Cai aprovação dos ônibus na Capital e Grande São Paulo, diz ANTP

ônibus

Aprovação do Expresso Tiradentes é superior ao do Metrô. Mas aprovação dos ônibus na Capital e Grande São Paulo caiu de 2011 para 2012.

Cai aprovação dos sistemas de ônibus da Capital e Grande São Paulo
Pesquisa da ANTP mostra que passageiros querem mais corredores de ônibus, mas que não estão satisfeitos com os serviços. Sobre aprovação das cooperativas em São Paulo e Expresso Tiradentes supera metrô
ADAMO BAZANI – CBN
A mais recente “Pesquisa de Imagem dos Transportes na Região Metropolitana de São Paulo”, divulgada pela ANTP – Associação Nacional dos Transportes Públicos, realizada em 2012, mostra que a maioria da população vê no ônibus uma das principais soluções para a mobilidade e pede mais espaços exclusivos para os veículos de transporte coletivo.
Segundo a pesquisa, 63% dos entrevistados pedem mais ônibus nas linhas, 47% querem mais linhas de ônibus e 28% reivindicam intervalos menores entre os coletivos.
Para os paulistanos, dos dez corredores da Capital Paulista, sete melhoraram e três pioraram em comparação com a pesquisa anterior, em 2011. Os entrevistados pedem mais espaços exclusivos para ônibus.
No geral, no entanto, os serviços de ônibus pioraram entre 2011 e 2012, de acordo com a pesquisa.
A aprovação dos ônibus municipais da Capital caiu de 40% para 35%
A queda das avaliações positivas dos serviços de ônibus nos Corredores da Capital foi de 1%, indo de 54% para 53%
Os ônibus intermunicipais gerenciados pela EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes antes tinham aprovação de 51% dos entrevistados, caindo para 45%.
Os ônibus e trólebus da Metra, no Corredor ABD, também tiveram queda na aprovação, passando de 79% para 67%
Em relação aos ônibus, o Expresso Tiradentes e os microônibus das cooperativas da Capital Paulista tiveram aumento de satisfação.
A aprovação dos ônibus do Expresso Tiradentes subiu de 74% para 85%. Já os serviços das cooperativas tiveram acréscimo no índice de satisfação passando de 39% para 41%.
Em relação aos transportes sobre trilhos, a aprovação do metrô subiu de 74% para 75% e a CPTM teve queda na satisfação, passando de 48% para 44%.
A lotação é a maior queixa dos passageiros de ônibus em São Paulo: 43%, seguida pela demora para o ônibus passar: 34%.
O ônibus é o principal meio de transporte na primeira etapa da viagem de quem mora na Capital Paulista ou Região Metropolitana.: 30% usam ônibus municipais de São Paulo, 22% municipais de outras cidades, 11% microônibus de cooperativas e 9% ônibus intermunicipais. Depois boa parte destes passageiros segue por trilhos.
Em relação à Copa do Mundo, pergunta inédita na pesquisa, 31% acham que o evento vai trazer benefícios para os transportes e 44% acham que vai trazer mais problemas.
A pesquisa foi realizada entre 22 de outubro e 11 dezembro do ano passado e ouviu 3 mil 399 pessoas.
Mais detalhes:
http://www.antp.org.br/_5dotSystem/userFiles/pesquisa-imagem/apres_ANTP_14-08_2013.pdf
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

4 comentários em Cai aprovação dos ônibus na Capital e Grande São Paulo, diz ANTP

  1. E vai piorar, vão reduzir a frota eliminar dezenas de linhas, arrochar mais a populaçao, a arrogancia e a falta de visão social deste secretario, mais a omissão e desenteresse deste prefeito marionete, vão levar o tranporte a patamares insuportaveis, esperem e e veram.

  2. Edson Profeta Ramos de Araujo // 20 de setembro de 2013 às 13:09 // Responder

    Caro Adamo Bazani
    Admiro muito seu trabalho e leio todos os seus posts, mas neste há uma falha muito grande.
    O verbo “cai” está no presente do indicativo, o que sugere uma situação atual, mas a pesquisa revela a situação de um ano atrás. Felizmente, a situação no transporte público da capital está mudando. Lentamente, é verdade, mas para melhor.

  3. Surpreende o aumento/mantenimento da aprovação do Metrô, já que a lotação, o desconforto, o número de falhas e o tempo médio de viagem aumentaram. CPTM teve notável melhora na linha de Itapevi (privatizada); todas as outras pioraram.

    Expresso Tiradentes é um serviço de exceção: ou alguém acha cabível que fosse construída outra via elevada exclusiva pra ônibus? Não deveria ser mencionado em estatísticas.

    Após os corredores de Haddad/Tatto, certamente aumentou a aprovação dos ônibus. A estrutura de transporte por ônibus na rede de transportes coletivos da RMSP muito pouco – ou nada – mudou.

  4. Amigos, boa noite.

    È simples é falta de gestão.

    Hoje passei pelo corredor 9 de Julho umas 10:00 hs e vi um montão de Buzão inclusive os articulados e linguições batendo lata.

    Se neste horário o fluxo de passageiro diminui, porque não diminuem o número de Buzão na lata.

    Falta de gestão desperdício e poluição.

    Só falta é trabalho, trabalho e trabalho.

    O resto é papofurex.

    E tem mais uma sabe quais linhas entopem o corredor Vital Brasil a 8022 e a 8012.

    Sabem por que?

    Por que ela não necessitam trafegar por esse corredor.

    Mass e a fiscalizadora sabe disso?

    Se sabe nada faz para melhorar o fluxo do corredor.

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: