Com vinte por cento a menos de carros, São Paulo viveria férias o ano todo, diz Haddad

ônibus

Ônibus é visto pela prefeitura de São Paulo como uma das principais soluções de mobilidade urbana. Se a frota de carros fosse reduzida em 20%, a cidade poderia ter “trânsito de férias”

Vinte por cento a menos de carros nas ruas deixaria São Paulo de férias, diz Haddad
Em Fórum sobre Mobilidade, Haddad diz que ouve mais elogias que críticas sobre as faixas de ônibus
ADAMO BAZANI – CBN
O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, disse que os esforços do poder público é convencer as pessoas a não abandonarem os carros, mas usarem de forma inteligente o transporte individual.
Ele disse que se a frota de carros de passeio fosse reduzida em cerca de 20%, a cidade de São Paulo hoje teria durante todo o ano trânsito semelhante ao registrado em épocas de férias.
E para o prefeito, apesar de investimentos, essa meta não exige esforços sobre-humanos. Mas é necessário pensar além deste número.
As declarações de Haddad foram feitas na manhã desta quarta-feira no Fórum de Mobilidade Urbana, promovido pelo jornal Folha de São Paulo.
Haddad aposta no ônibus como uma das principais soluções para a mobilidade nas cidades e cita o exemplo de Curitiba, que desde 1974 privilegia o transporte público em corredores exclusivos de ônibus.
O prefeito ainda disse que mais recebe elogios que críticas em relação às faixas de ônibus na cidade, mas têm a consciência de que os corredores do tipo BRT, mais modernos que os corredores expressos, são as ações mais adequadas em transportes sobre pneus no espaço urbano.
Mas além de espaços preferenciais, o prefeito disse que o plano da SPTrans – São Paulo Transportes – é reorganizar as linhas na cidade e melhorar a gestão do sistema, para que estes espaços sejam ocupados e servidos com qualidade pelos ônibus.
O prefeito disse que privilegiar os carros é como privatizar a cidade e deixá-la anti-democrática.
Ele destacou também que as pessoas acostumadas a usar o carro podem esporadicamente experimentarem o transporte público em alguns deslocamentos, criando assim uma cultura diferente aos poucos
“Às vezes você não consegue dispensar o carro todos os dias, mas consegue duas vezes por semana. Isso daria um alívio comparável ao período das férias. Pensa em São Paulo nas férias. Você está pensando em uma cidade que todo mundo gosta, porque é uma cidade excepcional do ponto de vista de serviços e o que trava a cidade é a mobilidade. É um esforço social que vale a pena fazer. A tese é de que toda avenida com [pelo menos] três faixas dedique uma ao transporte público. É uma questão de justiça, é democrática. Se 70% das pessoas usam o transporte público, é justo que elas tenham pelo menos um terço do viário. Fazer isso não parece exagerado. Agora já existe o contrário. Tem gente que quer menos faixas, achando 220 km muito. Não vamos parar de estudar o assunto e não teremos dificuldade em rever uma situação que por ventura se mostre equivocada.” – disse o prefeito Haddad.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

8 comentários em Com vinte por cento a menos de carros, São Paulo viveria férias o ano todo, diz Haddad

  1. Interessante o prefeito falar em esforço social. Por que ele também não faz um esforço político ?

  2. Amigos, boa tarde.

    Melhor mesmo são 20 % de acréscimo na malha da CPTM e 20 % de acréscimo na malha do Metrô.

    Conforme consta no post acima

    “É um esforço social que vale a pena fazer.”

    Mais esforço social ?

    O que que é isso, tenha a santa paciência.

    Precisamos é esforço da PMSP e da SMT, com ideias e ações inovadoras.

    O pouco que fizeram são sugestões que já enviei há décadas.

    – CADÊ A RETIRADA DAS CATRACAS E DAQUELE MONTE DE FERRO RETORCIDO ?

    – Cadê o Buzão SEM DEGRAU ALTO INTERNO ?

    – Cadê o Buzão com um corredor largo ao invés dos aproximados 56 centímetros de apoio de braço a apoio de braço ?

    – Cadê a otimização das linhas ?

    – Cadê o fim das sobre posições das linhas ?

    – Cadê os Corredores Terminal Vila Jaguara – Terminal Shopping Morumbi e Terminal Marques de São Vicente Terminal Parque do Ibirapuera ?

    – Cadê as linhas de micro que ligam Pontos Principais ( Shoppings, Terminais, Praças etc.) às estações do Metro e da CPTM ?

    – Cadê a limpeza do Buzão ?

    – Cadê a substituição do montão dos LEDS queimados dos letreiros ? (boa parte estão com mais de 40% queimados).

    – Cadê a eliminação de goteira dos Buzões ?

    – Cadê o aumento das plataformas dos corredores ?

    – Cadê o “ralão” nas plataformas de embarques para não nos molharmos ?

    – Cadê os abrigos de Buzão decente ?

    – Cadê a manutenção dos velocímetros internos do Buzão ?

    – Cadê o desaparecimento dos Apachezinho Baleadaços e Encardidos ?

    – Cadê tantos os outros cadês ?

    – CADÊ

    Mais esforço social ?

    Já vão aumentar o IPTU para cobrir o rombo deixado pelos R$ 0,20 e ainda temos de fazer esforço e andar de Apachezinho Baleadaço e Encardidaço ( pesar que encardido todos os modelos são ).

    Lamentável !

    Cadê o trabalho na prática da PMSP e SMT ?

    CADÊ …

    Att,

    Paulo Gil

  3. Concordo com TUDO que disse, Paulo Gil e assino embaixo. Sou Cobrador de ônibus.

  4. Perfeito Paulo Gil sem mais….

  5. A promessa foi de criar corredor , mas o adad é incapaz de fazer , foi melhor comprar tinta e pincel e punir quem comprou carro para ajudar a econômia na digestão do falastrão , não é pelos vinte centavos é pelo aumento no IPTU , quadrilheiros.

  6. Desde quando da pra acreditar no que essa coisa ai fala?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: