2014 é o “Ano do Ônibus” em Londres

Publicado em: 28 de janeiro de 2014

ônibus

No ano do ônibus, Routmaster é homenageado pelo seu sucessor, um veículo mais moderno e que pretende manter as linhas tradicionais de um dos marcos de Londres.

2014 é o “Ano do Ônibus” em Londres
Objetivo é homenagear o veículo que é símbolo histórico e solução para a mobilidade dos ingleses
ADAMO BAZANI – CBN
O prefeito de Londres, Boris Johnson, declarou 2014 como o “Ano do Ônibus.”
O objetivo de Boris é homenagear o passado e celebrar a importância dos ônibus de dois andares no presente e para o futuro na mobilidade dos ingleses.
Os ônibus vermelhos de dois andares são símbolos históricos de Londres ao lado das cabines telefônicas e dos táxis pretos.
Os ícones maiores foram os “Routemasters”, que desde os anos de 1950 marcam a paisagem londrina.
Pela nova realidade dos transportes, o Routemaster teve de ser modernizado. Ele ganhou novos equipamentos de segurança, não permite mais o embarque e desembarque pela traseira em movimento da mesma forma que o modelo anterior e teve o visual renovado, sem perder as linhas tradicionais.
Londres, apesar de ter um metrô reconhecido mundialmente, tem uma das maiores redes de ônibus que se conectam ao sistema metroferroviário.
Os ônibus em Londres são considerados essenciais para a mobilidade na região.
Alguns símbolos da história do ônibus serão relembrados nas comemorações do Ano do Ônibus, como:

ônibus

Símbolos da Inglaterra, a história dos ônibus revela boa parte da memória inglesa. Museu presta de forma permanente esta homenagem.

– O aniversário de 60 anos da circulação do primeiro Routemaster.
– O aniversário de 75 anos do antecessor do Routemaster, o RT-Type
– Aniversário de 100 anos do envio de mais de duzentos ônibus londrinos para os campos de batalha na Linha de Frente da Primeira Guerra Mundial.
Na linha 9, veículos especialmente decorados com temas históricos e remetendo o futuro dos transportes vão celebrar a memória, as perspectivas da mobilidade e a melhoria de qualidade de vida pelas redes organizadas de ônibus.
Os veículos, por causa do entusiasmo do prefeito, são chamados popularmente de Borismasters.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Comentários

  1. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Parabens Londres, que legal o exemplo do Mr.Boris
    Jhonson.

    Aqui em Sampa quem sao homenageados sao os indios, afinal so da Apache.

    HAU !

    Att,

    Paulo Gil

    1. j disse:

      Antes fossem Apaches, caro Paulo Gil…antes fossem…Como vcs já estão “carecas”, aqui na esculachada área 2, zona norte da Cidade…a SAMBAÍBA ainda opera linhas e atendimentos de linhas…inclusive pro Centro, Pq. D. Pedro II, com micro-ônibus de uma maldita só porta…sem elevador pra cadeirantes, sem cobrador, apertados, sujos e velhos…com mais de 10 anos de uso…Apesar q isso é culpa da maldita gestão anterior, a merda continua! Pois a atual gestão, continua como a antiga, cobrando as coisas só dos cooperados da vida…os caras tem “micrões” e até convencionais ADAPTADOS E COM TRÊS PORTAS… SENDO Q OS CONVENCIONAIS S~ÇAO AUTOMÁTICOS…SEM CAMBIO, TIPO OS BRTs DA VIDA…ARTICULADOS EM GERAL…E MOTOR DIANTEIRO DA VOLKSWAGEN / CARROCERIA MASCARFELO…GRAN VIA” em lugar de seus miniônibus de antigamente, não tão assim…e a SAMBAÍBA com micrinhos da Marcopolo, q eram ótimos quando novinhos, mas q hj são um ENORME pé no saco! e não se coadunam com as demandas de SP/SP e as q provém dos municípios vizinhos mais próximos de nós…Mairiporã e principalmente Guarulhos…UMA VERGONHA TÍPICA BRASILEIRA! E as linhas da EMTU-SP q vem de Guarulhos, tmb estão cada vez mais terríveis…veículos novos com cinco portas, adaptados, não dão conta das demandas…mesmo sendo chassis da MB e Volvo…bem compridos…q dirá as merdinhas dos micrões da Empresa Vila Galvão…gente sentada no capô e painéis dos carros… todos os dias uteis…é o q se vê e as vezes, até de Domingos e Feriados…ridículo! cadÊo os articulados e os veículos não articulados de 03 eixos q o Estado disse q permitiria nessas linhas? vergonha tmb! Quando o povão vai acordar pra vida e fazer os governantes se mexerem ?

  2. Gabriel S. dos Santos disse:

    a man, o que eu saiba, é montadora alemã.
    a Mercedes-Benz, e a volkswagen também são montadoras alemães.
    a volvo, o que eu não me engano, é montadora sueca.
    o som do chassi Mercedes-Benz O-500 rs e rsd são semelhantes a do caminhão actros. é totalmente sem diferença. a volvo produz 100 mil caminhões e ônibus, carros. já, a transmissão de cambio ZF, constatou, que produz + ruídos finos,suave, e grosso. o caminhão mb 1620, tem som firme, forte, e grosso. infelizmente, depende do motor. a caixa de cambio do mb 1620 deve ser ZF. o caminhão mb 1418 tem ruído suave. já, o chassi of-1620 e mb 1418 são idênticos, tem cambio ZF. Apesar de ter ruído suave, quanto dá
    ronco leve. um caminhão international, tem ruído grave. este caminhão pertence a estados unidos. os outros caminhões de outros países, também são caminhões. tem também a caixa de cambio Eaton e ZF. cada caminhão estrangeiro, tem função assim como som diferente. os ônibus estrangeiros, também são ônibus. só a carroceria diferente. os caminhões e ônibus estrangeiros tem a qualidade do ruído que tem no brasil. outros não. os outros ruídos tem na montadora estrangeira. um caminhão 608 d é um caminhão menor de carga. o chassi LO-608 D também é chassi de microonibus.
    só, o LO-608 D tem ruído parecido com o caminhão 608 d. este chassi, não tem nada de diferente. só que constatou que o cambio de marcha é a mesma.
    o painel tem parencencia.

Deixe uma resposta