Com 66 Viale BRT vendidos para Belo Horizonte, Marcopolo treina motoristas do MOVE

ônibus
Ônibus Viale BRT para o sistema MOVE, de Belo Horizonte. Marcopolo comercializou 66 unidades e auxilia na capacitação dos motoristas. Foto: Diego Vieira.

Com 66 Viale BRT vendidos para o MOVE, Marcopolo faz treinamento para motoristas
Sistema de corredor exclusivo para ônibus de Belo Horizonte deve ter primeira fase inaugurada em fevereiro na Avenida Cristiano Machado
ADAMO BAZANI – CBN
Mais que tecnologia, o setor de transportes é feito por pessoas.
Não adianta haver sistemas modernos de ônibus e corredores sem profissionais capacitados tanto para operação como para atendimento humanizado aos passageiros,
Na área técnica, motoristas têm recebido treinamentos em relação aos ônibus que vão servir o sistema MOVE, de corredores BRT em Belo Horizonte.
A inauguração do primeiro trecho, pela Avenida Cristiano Machado, está prevista para o mês de fevereiro.
A fornecedora de 66 ônibus articulados para o BRT mineiro, Marcopolo, diz que tem auxiliado na apresentação dos novos ônibus, que são mais tecnológicos, para os condutores.
O diretor comercial da fabricante de carrocerias, Paulo Corso, disse em nota à imprensa que o modelo Viale BRT têm características que exigem uma capacitação mais adequada dos motoristas e destaca uma parceria feita com a gerenciadora dos serviços da capital mineira, BHTrans:
“Esta ação da BHTrans permitirá que os profissionais conheçam melhor os veículos e possam conduzi-los com maior segurança, eficiência e proporcionar aos passageiros ainda mais conforto e bem-estar durante o trajeto. Nosso compromisso não é apenas fornecer o melhor modelo para cada operação. Sabemos que é importante também passar diversas questões técnicas e operacionais para os motoristas que diariamente trabalharão no MOVE” – afirmou Paulo Corso.
De acordo com a Marcopolo, o modelo Viale BRT que vai ser usado no MOVE tem configuração para 145 passageiros e câmbio automatizado.
A empresa diz que além do design mais moderno, o espaço interno é melhor aproveitado, aumentando a capacidade de transporte e o conforto dos passageiros.
“A maior largura interna, associada à configuração das poltronas, proporciona maior área livre e facilita a circulação dos passageiros, tornando a viagem mais cômoda e confortável. A altura interna também foi aumentada, permitindo a inclusão de eficientes dutos de ar, alto-falantes e amplo espaço para propaganda nas laterais superiores.”, segundo nota da Marcopolo.
MOVE:
O sistema de BRT MOVE de Belo Horizonte, quando concluído, vai atender diariamente cerca de 700 mil passageiros.
A previsão é que o tempo de deslocamento seja reduzido em 45%, segundo a BHTrans.
Com 42 estações, distantes em média umas das outras 400 metros, os 23,1 quilômetros de extensão do MOVE terão três ramais após a conclusão:
Avenida Antônio Carlos: 14,7 km.
Avenida Cristiano Machado: 7,1 km.
Hipocentro: 1,3 km.
Seguindo os padrões BRT, os corredores vão oferecer exclusividade real para o transporte público no espaço urbano. As estações serão modernas, abrigando de melhor maneira os passageiros e com plataformas no mesmo novel do assoalho dos ônibus, dispensando o uso dos degraus dos veículos.
Haverá também o sistema de pré-embarque, pelo qual o passageiro paga a tarifa antes de entrar no ônibus, reduzindo o tempo de parada dos veículos e aumentando o espaço interno, já que os ônibus das linhas troncais não precisam de catracas internas.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes