Funcionários da Branca do Leste cruzam os braços

ônibus

Ônibus da Branca do Leste, que pertence a Viação Estrela de Mauá, foi atravessado na frente da garagem, em Imperatriz. Funcionários reclamam de atrasos nos salários e direitos trabalhistas. Foto: Safira Pinho/Imirante

Funcionários da Branca do Leste cruzam os braços
Categoria reclama de salários atrasados e benefícios que não foram pagos
ADAMO BAZANI – CBN
Passageiros que dependem dos serviços da VBL, Viação Branca do Leste, em Imperatriz, no Maranhão, ficaram sem transporte na manhã desta quarta-feira, dia 21 de agosto de 2013.
Motoristas, cobradores e demais funcionários da empresa de Mário Elísio Jacinto, do Grupo dos Mineiros, dizem que estão com salários atrasados há mais de 20 dias e sem pagamento de vale farmácia e cesta básica.
Eles reclamam também que além dos atrasos, não receberam o reajuste acertado em maio. Quanto a cesta básica, o atraso é de três meses.
Funcionários trabalhando sem carteira assinada, falta de pagamentos do FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, e ausência de remuneração por horas extras são outras queixas.
A empresa teve contrato suspenso pela prefeitura em 10 de julho e os ônibus apreendidos por más condições. Mas no dia 6 de agosto a Justiça suspendeu o ato da prefeitura e liberou os veículos sob condição de renovação da frota.
No início do mês, a empresa recebeu ônibus usados da Viação Estrela de Mauá, criada por Baltazar José de Sousa, também do Grupo dos Mineiros. A Estrela de Mauá teve as operações consideradas ilegais no ABC Paulista e está impedida pela Justiça de operar.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

4 comentários em Funcionários da Branca do Leste cruzam os braços

  1. rogerio gomes de oliveira // 21 de agosto de 2013 às 14:04 // Responder

    Esse empresario baltazar jose de souza nao paga os imposto o cara vai comprando empresa no brasil e un
    iao na fazer nao os fucionario nao recebe pagamento esse e nosso brasil

  2. Adamo nos passageiros da av. Araicanduva estamos sofrendo buling da Sptra, como segue e-mail enviado a empresa e Spatrans: :Não consigo entender o motivo da mudança de etinerarío da linha 3032 circular Vila Carrão), a única linha que atendia a avenida Aricanduva em direção ao terminal Carrão, vocês alterarão o itinerário para a avenida Rio das Pedras, que tem mais de 10 linhas que vai ou passam pelo terminal Carrão. A única linha que passava pela avenida Aricanduva em direção ao terminal Carrão, vocês alterão para a av. Rio das Pedras, não tem sentido, os passageiros da Avenida Aricanduva não tem direito a se quer uma linha que os levem até o terminal Carrão, a população da avenida Aricanduva esta revoltada com esta medida estapafúrdia e incoerente, gol contra mais uma vez da Sptrans, eu já vi este filme na linha 3221, 3453, alterão o itenarario depois enceram a linha até quando so vão fazer mudanças no interesse das empresas, acorda prefeito, existe alguém na Sptrans trabalhando contra.

  3. Ewerton Santos Lourenço (Guarulhos) // 21 de agosto de 2013 às 17:23 // Responder

    Sinceramente, deveriam encerrar as operações dos carros.

  4. O que essas empresas estão aprontando com os funcionários é caso de polícia , não seria o caso de acionar o ministro dos transportes ?
    Aproveitando o espaço quero parabenizar a Leblon transporte pelo bom trabalho aqui no municipio de Mauá , todos os ônibus tem acessibilidade para cadeirante e bastante atenção dos motoristas , lamentável que a protegida do Donizete Braga não tem , e se a empresa ainda tem algum problema a culpa é do desprefeito que não deixa quem entende de transporte trabalhar , e ainda fica arrumando meios de atrapalhar o bom desempenho da empresa.
    Parabéns Leblon.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: