São Paulo recebe cerca de 20 quilômetros de faixas exclusivas nesta segunda-feira

ônibus

Ônibus em São Paulo. Cidade recebe nesta segunda-feira cerca de 20 quilômetros a mais de faixas exclusivas para ônibus. Entre as faixas está a implantação do primeira etapa da rótula do centro, um conjunto de espaços para o transporte coletivo em vias que circunda a região central da cidade. Foto: Adamo Bazani.

São Paulo recebe cerca de 20 quilômetros de faixas de ônibus
Entre as vias com espaço exclusivo para os transportes coletivo está a primeira fase do sistema de trajetos circulares no centro e a complementação do Corredor Norte-Sul.
ADAMO BAZANI – CBN

Nesta segunda-feira, dia 16 de setembro, a cidade de São Paulo conta com a implantação de mais de 20 quilômetros aproximadamente de faixas exclusivas para ônibus.
Entre as vias com espaço exclusivo para o transporte público está a Avenida Ipiranga, fazendo parte do conjunto de ruas e avenidas que vão circundar a região central de São Paulo.
As faixas implantadas nesta segunda-feira estão localizadas na Avenida Regente Feijó, Avenida Eduardo Cotching, Avenida João XXIII, Avenida Jacu Pêssego/Nova Trabalhadores, Avenida Sapopemba, Rua e Viaduto Capitão Pacheco e Chaves, Rua Paes Leme, Avenida Professor Ascendino Reis, Rua do Manifesta, Rua Tabor e Avenida Ipiranga. Os novos trechos estão sinalizados e agentes da CET devem orientar os motoristas. Não haverá aplicação de multa nesta primeira etapa.
Com estas novas faixas, a cidade alcança um total de 170 quilômetros.

Confira os trechos, horários e extensões das faixas:

– Av. Regente Feijó: 500 metros de faixa exclusiva à direita entre as avenidas Vereador Abel Ferreira e Montemagno. De segunda a sexta-feira, das 6h às 9 no sentido centro e das 17h00 às 20h00 no sentido bairro.
No sentido Centro: no trecho entre a Rua Antônio Alves Barril e a Av. Vereador Abel Ferreira
No sentido Bairro: no trecho entre as avenidas Vereador Abel Ferreira e Montemagno

– Av. Eduardo Cotching: 1,8 km de faixa exclusiva à direita entre a Av. Montemagno e a Rua Arapoca. De segunda a sexta-feira, das 6h às 9 no sentido centro e das 17h00 às 20h00 no sentido bairro.
No sentido Centro: nos trechos entre a Rua Arapoca e a Praça Canárias, entre a Praça Comendador Tadashi Nishil e a Rua Catuquinha e entre a Praça Santo Atanásio e a Avenida Montemagno.
No sentido Bairro: nos trechos entre a Avenida Montemagno e a Praça Santo Atanásio e entre a Rua Catuquinha e a Praça Skal.

– Av. João XXIII: 2,7 km de faixa exclusiva à direita entre as avenidas Renata e Rio das Pedras. De segunda a sexta-feira, das 6h às 9 no sentido centro e das 17h00 às 20h00 no sentido bairro.
No sentido Centro: nos trechos entre a Avenida Rio das Pedras e a Rua Medeiros Furtado e entre a Av. Antônio Monograsso e a Av. Renata.
No sentido Bairro: nos trechos entre a Av. Renata e a Rua Nossa Senhora das Dores e entre as ruas Cácio de Moura e Marajoara.

– Avenida Jacu Pêssego/Nova Trabalhadores, com extensão de 6,2 km de faixa. De segunda a sexta-feira, das 6h às 9h e das 17 h às 20h, entre a Rua São Francisco do Piauí (Estação Dom Bosco da CPTM) e a Avenida Ragueb Chohfi.
No sentido Mauá – Rodoanel Trecho Leste: entre a Rua São Francisco do Piauí e a Av. Ragueb Chohfi.
No sentido Ayrton Senna – Guarulhos: entre a Av. Ragueb Chohfi e a Rua São Francisco do Piauí.

– Avenida Sapopemba, com mais 4,4 quilômetros de extensão, no trecho entre a Av. Frederico Martins da Costa Carvalho e a Praça Felisberto Fernandes da Silva. A operação é de segunda a sexta-feira das 6 h às 9h e das 17 h às 20 h.

– Rua e Viaduto Capitão Pacheco e Chaves, com 1,3 quilômetro de faixa exclusiva, somente no sentido centro, de segunda a sexta-feira, das 6h às 9h, entre a Av. Paes de Barros e a Avenida do Estado.

– Rua Pais Leme, com extensão de 300 metros, somente no sentido centro, se segunda a sexta-feira, das 6h às 20h e aos sábados das 06h às 14 h, entre as ruas Amaro Cavalheiro e Padre Carvalho.

– Avenida Professor Ascendino Reis, com 300 metros de extensão, de segunda de 6h às 22 horas, somente no sentido bairro, no trecho entre a Avenida Ibirapuera e a Rua Ipê. É um complemento das faixas no Corredor Norte-Sul

– Rua do Manifesto e Rua Tambor. Extensão de 1,3 km à direita do corredor formado pelas duas vias no trecho entre as ruas dos Patriotas e Bom Pastor. Ela vai ficar em funcionamento apenas de segunda a sexta-feira, das 6h às 9h, na direção do Centro.

– Avenida Ipiranga, com extensão de 1 km, entre a Praça Alfredo Issa e Avenida São Luís, de segunda a sexta-feira, das 6 h às 22 h e aos sábados das às 14 horas, nos dois sentidos. Trata-se da primeira etapa da Rótula do centro, um conjunto de faixas que vão circundar a região central da cidade, com o objetivo de aliviar o trânsito de ônibus e carros e algumas ruas do centro. A rótula do centro deve criar itinerários circulares passando pela praça Doutor João Mendes, avenidas Mercúrio e Ipiranga, além do viaduto Jacareí e da Praça da República.

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

3 comentários em São Paulo recebe cerca de 20 quilômetros de faixas exclusivas nesta segunda-feira

  1. Jhonatan Ferreira de Mello // 15 de setembro de 2013 às 19:17 // Responder

    rsrsr… Tenho medo de 2014. o verdadeiro caos.

  2. Vamos ver quando irao implantar o da Radial Leste sentido bairro,ja que muito em breve tera a linha 4310,no aguardo.

  3. Ewerton Santos Lourenço (PNE Guarulhos) // 16 de setembro de 2013 às 10:08 // Responder

    Enquanto isso aqui em Guarulhos, o Corredor Metropolitano – Guarulhos (CECAP) – São Paulo (Tucuruvi) está MAIS QUE ATRASADO HÁ 22 ANOS. E só por causa de uma Copinha Fuleira, querem que isso saia do papel da noite pro dia; impossível!!! Da vergonha morar numa Cidade como a 2ª Maior Cidade, Guarulhos está jogado as traças há muito tempo, com os MICRÂO e os ônibus comuns.

    Esses dias eu fui resolver algumas coisas aqui no Centro de Guarulhos, é revoltante! As principais avenidas que cortam o Município o dia todo tem engarrafamento, os ônibus que vem dos Bairros mais distantes como: São João, Bonsucesso; Pimentas; Leblon etc: ficam parados nos horários de pico e inclusive na Hélio Schmidt. A STT (Secretária de Transporte e Transito) alega que Guarulhos foi projetada de forma desproporcional, devido ao fato de ter ruas muito estreitas; um veículo grande porte como os ônibus articulados que circularam nas Época das Eleições de 2012 só era mesmo miragem destes FDP

    http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2013/05/guarulhos-faz-testes-com-onibus-articulados-e-tecnologia-brt.html
    http://www.guarulhosweb.com.br/noticia.php?nr=50461

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: