Caio lança “novo” Solar

ônibus

ônibus

Caio apresenta nova versão do modelo Solar, de olho no crescimento do mercado de fretamento e de linhas regulares de pequenas e médias distâncias. Divulgação

Caio apresenta nova geração do modelo “Solar”
Veículo ganha alterações estéticas e funcionais.
ADAMO BAZANI – CBN
De olho no crescimento dos setores de fretamento e da demanda de linhas regulares de curta ou média distância, com a aproximação de eventos de grande porte e com as estimativas de crescimento do segmento de turismo, a Caio para fazer frente à concorrência lançou uma nova versão do modelo Solar.
Hoje, os principais concorrentes do modelo são: Marcopolo Ideale, Marcopolo Audace, Marcopolo Viaggio 900 ou 1050, Comil Campione 3,25, Roma – Masacrello e Maxibus Lince.
A Marcopolo e a Comil respondem por boa parte do mercado, mas a participação do Solar aumenta no mercado e a Caio aproveita o momento.
De acordo com a empresa, as principais mudanças do Solar foram em detalhes da frente, traseira, lateral e no salão de passageiros.

FRENTE:

solar_3

solar_4

ônibus

Parte da frente foi reformulada. Grades privilegiam melhor refrigeração do motor e conjunto ótico de Led também atua como luz de direção. Retrovisores estão maiores. Divulgação

As grades frontais foram redesenhadas com entradas de ar maiores. O objetivo é melhorar a refrigeração do motor. A maior parte dos modelos é encarroçada sobre chassi com motores dianteiros.
Os faróis dianteiros têm lâmpadas de LED e seguem características do segmento de automóveis pequenos, funcionando como luz de posição.
Os retrovisores estão maiores, permitindo melhor visão para o motorista e eliminado mais “pontos cegos”.

TRASEIRA:

ônibus

Luzes traseiras são de LED e lanternas possuem mais ângulos, dando ar de modernidade. Foto: Divulgação.

As lanternas têm modelo com mais ângulos para que o design seja mais moderno. As luzes são de LED também, com iluminação mais forte. A lataria está com menos vincos, mais limpa.

LATERAIS:

O objetivo da Caio foi deixar o veículo com linhas mais modernas e limpas. De acordo com a encarroçadora de Botucatu, “o chapeamento lateral foi arredondado na parte inferior (saia) e as aletas para captação do filtro de ar também foram redesenhadas; a porta de acesso possui também um design mais moderno”.
As luzes delimitadores são maiores, o que além de oferecer mais segurança, com melhor visualização à noite, podem dar um ar de robustez aos ônibus.

SALÃO DE PASSAGEIROS:

ônibus

Salão de passageiros ganha novas poltronas para oferecer mais conforto aos passageiros e luzes de leitura são ajustáveis. Divulgação

solar_7

As poltronas foram redesenhadas e, segundo a companhia, oferecem mais conforto para o passageiro, mesmo o Solar sendo indicado para trajetos curtos e médios.
A iluminação interna conta com luzes de LED e, para garantir mais segurança para passageiros que entram com a sola dos calçados molhada ou atingida por produtos oleosos, o piso é antiderrapante.
As luzes de leitura são individuais e reguláveis. A numeração das poltronas na parte superior é iluminada para facilitar a localização do assento correto.
OPCIONAIS:
Além destes itens que já saem de fábrica em todos os novos ônibus Caio Solar, o modelo pode ter os seguintes opcionais: vidros colados, vidros colados com janelas de correr embutidas com ou sem transpasse, poltrona deslizante, ar condicionado, calafetação, anteparo baixo, bagageiro com proteção de mala; calotas; sanitário; segundo nota da Caio.
DIMENSÕES:
Por ser um veículo voltado para fretamento e linhas regulares curtas ou médias, o Solar não é um ônibus grande. O objetivo é ter um veículo flexível para o trânsito complicado nas cidades, mas que possa ser usado nas estradas com robustez:
Largura: 2,6 metros, a maior da categoria, segundo a Caio.
Comprimento: 10,5 metros a 13,2 metros
Altura Externa: 3,26 metros
Altura interna para os passageiros: 1,95 metros.
O modelo pode ser usado em chassis da Mercedes Benz, Scania, Volkswagen e Volvo.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

6 comentários em Caio lança “novo” Solar

  1. Gostei do novo Layout do Solar. A caio poderia lançar um rodoviario alto para competir com a Marcopolo e Comil

  2. Amigos, boa noite

    PARABÉNS CAIO-INDUSSCAR, esse Solar ficou lindo.

    Vejo sempre um da Ramos Turismo que está lindão, mas ainda não consegui
    tirar uma foto.

    Espero que o conforto interno seja tão lindo quanto a beleza externa.

    Esse é o caminho.

    Esperamos um micro Solar, ai vocês mão arrebentar.

    Pode mandar o primeiro micro Solar pra mim como pagamento pela ideia, mas manda com chassi tá!

    Att,

    Paulo Gil

  3. A CAIO está correta em atualizar um modelo lançado recentemente em comparação aos demais modelos da “casa” e particularmente gostei e aprovei este face lift realizado, apesar de também achar a versão anterio bonita e suave.
    Torço muito para que a CAIO com este modelo se firme neste segmento e que esteja preparada para lançar “variações” do modelo de acordo com as exigências do mercado de fretamento e rodoviário de curta distância apesar de ter o modelo Giro 1200.

    Aliás, acredito que mais surpresas da CAIO estão por vir e não vai demorar senão, vejamos : Em 2011 atualizou ou redefinou como um todo o modelo urbano Millennium, demorou um pouco para agora corer atrás do tempo perdido mas lançou o Millennium BRT, realizou um face lift no líder de mercado dos urbanos Apache Vip, antes deles já havia realizado face lift no modelo Foz Super, agora falta atualizar, redefiner ou realizar face lift nos modelos Ágiliz, Foz micro, Modengo HA, o mais comum modelo utilizado no Brasil e principalmente, acho que precisa de uma reviravolta geral nos modelos rodoviários da família Giro, talvez até lançando modelo Double Decker a menos que, para este segmento, esteja a espera da definição da falência da Busscar onde há uma proposta realizada em juízo para aquisão dos ativos aliás, como anda este assunto da CAIO e a proposta de aquisição da Busscar ?

    • concordo o tudo em que vc falou,cara.a caio tem de ousar mais.a marcopolo tb tentou comprar a busscar.a justiça negou a venda pra ela e a caio.uma pena.se a busscar,voltar,vai falir a mascarello e neobus

  4. Mario Brian, bom dia.

    Bom ler você rodando pelo Blog de novo, legal.

    Me explique; o que é “face lift ” ?

    Só 2 observações.

    1) Quanto ao Millennium BRT não acho que tenha ficado muito bonito, afinal na minha opinião ele
    ficou um tanto quanto “Viallezado”, mas… .

    Nesse caso o que importa é o conforto interno e como ainda não tive o prazer de utilizar um desses novos (afinal só rodam na Av. Paulista e não no bairro), não posso falar nada quanto ao quesito conforto interno muito menos quanto ao “baquim ruizim”.

    2) Falando em Busscar, outro dia tive uma ideia que será a solução para dois problemas.

    É só a Mercedes Benz comprar a Busscar, reativar a marca “NIELSON” , Nilson no popular, e também começar a produzir Citaro.

    Nossssa já pensou.

    Um 7 quedas reestilizado para 2015

    Um rodoviário O 371 moderno, O CITARO.

    Noooooooooooooooooooooooossssssa, ai tudo ficaria um mar de Buzão, digo de rosas.

    Mercedes, pensa com carinho nessa ideia, capital para isso vocês tem e de sobra e ainda dá para obter um incentivo fiscal do governo de Santa Catarina e da Prefeitura de Joinvile.

    Fonte 18.06.13 às 6:38 hs.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Joinville#Col.C3.B4nia_Dona_Francisca

    ALLE BLAU NATÜRLICH, NACHDEM DIE STADT VON JOINVILLE IST DER HOST-PROFIL FÜR EIN UNTERNEHMEN MIT DEUTSCHEN WURZELN, AUF DEN LINK ZUGREIFEN.

    (Tradução by Google)

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: