, bom dia.

    De acordo com o item 4.

    Ontem estive fazendo uma pesquisa com relacao ao tema e eliminaran a 715-F, ai a situacao fica ruim mesmo, eu nem sabia, fiquei sabendo ontem.

    Porem com relacao a 715-M, esta e uma linha lenta e em zig zag, a qual devetia ser alimentadora das faixa exclusiva da Corifeu, mas… como a fiscalizadora ainda nao aprendeu o que e linha troncal e linha alimentadora, vai ser esse eterno INFERNO.

    Na pesquisa de ontem, quando fiquei sabendo do fim da 715-F, deram como opcao uma linha para o Anhangabau, nao me recordo o numeto.

    Mas vi uma coisa no itinerario dessa linha no site da fiscalizadora, que sinceramente eu nao to acrefitando.

    Se for verdade eu comentarei o absurdo aqui.

    Mas agora o absurdo foi ecplicado no post sobre os “comissionafos da fiscalizadora”

    Nao ha um quadto tecnico suficiente.

    Att,

    Paulo Gil

    • Mario Brian, bom dia.

      A linha que o site da fiscalizafora indica em substituicao a 715-F e a 8705-10.

      Hoje vi o buzao na avenida.

      Das duas uma.

      Ou itinerario da 8705-10 que consta no site da fiscalizafora esta errado ou buzao desconsidera o itinerario absurdo (em parte) e faz o mais coerente por conta propria.

      Mas com tantos comisionados, nao poderiamos esperar outro resultado.

      Mais uma PRVISIVELLLLLLLLLLLLLLLLLLLL.

      Se nem conseguem colocar um itinerario correto no site, quica fazer seccionamentos.

      Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Acho melhor voltar o cor de burro quando foge, criando-se a linha 1054PT/10, a qual e a uniao da 477P com a 577T.

      Sera a maior linha em ZIGZAG do mundo, da ate para entrar no Guiness Book.

      A hora e agora, vamos aproveitar a reinvencao da NOVACMTC e vamos reinventar linhas toncais, digo TRONCUDAS.

      Mas pra guentar vao ter de voltar com os Grassi FNM.

      Alguem duvida ???????

      Att,

      Paulo Gil

  13. Boa tarde Internautas !!!

    Esse boçal do Jilmar Tatto só sabe olhar pro seu próprio um umbigo!!!! Deixa a mãr dele pra usar o serviço do Atende que nós PNEs usamos pra ir aos médicos da vida ALÉM DOS TRANSPORTE PUBLICO?!?!? Sinceramente, como muitos fazem “reclamar” não adianta. Com tantos seccionamentos nas Linhas administradas pela SPTRANS; mostrando uma coisa: ESTAMOS CORRETISSIMO EM USAR O TRANSPORTE INDIVIDUAL.

    Aqui nos Extremos da Zona Leste edta igual a Guarulhos; a linha 3765/10 do Jardim Santo André; ela mudou a numeração e agora ela tera que passar por dentro do Terminal São Mateus para embarcar os passageiros que vem do ABC Paulista e Riegões da Captial, como já não bastasse ter que enfrentar direto a Avendia Aricanduva.

    Tatto & Cia Ltda são uns tecnicos de araque; até uma pessoa leiga no assunto da 10×0 neles; enquanto eles jogam nosso dinheiro fora com tanta futilidade

  14. Para entender a situação vale a pena contar um pouco da hsitória dessa linha a 577T -Jardim Miriam?Vila Gomes na minha opinião uma das linhas mais longas da cidade e com uma boa demanda, ela é o que podemos chamar de linha pinga pinga, lotava esvaziava e lotava de novo até os finais. Essa linha começa em meados dos anos 60 de inicio seu trajeto era do Jardim Miriam até o Hospital das Clinicas, sua nemeração era 542 até 1978 quando passou ser 577T, ela desde seu inicio foi operada pela Viação Paratodos,lembro-me perfeitamente dos Bela Vsitas alongados, Jaraguás, Ciferal Urbano, Condor, Thamco, Amélia, entre outros modelos que nela operaram. Essa linha tinha uma peculiaridade, além da demanda ela ligava duas regiões distintas e bem diferentes que é o extremo sul na divisa de Diadema á região Oeste no caminho para Osasco. Essa linha chegou ter uma variante a 577U que adentrava a USP, vale lembrar que seu ponto final na Vila Gomes ocorreu após 1978 no consócio Saia Blusa, eu mesmo cheguei usa-la muitas vezes para ir do Jardim Miriam até minha casa no Butantã, essa linhachegou trafegar pelo inicio da rodovia Raposo Tavares para chegar no seu final na Vila Gomes depois ficou fixa somente pela Corifeu de Azevedo Marques para chegar e sair da Vila Gomes.Penso que de certo modo essa linha fazia a diferença nas regiões onde operava, além disso a frota dela sempre foi muito bem cuidada e realtivamente nocva desde a época da Paratodos. O problema maior era o transito que fazia a viagem durar até quatro horas. Seu seccionamento de certo mmod rompeu com uma tradição das pessoas que a utilizavam seja para ir do Butantã até a Paulista, seja da Paulista e Vuila Mariana até a região de cidade Ademar e Jardim Miriam, uma coisa é certa a linha faz falta para muitas pessoas, diria que não é só pelo fato de não saber usar a integração bilhete unico ou metrô, mas talvez pelas relações das pessoas que a utilizavam no seu dia a dia, o “azulzinho” de fato fazia muita diferença na paisagem dos laranjas. Sem mais espero ter contribuído na reflexão.

  15. Torço para que a Prefeitura reavalie o “encurtamento” das linhas 577-T e 5106-31 (que ia até o Terminal Princesa Isabel). Embora a 5106-31 tivesse um número reduzido de passageiros (segundo a SPTRANS), acredito que a simples substituição por veículos menores resolveria o problema.

    Ocorre que a Prefeitura tomou a decisão de encurtar essas duas linhas sem apresentar opções viáveis aos usuários. Todas as “opções” que ela aponta resultam em maior gasto de tempo e dinheiro.

  16. PARABÉNS POVO DA ZONA SUL E OESTE, AREAS 6 E 8 RESPECTIVAMENTE! Q PENA Q AQUI AONDE MORO SÓ TEMOS BUNDAS MOLES E ACOMODADOS, BEM COMO “OSTENTADORES”…QUANDO O ZÉ ROELA DO KASSAB, ATRAVÉS DE SUA INCOMPETENTE SPTrans EM 24 DE NOVEMBRO DE 2012, SECCIONOU AS LINHAS 175P/10, 701U/10 E SEU ATENDIMENTO RECEM CRIADO NA ÉPOCA 701U/21, Q SÓ OPERA EM DOMINGOS E FERIADOS, E CANCELOU A 178C/10 E SEU ATENDIMENTO, 178C/31, EM HORÁRIOS DE PICO/RUSH-MANHÃ E TARDE, O POVO AQUI ESTA VA MAIS PREOCUPADO COM A NOVELA DAS 09, A TAL DE “AVENIDA BRASIL”…E SEU FINAL, COM A MERDA DO FLUMINENSE, CAMPEÃO BRASILEIRO COM UMAS TRES RODADAS DE ANTECIPAÇÃO, E COM A QUEDA DO PALMEIRAS PRA SEGUNDONA DO BRASILEIRÃO E COM O MUNDIAL DE CLUBES DA MERDA DA FIFA, GANHO PELO HJ PORCARIA, DO MEU CORINTHIANS…E NINGUÉM FEZ P…NENHUMA !! E AINDA HJ SOBEM NOS VEÍCULOS DA LINHA CRIADA PRA SUSBSTITUIR ESSAS NO JAÇANÃ, A LINHA 2011/10, E XINGAM OS COITADOS DOS MOTORISTAS E COBRADORES DA SAMBAÍBA Q NADA TEM A VER COM ISSO…E OS FISCAIS NOS TP/TS TMB…POR ISSO PARABÉNS AO POVO DAS AREAS 6 E 8!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: