Haddad vincula criação de “nova CMTC” à renegociação das dívidas do município

ônibus CMTC

Ônibus da CMTC – Companhia Municipal de Transportes Coletivos, empresa pública que foi referência no setor na América Latina, mas que pela falta de boa administração e abuso do dinheiro dos contribuintes foi extinta. Haddad vincula a criação de uma nova empresa pública à renegociação das dívidas do município.

Haddad vincula criação de “nova CMTC” à renegociação da dívida da Prefeitura de São Paulo
Em entrevista à Rede Brasil Atual e à TVT, prefeito diz que não há empresas suficientes para prestar serviços de qualidade na cidade de São Paulo.
ADAMO BAZANI – CBN
O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, afirmou que ainda mantém o objetivo de criar na cidade uma empresa pública para operar parte dos transportes municipais.
No entanto, ele vincula a criação de uma espécie de “nova CMTC – Companhia Municipal de Transportes Coletivos” à aprovação no Senado de Projeto de Lei que permite renegociação das dívidas dos municípios.
Haddad disse que para comprar ônibus, o poder público precisa ampliar sua capacidade de endividamento.
O prefeito afirmou que não está descartada a possibilidade de a licitação dos transportes em São Paulo ficar somente para 2015, o que vai depender de quando ficar pronta a auditoria sobre as contas dos transportes. A empresa que vai realizar os trabalhos ainda está sendo escolhida.
As declarações foram dadas à RBA – Rede Brasil Atual e à TVT.
O prefeito negou que haja “cartelização” nos transportes de São Paulo, mas reconhece que nem todas as companhias possuem condições de operar na cidade e que é difícil novos grupos empresariais do setor entrarem no sistema da Capital Paulista.
Haddad disse que a criação de faixas de ônibus não reduz a velocidade dos carros de passeio, mas aumenta do transporte coletivo,que é a meta.
Confira o trecho da entrevista em que o prefeito falou sobre mobilidade:
Nessa convivência público-privado ainda existe possibilidade de constituir uma empresa pública de transportes?
Eu gostaria de ter. Infelizmente depende um pouco da votação da dívida do município no Senado. Porque se eu não tiver espaço de endividamento eu não tenho como adquirir ônibus próprios para o município. Eu estou amarrado a uma decisão que está na mão do Senado. Se revisar a dívida eu tenho fôlego para ter uma empresa municipal de transporte.
Qual seria a vantagem para a população dessa empresa municipal de transporte público em São Paulo?
Seria a municipalidade não ficar refém do setor privado. Hoje, qual é o grau de liberdade que a prefeitura tem? Você não tem nem outras empresas para contratar, você tem uma situação dada muito difícil de sair. Teria mais grau de liberdade você ter uma empresa pública, com uma unidade/custo, transparente, com dados abertos. Daí eu tenho condição de saber exatamente qual é tarifa justa do ponto de vista da remuneração do empresário. Ganharia muito em transparência, em primeiro lugar, e muito em liberdade para negociar melhores condições para cidade.
E qual a perspectiva de alterações nas planilhas de custo do transporte?
Olha, nós abrimos todas as planilhas, mas elas são muito difíceis de serem lidas. O que nós fizemos foi contratar uma auditoria internacional para facilitar a vida do cidadão.
Ainda está travada a nova licitação dos transportes?
Não, não está mais. Estamos assinando o contrato, este ano nós vamos fazer uma grande auditoria no sistema.
Então, vai ficar para 2015 o novo edital do transporte?
Depende da velocidade dessa auditoria. Eles devem ter boa experiência em planilhar esses custos. Se tiverem acesso a tudo, eu acho que eles podem nos dar uma resposta rápida, em alguns meses. Eu não sentei com a empresa ainda, até porque o contrato ainda não está assinado. Vamos estabelecer um calendário. Mas assim que eles nos abrirem os números, nós podemos licitar com segurança, e estaremos fazendo o melhor para a cidade.
E a questão dos corredores, as pessoas que estão acostumadas ao transporte individual devem pensar em também priorizar o transporte coletivo?
O papel do poder público é garantir o mínimo de qualidade do transporte público, para dar alternativa para as pessoas. Mas, ao contrário do que as pessoas pensam, os veículos particulares de São Paulo ainda andam em uma velocidade maior do que a maioria das cidades do mundo. Por exemplo, Nova York. Apesar do metrô de Nova York ser cinco vezes o de São Paulo, os carros de lá andam em uma velocidade menor do que aqui. Para você ver como o tema é complexo.
Em 2012, o trânsito aumentou mais do que em 2013, sem nenhuma faixa exclusiva de ônibus. Ano passado nós fizemos 300 quilômetros de faixas e não aumentou tanto. Tem muita mitologia em torno dessa questão. O senso comum às vezes não capta o que de fato acontece com a questão da mobilidade.
O trânsito em Londres obrigou o prefeito a instalar pedágio urbano para entrar no centro da cidade. E é um dos maiores metrôs do mundo. Não é essa história que dizem, “se tivesse transporte publico eu largava o carro em casa”. Não é verdade. As pessoas não largam o carro nem em Londres. Se não, não teria pedágio urbano lá, concorda?
Na época das manifestações o secretário de Transportes, Jilmar Tatto, falou de uma situação de cartelização…
Eu não chamaria assim, porque aí já é uma acusação. Eu chamaria de oligopolizado. São poucos fornecedores que teriam condições de atender São Paulo. Imagina, você tem de ter 15 mil ônibus. Qual é a empresa brasileira que poderia ter disponível uma frota para entrar em São Paulo? Porque a empresa teria que ter disponível, não poderia ser para daqui a dois anos. Esse é o problema, na minha opinião, do setor: a barreira na entrada. Tem uma barreira à entrada de novos players. E daí como é que você faz? Você fica na mão dos velhos players. Dos velhos fornecedores.
Uma nova licitação pode mudar esse quadro, aumentar esse número?
Dependendo de como ela for feita pode. Por isso que é importante a auditoria. Ela pode mudar o caminho e o sistema, ficar um pouco mais livre.
O link com a entrevista completa é:

http://www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2014/02/haddad-quer-empresa-municipal-de-transporte-para-deixar-de-ser-refem-de-concessionarias-1132.html

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

17 comentários em Haddad vincula criação de “nova CMTC” à renegociação das dívidas do município

  1. Só espero que essa nova CMTC pegue todas as linhas de Trólebus,e que expanda cada ves mais a rede ou seja volte novamente todas as linhas que eram deles

  2. PROFESSOR PARDAL REVOLTADO // 5 de fevereiro de 2014 às 13:31 // Responder

    Engraçado o governo federal é do PT e não facilitam para São Paulo??? Onde está a famosa integração GOVERNO FEDERAL e GOVERNO MUNICIPAL?? Se o Governo Federal continuar assim, vão perder a eleição de lavada no Estado de São Paulo.

    • me faço a mesma velha pergunta…quando Lula estava lá…e a Marta aqui em SP/SP, sempre ele ajudou e ela ainda foi mal agradecida dizendo q havia perdido a reeleição pro traste do Serra, por falta de apoio do Lula…E agora tá aí o Haddad perdidaço, cheio de abacaxis pra descascar, fazendo bobagens, sendo vitima das podridões da duplinha Serra/Kassab…cheio de dívidas…e a Dilma lhe vira as costas…E a cidade de Mauá? pior ainda, com aquele prefeito esquisito…? e Guarulhos…outra merda! mas melhor q Mauá…é f…mesmo! Como ganhar as eleições na maior e mais importante região metropolitana da América do Sul e uma das mis importantes do Mundo, sem se importar com o q seus companheiros de partido fazem no poder q lhes foi dado pelo sofrido povo? não entendo! Só ganhará aqui devido aos programas sociais de distribuição de renda… mesmo e o pessoal da maldita “ostentação” q vai votar nela…Só se for assim mesmo…!

    • Jumas, a presidência é do PT e não o O congresso federal,,,, precisa de ter um consenso com os outros partidos.

  3. Gilson Vieira Silva // 5 de fevereiro de 2014 às 14:14 // Responder

    Haddad! Confesso ter críticas sobre a forma como você está governando São Paulo, mas eu apoio incondicionalmente sua proposta, e acho que deve ir além, caminhar para a estatização do sistema. Transporte público é direito e não deve ser tratado como mercadoria.
    Sugestão: rompa com esse arco espúrio de alianças, tente criar uma investigação apurada do transporte coletivo, se possível, desnudando como foi o processo de privatização da CMTC e faça a aliança com a população.
    Como o Professor Pardal comentou, se o próprio Governo Federal não quer renegociar essa dívida absurda feita por Celso Pitta e homologada pelo Senado, dê o calote e use os 13% do orçamento municipal que é abocanhado pela União para criar a nova empresa.
    Não só te apoiarei como difundirei a ideia.
    Saudações!

  4. Busólogo Oliveira SE a nova CMTC voltar ela NÃO irá operar nenhuma linha de trólebus pois o secretário de transportes atual é o mesmo do desgoverno da Martaxa e certamente o paulistano deve se lembrar das declarações dele na época (2003/4) de que não era favorável a esse meio de transporte.
    Gilson V.Silva estatizar tudo vai na contramão de quase todos os países do Mundo! Até o transporte de Londres que hoje tem mais de 5.000 ônibus em circulação já foi 100% estatal na época da London Transport e graças à saudosa dama de ferro Margareth Thatcher o transporte foi 100% privatizado e pelo menos lá está muito melhor do que em qualquer parte do Brasil incluindo a “cidade modelo”que decaiu e muito na qualidade do seu transporte mas ainda pode-se dizer que é o melhor do Brasil e é o 2o.colocado na América Latina perdendo apenas para o sistema de transporte coletivo de Santa Fé de Bogotá, capital da Colômbia.
    Não tem como se fazer uma auditoria profunda sobre os misteriosos procedimentos que envolveram a privatização da CMTC a partir de 1993 e sabem porquê? Porquê o prefeito da época era Paulo Salim MALuf hoje um respeitável idoso de mais de 80 anos de idade gozando de excelente saúde e esse simpático vovô da política além de deputado federal está de braços d ados com o PT paulistano pois MALuf apoiou MALddad e por isso ele ganhou contando ainda com o apoio do chefão do partido da estrela que voltará a ser ” nosso”presidente caso a dona Dilma continue mal nas pesquisas (lembrem! As pesquisas estão falsas!)e o chefão poderá ser convocado para concorrer! Dificilmente o PT largará o osso que é governar Brasília, digo: o Brasil e quanto ao Estado de SP receberá como ” prêmio de consolação” mais 4 anos de NINHO tucano! Já está tudo arrumado no circo eleitoral de 2014 após a Copa do Mundo! Quem viver, verá! E o PSDB*sta entrará no guiness – o livro do recordes por ser um partido “democrático” que ficará quase 1/4 de século no poder e só em um Estado! Esqueçam licitação dos transportes em 2014 ELA NÃO SERÁ FEITA assim como a licitação dos transportes interestaduais não foi feita em 2013 e nem o será em 2014!
    A cidade de SAMPA fará a licitação só em 2015 ou 2016 e quanto à licitação da ANTT deixemos para o cumpanheiro LULA resolver a partir de janeiro de 2015 SE na última hora o PT não quiser arriscar com a PresidentA !

  5. Quando a Itaquera Brasil foi fechada, o prefeito estabeleceu o prazo de um ano para “estudos” sobre a criação da empresa… Isso foi em setembro… Agora em fevereiro temos uma nova condição no processo… Não seria interessante aproveitar os estudos para verificar a viabilidade da tarifa zero???…

  6. Amigos, boa noite.

    O Sr. Prefeito, pelo visto tem lido este blog e tem aprendido alguma coisa, quanto aos comedores de “filet mignon”, afinal nao basta ter espirito empreendedor para ter empresa de buzao operando em Sampa, precisa ter capital.

    Planilhas de dificil leitura, me desculpe, mas xistem profissionais das areas afins que leem qualquer planilha com o pe nas costas, afinal o resultado e um so.

    ” O HAVEIRI MENOS O DEVEIRE E IGUAL A QUANTO VAI PARA O BOLSO, o reto e congectura economica, geou na Florida aumenta o preco da laranja em Limeira.

    Lembrando que quem anda pra tras e carangueijo, nao e a volta da “Nova” CMTC , que ira resolver o problema do buzao.

    O que resolve o problema do buzao e trabalho e gestao, duas coisas nao afins nem da CMTC, da “Nova” CMTC e muito menos da fiscalizadora.

    Faca o que tem de ser feito, o resto e balela.

    Att,

    Paulo Gil

  7. Quando eu dizia quie a CMTC nunca deveria ter acabado, fui muito criticado. Claro que a CMTC nos moldes que estava não era modelo de nada, apenas um eficiente cabide de empregos. Falava de uma CMTC ostensiva, com poder, que absorvesse a SPTrans e voltasse a ser única aqui em SP. Precisamos das empresas de transporte privadas? Sim. Uma única empresa circulando em SP é o caos. 15 mil ônibus é coisa pra caramba pra um só. Mas essa nova CMTC teria que ter as linhas mais e as menos rentáveis, deixando com os outros operadores paulistanos as intermediárias.
    Agora, contratar gente de fora para analisar planilhas? Quanto será que isso vai nos custar? Qual será o real preço e o preço “petistizado”?
    E se o povo fosse inteligente (coisa que não é mesmo), o sr.Lula jamais seria eleito novamente na vida dele, tal e qual o seru partido. Mas o povo curtiu essa história de bolsa-vagabundo e aí perpetua o PT no poder.

  8. A Prefeitura de Sampa esta preste a resolver o deficit operacional dos perueiros que operam na cidade de São Paulo via Cooperativas, ou organizações criminosas, se preferir, autorizarão a abolição os cobradores, isso é uma vergonha!!!!

    • SE TIRAREM DE VEZ OS COBRADORES DOS VEÍCULOS DOS COOPERADOS, AÍ A SAMBAÍBA, NA AREA 2, MINHA SOFRIDA AREA 2, VAI CONTINUAR USANDO MICRINHOS DE UMA PORTA SÓ…POIS OS VELHOS ACABADOS E APERTADOS VEÍCULOS MICRO-ÔNIBUS DA MARCOPOLO DELES, E OS Q JÁ SAÍRAM FORA, OS PICCOLOS DA CAIO, SEMPRE RODARAM SEM COBRADORES …AÍ VAÕ SIBSTITUIR OS MICRINHOS ATUAIS VELHOS E DE UMA PORTA SÓ, POR OUTROS IGUAIS…E OS ATUAIS E VELHOS NEM TEM ELEVADOR PRA DEFICIENTES NA UNICA PORTA Q POSSUEM…QUEM VIVER VERÁ! UMA VERGONHA MESMO! MAIS DESEMPREGO, MAIS GENTE SE EMBEBEDANDO, SE DROGANDO… E MAIS BANDITISMO E REVOLTA NAS RUAS…E MAIS “OSTENTAÇÃO”…SÓ AQUI MESMO! E O MOTORISTA DESSAS PORCARIAS Q SE DANE…DIRIJINDO, COBRANDO PRESTANDO ATENÇÃO NA PORTA, OI NAS PORTAS, AJUDANDO DEFICIENTES…AÍ O CARA BATE A MERDA DO MINI-ÔNIBUS OU DO “MICRÃO” OU ATÉ DO CONVENCIONAL…E ELE Q SE LASCA COMO SEMPRE! SEJA COOPERADO OU DE EMPRESA…SÓ NO BRASIL MESMO!

  9. SÓ ESPERO Q VOLTE MESMO E Q ESTEJA A ALTURA DA CMTC DOS TEMPOS GLORIOSOS…E Q ESTEJA A ALTURA DA CMTC DEIXADA PELO “DOIDO” E PRA MUITOS E MUITOS, #SAUDOSO JÂNIO QUADROS À INCOMPETENTE DA ERUNDINA, Q A SUCATEOU… E DEPOIS SENDO VENDIDA PELO SAFADO DO MALUF, A PREÇOS DE BANANAS…ESPERO MESMO! VOLTA CMTC! O TRANSOPRTE COLETIVO DA CIDADE DE SP/SP, SOB PNEUS TEM Q SER E SE CONHECER MELHOR!

  10. HADDAD VAI DEIXAR A LICITAÇÃO PRA 2015?? Q NEGÓCO FEIO É ESSE AFINAL Q ELE QUER DESCOBRIR? CADÊ SERRA E KASSAB, E SEUS SECRETÁRIOS DE TRANSPORTES, A ESSAS HORAS PRA DAR EXPLICAÇÕES SOBRE A CAFAJESTICE ENCOBERTA? ESSA CIDADE ESTÁ ME DANDO NOJO! DEUS ME PERDOE! AMO SP, MAS TÁ F…DEVERAS F…!!

    • J, boa noite.

      Essa e mais uma previsivellllllllllllll.

      Voce acha que vao fazer licitacao em Sampa, antes da eleicao ?

      NUNCA.

      Agora que Sambaiba nao vai lavar mais nenhumbuzao, afinalo sistema cantareira esta com niveis baixissimos.

      “Soltaram o gato na peixaria”

      Att,

      Paulo Gil

  11. E volta o cabidão de empregos, frotas sucateadas…a CMTC pode até ser chamada de “Nova CMTC” mas o estilo de governo dos políticos é o mesmo velho método de sempre;;;o método incompetente…

  12. Sou nascido em São Paulo,mas moro hoje em pindamonhangaba,mas espero que o Sr Haddad consiga trazer de volta a CMTC,só assim o transporte da capital paulista vai melhorar em muito

  13. Se criar a nova CMTC é criar novos emprego. Mas ser funcionário da CMTC é ser funcionário, pois havia funcionário que a CMTC subiu para a cabeça, era muito mal educado, tinha mania de fazer pouco caso tirar sarro da cara dos passageiro, brigar, bater em passageiro se achava que era dono da empresa. Depois que faliu ficarão com o rabo no meio das pernas ficarão a ver navio. Teve caso que motorista e cobradores tinha que se adequar com a empresa teve caso que foi mandado embora por falta de ética profissional.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: