Anúncio em ônibus podem voltar em São Paulo

ônibus

Ônibus nos anos de 1990 e início dos anos 2000. Anúncios nas latarias dos ônibus podem voltar.

Anúncios em ônibus podem voltar
Vereador quer que receita barateie passagens
ADAMO BAZANI – CBN
Muito sem lembram nos anos de 1990, quando os ônibus municipais eram brancos com faixas vermelhas, ou mesmo antes, no sistema de pintura chamado saia e blusa, quando os veículos de transporte público ostentavam grandes anúncios em suas latarias: cerveja, pinga, material de construção, alimentos e até mulheres exuberantes com lingerie figuravam ao lado do nome das empresas de ônibus.
Pois isso pode voltar.
A Câmara Municipal de São Paulo analisa projeto do vereador Antônio Goulart para que os anúncios voltem aos ônibus.
A proposta é vista de forma positiva pela gestão do prefeito Fernando Haddad.
Para o vereador, a receita a mais para as empresas de transporte urbano pode ser usada para baratear as tarifas de ônibus.
Hoje a frota da Capital, entre minionibus, micro-ônibus e ônibus é de cerca de 15 mil veículos.
Segundo levantamento do parlamentar, algumas empresas pagam até R$ 8 mil por mês para que os pequenos caminhões de entrega, os VUCs – Veículos Urbanos de Carga, rodem com suas marcas.
A polêmica, no entanto, se dá pelo fato de que seria mais uma exceção à Lei Cidade Limpa.
Na gestão de Kassab, que criou a lei proibindo anúncios com mais de 4 metros quadrados, foi aberta licitação para empresas explorarem espaços publicitários em pontos e abrigos de ônibus, em troca da conservação destes equipamentos.
Por decreto, Haddad autorizou em fevereiro a colocação de cartazes em cinemas e teatros e há cerca de 15 dias autorizou ônibus e táxis a veicularem por um mês o anúncio Pedala SP, uma campanha promovida por empresários para estimular o uso de bicicleta.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

9 comentários em Anúncio em ônibus podem voltar em São Paulo

  1. Na minha opinião eu apoio o uso do transporte publico para fazer publicidade pois e mais um apoio para abaixar as passagens. não gostei da gestão do kassab pois ele muitaslinhas que levava ate o centro ele diz que e para diminuir o tempo de viagem mas na real eu acho que era para nois paga a mais nos onibus.

  2. Na minha opinião eu apoio o uso do transporte publico para fazer publicidade pois e mais um apoio para abaixar as passagens. não gostei da gestão do kassab pois ele tirou muitas linhas que levava ate o centro. ele diz que e para diminuir o tempo de viagem mas na real eu acho que era para nos pagar amais nos onibus.

  3. Amigos, boa noite.

    Precisamos de ideia INOVADORAS e não voltar ao passado e poluir o visual do Buzão e de Sampa.

    Att,

    Paulo Gil

  4. Rolland T. Flackphayser // 16 de agosto de 2013 às 06:41 // Responder

    Mais uma decisão fora-da-lei do partido mais desrespeita a lei no país, ou seja, nada de novo. ODIAVA aquelas malditas propagandas nos ônibus coladas nos vidros traseiros. São Paulo acabou com aquela maldita poluição visual. Agora além de voltar com essas porcarias, essa medida NÃO IRÁ baratear as passagens, tornará os coletivos inseguros com aquela parede de papel ou plástico impedindo a visão de quem olhe de fora como a polícia se houver algum crime ocorrendo neste e até prejudicará os próprios condutores nas manobras com os veículos. E têm gente que ainda acha que o Kassab era o “maléfico”.

  5. Ewerton Santos Lourenço (Guarulhos) // 16 de agosto de 2013 às 11:59 // Responder

    Rolland,
    Nas laterais tudo bem, mas no vidro traseiro ajuda bastante ajuda bastante. Já parou pra pensar que o sol bate em nossas cabeças, quando estamos sentados nos bancos do fundo?!?!?!?!?!

    Aqui em São Paulo muito raro ver um Ônibus Coletivo sem o Vidro traseiro, insulfilmado é tolerável até um Grau. Eles colocam ônibus novos, mas em compensação não tem Ar Condicionado; e por isso, o povão tem que andar quase com as cabeças na janela.

    Nem tudo na vida é dinheiro, desculpa a critica ofensiva se é que tenha soado desta forma. Mas transporte como eram os de antigamente, tipo do Vitória Padron B58 entre outros

  6. MARCOS NASCIMENTO // 16 de agosto de 2013 às 16:34 // Responder

    O Transporte coletivo em São Paulo e no Brasil somente vai melhorar quando gente da mentalidade de uma galinha como esse vereador e todos os outros vereadores da cidade passarem a USAR ÔNIBUS quando forem “trabalhar” na Câmara de Vereadores os penosos 2 ou 3 dias por semana que vão! Já estive lá algumas vezes e coisa rara foi encontrar alguns para eu falar sobre coisas importantes da cidade que um dia resolvi deixar. Apesar de tudo ainda amo e quero o bem da tão mal tratada e judiada cidade de São Paulo que desde 1989 ou até antes não tem prefeitos e secretários que prestam! Essas idéias de propaganda em ônibus são “coisa de jerico” Ora bolas Brasil, o que vai melhorar o transporte em todo o País é simplesmente:
    1) a taxação de impostos de grandes fortunas como a do Eike Batista, Rede E$GOTO e outras…
    2) um imposto embutido dentro do IPTU local apenas para grandes empresas e indústrias.
    Se as duas fontes de recursos acima foram usadas e fiscalizadas com rigor SOBRARÁ dinheiro suficiente para manter as gratuidades e inclusive ampliá-las para pessoas com mais de 60 anos de idade, todos os estudantes e até desempregados. Fiz os cálculos baseados nas fortunas declaradas de dezenas de famílias de poderosos que tem grandes fortunas no Brasil e adoram publicar esse tipo de informação na mídia e cheguei a valores fantásticos taxados em cima destas fortunas que dariam até para construir mais alguns corredores de ônibus em via segregada e com pistas de ultrapassagem em alguns pontos afim de propicionar o compartilhamento da operação de ônibus expressos rápidos e paradores em um mesmo corredor. Só os Governos Estaduais e o Federal que sabem que isso dá prá fazer e tem uma fantástica fonte de arrecadação nas mãos NÃO FAZEM e sabem porquê? Porquê são estas mesmas famílias poderosas no Brasil inteiro que financiam suas campanhas políticas de 2 em 2 anos, ora para prefeito, vereador ou ora para governador,senador,deputado e presidente. No bojo dessas mudanças acima descritas e que infelizmente NUNCA serão colocadas em prática, poderia vir junto uma troca de governos de cabo a rabo de 5 em 5 anos. Ou seja eleições a cada CINCO ANOS sem possibilidade de reeleição e trocando tudo de cabo a rabo ou seja de vereador à presidente! O Brasil tem jeito? Sim! Mas eles PT+PSDB que governam o Brasil e a maioria das 5665 cidades do Brasil em forma de rodízio e desde 1995 são partidos que a exemplo de outros (não menos inocentes) NÃO DESEJAM o bem do Brasil e NÃO QUEREM passar o Brasil à limpo conforme costumava dizer o jornalista Bóris Casoy.

  7. Partido sujo, cidade suja. São Paulo sempre vira um lixo nas administrações petistas. Aos poucos vão enfeiando novamente a cidade. E os anúncios servirão apenas para encher os bolsos das empresas.

    Talvez tenham aí uma maneira de dividirem a grana com políticos.

    Dinheiro não é tudo e morar numa cidade sem poluição visual é também um direito do cidadão.

  8. essa ideia de baratear a passagem com anuncios em onibus é ideia de jerico ,esse país não melhora mesmo ,não se espelham em países mais evoluídos ,o brasil é exemplo de corrupção e pobreza ,tenho vergonha de ser brasileiro !o raça desgraçada !

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: